26 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Cláudio Oliveira: “Estranhamos a decisão porque temos todos os documentos em dia e em ordem”

Cláudio Oliveira: “Estranhamos a decisão porque temos todos os documentos em dia e em ordem”

Cláudio Oliveira: “Estranhamos a decisão porque temos todos os documentos em dia e em ordem”

A Federação Portuguesa de Futebol rejeitou o licenciamento do Clube Olímpico do Montijo que, desta forma, fica impedido de disputar o Campeonato de Portugal, apesar de ter conquistado em campo esse direito.
Os montijenses reagiram através de comunicado onde manifestaram o seu desagrado. “Estranhamos esta decisão, pois sabemos que temos todos os documentos em dia e em ordem. Este resultado contraria todas as horas, todas as guerras e todos os esforços que fizemos para dignificar e honrar o símbolo e a própria cidade. Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance e acreditamos, vivamente, que se encontra tudo em conformidade”.
O clube ficou triste mas não baixou os braços e promete continuar firme na luta pelos seus objectivos que passam pela concretização de um projecto sustentável e do regresso às competições de âmbito nacional.


Quais as razões avançadas pela FPF para a rejeição do pedido de licenciamento?
Recebemos um e-mail da Federação Portuguesa de Futebol com uma série de alíneas e algumas páginas onde é passada a informação de que efectivamente não obtivemos o licenciamento. Já fizemos chegar esse documento ao nosso advogado para que ele possa ler e esclarecer devidamente numa linguagem comum porque nós precisamos saber todos os motivos que eles apontam. Reconhecem que a documentação que entregámos é a necessária mas que, como foi entregue, em sede de recurso final, durante o processo de licenciamento, eles entendem que o recurso não serviria para receber documentação nova. Só que, nós só tivemos a oportunidade de adquirir a SAD no dia 22 de Maio, contra isto não podemos fazer nada porque estávamos dependentes de outras pessoas, que eram detentores dos 80% da SAD. Fizemos tudo o que podíamos e ganhámos no campo. Entregámos toda a documentação que valida essa conquista, mas há outros entendimentos. Agora vamos tentar saber se há ainda algo a fazer ou não. Independentemente do que vier a acontecer nós estamos cá para fazer cumprir a lei, assumimos a decisão e vamos continuar a fazer o nosso trabalho. O nosso projecto não pode ser colocado em causa por esta questão, não muda nem uma virgula.

- PUB -


Isso quer dizer o problema tem a ver com questões relacionadas com a SAD?
Sim, claro. Tudo isto tem a ver com a SAD. Temos a consciência que houve várias pressões e acontecimentos durante as últimas semanas que nos alertavam para uma série de situações que poderiam levar a este desfecho. Nós nunca acreditámos que assim fosse porque temos a documentação validada por advogados. Mas estamos cá para resolver e competir no campeonato que nos for destinado.


Foi um tremendo golpe para o clube?
Acima de tudo no âmbito da nossa cidade porque as nossas pessoas e dos associados merecem que o clube jogue no Campeonato de Portugal. O projecto do CO Montijo para hoje e para um futuro próximo não muda nada, é exactamente igual, só atrasaram um ano aquilo que é nosso por direito próprio.


Não há qualquer hipótese da situação ser revertida?
Não tenho conhecimento jurídico para responder a essa pergunta. Se por possível, iremos fazer tudo o que for necessário para que isso aconteça porque ganhámos dentro do campo. Se não tivéssemos ganhodo nunca nos iríamos colocar numa posição em que pudéssemos conquistar nos tribunais ou noutras instâncias. Neste caso, se tivermos que defender o que é nosso por direito próprio, assim faremos.

- PUB -


Como está a ser preparada a nova época desportiva?
Já falámos com os jogadores com quem tínhamos chegado a acordo e todos eles disseram que era indiferente jogar no distrital ou no Campeonato de Portugal e houve mesmo quem dissesse que caso tivéssemos que começar pela 2.ª Divisão Distrital, a partir do zero, continuariam na mesma connosco. Vamos ter surpresas, mas neste momento só posso dizer que há jogadores que estavam no Campeonato de Portugal que já assumiram connosco jogar no distrital. Eles acreditam no projecto e é isso que nos dá força.


E Marco Bicho continua como treinador?
Foi a primeira pessoa com quem falámos e, como é um homem de princípios, um homem de projectos e um homem de valores, posso adiantar que vai efectivamente ser o timoneiro da equipa na próxima época, para nos levar ao Campeonato de Portugal.


Qual o ponto de situação em relação ao segundo campo na Liberdade?
A CM Montijo já adjudicou a instalação a uma empresa. As obras vão iniciar-se e está previsto terminarem até o final do mês de Agosto ou primeira semana de Setembro. Mas vamos ter mais novidades nas próximas duas semanas relacionadas com campos novos na cidade do Montijo para que possamos competir e treinar na consolidação do nosso projecto, a nível da formação. Vamos fazer uma apresentação conjunta com a Câmara Municipal do Montijo com um projecto de desenvolvimento com a Universidade Nova, que será inovador. Estamos a trabalhar numa óptica completamente diferenciada porque queremos, a longo tempo e a médio prazo, criar uma estrutura para que o clube continue a crescer de forma completamente sustentada, independentemente da divisão em que estiver a competir.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -