24 Julho 2024, Quarta-feira

- PUB -
A bola é também delas: o futebol feminino do São Domingos

A bola é também delas: o futebol feminino do São Domingos

A bola é também delas: o futebol feminino do São Domingos

Ao longo da sua centenária existência, o São Domingos Futebol Clube pode realmente orgulhar-se de alguns feitos marcantes dos quais foi protagonista na história do futebol e do desporto popular. Um deles é este: com a reativação do clube em meados dos anos 70, o São Domingos foi um dos poucos que tinha a competir, nos torneios populares dos anos 80, uma equipa feminina!

 

- PUB -

Foi na década dos 80 que, timidamente, o futebol feminino fazia os primeiros passos em Portugal. Os clubes que apostavam na modalidade eram pouquíssimos, sendo sobretudo as pequenas coletividades. No Bairro de São Domingos, o amor pela “bola” era geral entre a miudagem, sem distinção de género: rapazes e raparigas jogavam alegremente juntos pelas ruas do bairro. No entanto, quando havia torneios, eram somente os “meninos” que tinham o prazer de competir. Foi assim que as “filhas do bairro” resolveram reunir outras amigas e sugeriram ao São Domingos inscrevê-las em torneios femininos de futebol 7.

 

O sucesso foi imediato: torneios ganhos, taças da equipa mais disciplinada. E havia imensa gente a ver os jogos! Uma verdadeira claque! Afinal, eram as filhas, netas, sobrinhas, irmãs do bairro que estavam a honrar aquela camisola verde-preta do São Domingos! Muitos momentos de alegria e camaradagem, mas que, para todas elas, chegaram ao fim com a chegada da idade adulta. Nenhuma delas continuou na modalidade, os tempos eram outros. Algumas ainda tiveram algumas propostas, mas ficaram em Setúbal a estudar e a construir a sua vida de mulheres adultas.

- PUB -

 

Ainda dão uns toques de vez em quando: há já dez anos que no Casarão (Casal da Figueiras), nas comemorações do 25 de Abril, é organizada uma partida entre solteiras e casadas.

 

- PUB -

Infelizmente, não há, hoje em dia, possibilidades para o clube constituir uma equipa, mas recentemente foi até no São Domingos que algumas começaram a sua carreira. Por exemplo, a internacional portuguesa Carolina Santana, que jogou no Sport Lisboa e Benfica e atualmente alinha no Damaiense, e também Guadalupe Bravo, agora ao serviço do Sporting Clube de Portugal. São elas as novas protagonistas de uma aventura que começou em Setúbal, no São Domingos, e que esperamos que regresse como modalidade ao clube.

 

Estas e outras histórias farão parte do livro do São Domingos Futebol Clube, a lançar no centenário do clube em 2021.

 

Eupremio Scarpa*

*investigador em história do desporto

 

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -