23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Futebol feminino e futsal masculino distinguidas como equipas do ano

Futebol feminino e futsal masculino distinguidas como equipas do ano

Futebol feminino e futsal masculino distinguidas como equipas do ano

Pedro Afonso (atletismo), Lourenço Henriques, Hélio Sousa, Herculano e Carla Cardoso (futebol) entre os premiados

 

 

- PUB -

Fundado a 20 de Novembro de 1910, o Vitória Futebol Clube festejou ontem o seu 113.º aniversário com várias iniciativas que assinalaram a data na cidade de Setúbal. O ponto alto das celebrações foi o jantar que reuniu a família vitoriana no Pavilhão Antoine Velge, local em que foram distinguidos os atletas, treinadores, equipas, colaboradores, seccionistas e sócios que se destacaram em 2023.

Em termos colectivos, depois de teres alcançado a subida à 2.ª Divisão nacional nas respectivas modalidades, a equipa sénior feminina de futebol, que se sagrou campeã da 3.ª Divisão Nacional, e a equipa sénior masculina de futsal, que foi vice-campeã da 3.ª Divisão, foram agraciadas no jantar de aniversário com o prémio “Equipa do Ano” em reconhecimento pelo excelente trabalho desenvolvido.

No que aos prémios individuais diz respeito, o futebol feminino também foi reconhecido através do prémio de “Atleta do Ano” atribuído a Carla Cardoso, capitã da equipa que se conquistou o título de campeã da 3.ª Divisão. A cumprir a sua segunda temporada em Setúbal, depois de ter representado o Amora nas cinco épocas anteriores, a jogadora, de 33 anos, é uma das principais referências das vitorianas.

- PUB -

Na vertente masculina, o prémio “Atleta do Ano” foi para Pedro Afonso, de 16 anos. A realizar uma época de sonho, o jovem alcançou em 2023 inúmeros pódios em Portugal e além-fronteiras, entre elas, destacamos o título de campeão nacional de juvenis, campeão nacional júnior, sendo o melhor de sempre na sua idade, nos 200 metros, 3.ª melhor marca nacional no ranking de todos os escalões desde juvenil a sénior e medalha de bronze na final dos 200 metros no Festival Olímpico da Juventude Europeia, na Eslovénia.

O prémio Treinador do Ano foi ontem à noite entregue a Fernando Paiva, conhecido no futsal por Naná. O técnico, de 54 anos, está em 2023/24 a cumprir a sua quinta temporada como líder da equipa técnica masculina do futsal setubalense. Ao leme da equipa, Naná levou-a a ascender à 2.ª Divisão e terminar o Campeonato Nacional da 3.ª Divisão num honroso 2.º lugar.

No futebol masculino, atletas que representam actualmente a equipa principal no Campeonato de Portugal e outros que fizeram-no no passado no escalão principal do futebol nacional foram premiados. O “prémio Revelação” foi entregue a Lourenço Henriques, defesa de 19 anos, que cumpre a sua quarta época consecutiva ao serviço dos vitorianos, sendo a segunda na equipa principal em que é uma das suas principais referências.

- PUB -

 

Diogo Sequeira, jovem de 19 anos que integra o plantel principal, recebeu o prémio Revelação. O atacante, que passou metade da sua vida no Vitória – único clube cuja camisola envergou sempre até agora – é visto como um exemplo da mística sadina. Na temporada actual, Diogo Sequeira contabiliza cinco partidas pelos seniores (quatro na Liga 3 e uma na Taça de Portugal), onde já se estreou a marcar na goleada (5-1) ao Oliveira do Hospital.

Dois futebolistas do passado, que viveram momentos de glória ao serviço do clube, também foram ontem distinguidos. O ex-capitão e treinador Hélio Sousa, de 54 anos, que é o actual seleccionador do Qatar, recebeu o “Prémio Carreira” em reconhecimento pelas mais de duas décadas que dedicou ao Vitória, pelo qual ergueu a Taça de Portugal na temporada de 2004/05. Aos 82 anos de idade, Herculano Santos, antiga glória do futebol sadino, foi agraciado com o prémio “SER Vitória” em reconhecimento pela sua dedicação ao clube em que ergueu as Taças de Portugal de 1965 e 1967.

No Pavilhão Antoine Velge, também foram distinguidos Domingos Diniz (Ténis de Mesa) com o “Prémio Dedicação”; Custódio Pinto com o “Prémio Sócio do Ano”; Paula Cardoso e Inácia Ramalho (funcionárias na lavandaria) com o “Prémio Funcionário do Ano”; Miguel Diogo Gonçalves (Ti Miguel) com o “Prémio Memória”; Escola de Futebol Feminino de Setúbal (“Prémio Parceiro do Ano”) e a Ginástica foi eleita a “Secção do Ano”.

Antes do jantar no Pavilhão Antoine Velge, recinto em que os associados com 25, 50 e 75 anos de filiação receberam, respectivamente, os diplomas e emblemas de prata, ouro e diamante, os representantes do clube presidido por Carlos Silva marcaram presença ao final da tarde no Salão Nobre dos Paços do Concelho, local em que se realizou uma Sessão Solene para assinalar o 113.º aniversário do Vitória.

Antes de terem sido recebidos na Câmara Municipal pelo executivo liderado por André Martins, os dirigentes do Vitória marcaram presença na missa por intenção dos sócios falecidos na Igreja de São Julião e, posteriormente, na cerimónia do hastear da bandeira do clube e na tradicional homenagem a Jacinto João com a deposição de flores junto da estátua que o homenageia na Praça Vitória Futebol Clube.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -