20 Maio 2024, Segunda-feira

- PUB -
Atacante Joca reforça Vitória para ajudar com golos na subida à Liga 3

Atacante Joca reforça Vitória para ajudar com golos na subida à Liga 3

Atacante Joca reforça Vitória para ajudar com golos na subida à Liga 3

Extremo com forte ligação ao Amora, clube em que jogou mais de 20 anos, já tinha sido alvo dos sadinos no passado

 

Na luta pelo objectivo da subida à Liga 3, o Vitória, actual líder isolado da série D do Campeonato de Portugal, foi ao Varzim, conjunto que se apurou para a fase de subida à 2.ª Liga, contratar o extremo Joca. O reforço, de 31 anos, que antes de representar os poveiros envergou durante mais de duas décadas a camisola do Amora, era uma antiga pretensão dos sadinos que há dois anos já o tinham tentado contratar ao emblema da Medideira.

- PUB -

No momento da oficialização, o clube setubalense destacou a mais-valia que o atacante representa em zonas de finalização. “Com muitos golos no currículo, Joca chega a Setúbal para oferecer presença de área e fazer abanar redes! O avançado chega directamente do Varzim SC, onde em 10 jogos marcou por duas ocasiões. Que de verde e branco possas celebrar muitas vezes mais”, escreveram os sadinos.

O anúncio do mais recente reforço no plantel treinado por José Pedro acontece duas semanas depois de Paulo Lima, médio contratado ao Sintrense, ter sido apresentado nos vitorianos, que há semana e meia tinham visto o capitão Zequinha rumar ao Belenenses. Para preencher essa vaga, os responsáveis pela equipa principal foram buscar o ex-varzinista para fortalecer e dar mais soluções ao sector atacante.

No Varzim, clube que venceu na última jornada da Série A (1-0 ao Felgueiras) e avançou para a fase de subida da Liga 3, Joca acabou por ser decisivo na caminhada para a presença dos poveiros na fase de subida. Os dois golos que apontou nas vitórias com o Vianense e Sanjoanense, ambas por 2-1, permitiram que a equipa somasse pontos que vieram a revelar-se determinantes para ficar entre os primeiros quatro classificados.

- PUB -

Reconhecidos pelo trabalho que fez na Póvoa de Varzim, o clube fez questão de publicar uma mensagem a elogiar o agora jogador do Vitória. “Obrigado, Joca! Queremos enaltecer a tua postura e dignidade, em todo o processo. O Varzim agradece o profissionalismo e dedicação que o atleta demonstrou até ao último dia e deseja-lhes as maiores felicidades e sucesso no plano pessoal e profissional”.

 

Forte ligação ao Amora

- PUB -

 

Nascido a 21 de Novembro de 1992 no concelho do Seixal, Jorge Pedro Corte Real Samblano Monteiro, conhecido no futebol por Joca, entrou no Amora quando era ainda criança em 2002/03, tendo percorrido todos os escalões de formação do clube até que, em 2010/11, quando ainda era sub-19, se estreou pela equipa principal. A partir daí fez quase 400 jogos e apontou mais de uma centena de golos até 2022/23, época em que rumou ao Varzim.

Quando a mudança da Amora para a Póvoa de Varzim foi oficializada, a 2 de Junho de 2023, os amorenses deixaram uma sentida mensagem a dar conta do final da ligação com o seu capitão, que O SETUBALENSE recorda. “Nesta que é uma altura difícil para todos nós, e em especial para o nosso capitão, queremos agradecer profundamente pelas mais de duas décadas de dedicação e amor, que o nosso Joca entregou ao seu clube do coração, e à sua cidade”.

“O Joca escreveu em letras douradas o seu nome na história do Amora Futebol Clube, inspirou e continuará certamente a inspirar centenas de crianças e jovens da nossa formação, que vêem nele um exemplo a seguir. Um símbolo do clube e da cidade”, escreveram destacando “a forma sempre disponível e amável como se dirigia a todos os amorenses” e a certeza de que é um jogador que “deixa marcas profundas que jamais serão apagadas”.

 

“Só entram mais-valias”

 

“Só irão entrar aqueles que consideramos serem mais-valias ao grupo que já temos desde o início”. A frase é do treinador José Pedro e foi proferida no passado domingo, depois do triunfo (3-2) sobre o Serpa, quando questionado por O SETUBALENSE se gostaria que chegasse mais algum reforço. Por entender que Joca acrescenta valor ao plantel, o técnico, em sintonia com os directores da equipa de futebol e a SAD, fecharam o negócio com o atacante.

Ainda antes da chegada de Joca, José Pedro tinha frisado que além de quaisquer reforços que pudessem chegar ao Bonfim, era importante ter disponíveis os jogadores que compõem o plantel. “Há umas semanas disse que mais importante do que a entrada de alguém eram as recuperações do Gonçalo Maria, do Mauro Antunes e do Tuga, jogadores que já têm vindo a fazer parte dos últimos jogos. Esse para nós é o maior objectivo”.

Domingo, numa partida que tem início agendado para as 15:00 horas, o Vitória defronta, em Albufeira, o Imortal, em jogo da 18.ª jornada da série D do Campeonato de Portugal. Em relação às expectativas que tem para a partida no Algarve, o timoneiro dos sadinos é peremptório. “A nossa expectativa é sempre a mesma, preparar-nos da melhor forma possível para encarar o próximo jogo e jogar para ganhar”.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -