10 Maio 2024, Sexta-feira

- PUB -
AF Setúbal distingue agentes desportivos que viram o cartão branco em 2022/2023

AF Setúbal distingue agentes desportivos que viram o cartão branco em 2022/2023

AF Setúbal distingue agentes desportivos que viram o cartão branco em 2022/2023

Rui Nunes foi o primeiro árbitro a mostrar o cartão branco em Portugal. Aconteceu em 2015, no decorrer de um jogo de infantis entre o Almada e o Barreirense.  

 

A Associação de Futebol de Setúbal vai realizar no próximo dia 25 de Setembro, pelas 19 horas, no Auditório Bocage, em Setúbal, uma cerimónia destinada a premiar os agentes desportivos – onde se incluem jogadores, treinadores, dirigentes e fisioterapeutas, que tenham sido alvo da amostragem do cartão branco, nas modalidades de futebol e futsal, em todas as provas oficiais da época 2022/2023.

Segundo a entidade organizadora, de acordo com o registo de cartões brancos exibidos no âmbito da AF Setúbal, na pretérita temporada, contam-se mais de centena e meia de amostragens a representantes de 60 clubes.

Alcacerense, Arrentela, AD Almada, Quinta do Conde, Samouquense, Colégio Atlântico, Almada AC, Bairro Novo, Zona Sul, Amodin, Amora, Beira Mar de Almada, Santa Marta do Pinhal, Casa do Benfica em Almada, Brejos de Azeitão, Cova da Piedade. Pelezinhos, Pinhalnovense, Águas de Moura, Trafaria, Charneca de Caparica, CO Montijo, CRI, Colégio Minerva, Grandolense, CR Piedense, Sobredense, Cruzamento de Pegões, Afonsoeirense, Santo André, Alvaladense, Barreirense, S. Francisco, Galitos, Corroios, Alegria e Trabalho, Alfarim, Escola D. João I, Fabril, Lagameças, Pescadores, Sesimbra, União e Progresso, Juventude AC, Leão Altvo, Monte de Caparica, Ídolos da Praça, Paio Pires, Palmelense, Portugal Cultura e Recreio, S. Domingos, SC Banheirense, Seixal 1925, Cercalense, Comércio Indústria, Moitense, U. Santiago, Vasco da Gama e Vitória FC, são os clubes distinguidos.

O cartão branco visa reconhecer, destacar e recompensar as atitudes e comportamentos eticamente relevantes praticados por atletas, treinadores e dirigentes, entre outros agentes directamente envolvidos no jogo, e, também, os espectadores.

O Cartão Branco resulta de uma parceria entre o Plano Nacional de Ética no Desporto e a Confederação das Associações de Juízes e Árbitros de Portugal, sendo a AF Setúbal uma das entidades pioneiras na implementação.

Para a história fica o registo da amostragem do primeiro cartão banco no nosso país, aconteceu em Março de 2015 no decorrer do jogo entre o Almada e o Barreirense da fase final do escalão de infantis da AF Setúbal, que lançou esta iniciativa para incentivar o fair play.

A cartolina premiou a atitude de Fábio, jogador do Almada, que, depois de ter cometido uma falta perigosa sobre um adversário, apressou-se a pedir desculpa. Sensibilizado por este momento, o árbitro Rui Nunes aproximou-se do atleta almadense e mostrou-lhe o cartão branco.

“Senti-me bem por ter mostrado o cartão branco. O futebol precisa disto e penso que, em qualquer desporto, todos os intervenientes, desde jogadores a treinadores e adeptos, têm de se portar bem. Não é preciso haver um cartão para que isso aconteça mas acho que foi uma boa ideia”, referiu Rui Nunes, o primeiro árbitro a mostrar um cartão branco em Portugal.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -