2 Fevereiro 2023, Quinta-feira
- PUB -
InícioDesportoVitória punido com dois jogos à porta fechada por cânticos ofensivos a...

Vitória punido com dois jogos à porta fechada por cânticos ofensivos a árbitro

O Vitória foi punido pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol com dois jogos à porta fechada no Estádio do Bonfim, que serão cumpridos a 3 e 18 de Dezembro nos embates com Amora e U. Leiria, respectivamente, nas jornadas 11 e 12 da Liga 3, informou hoje o clube sadino em comunicado. Na origem do castigo aplicado estiveram as “verbalizações/cânticos ofensivos ao árbitro no jogo em Massamá, contra o Real SC, no dia 23 de Outubro de 2021”.

- PUB -

Transcrevemos na íntegra o comunicado divulgado pelo clube nas redes sociais Facebook e Instagram.

𝐂𝐎𝐌𝐔𝐍𝐈𝐂𝐀𝐃𝐎

O Vitória Futebol Clube SAD, vem por este meio informar os sócios e adeptos que, lamentavelmente, o Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol determinou uma sanção de dois jogos à porta fechada (Amora e UD Leiria) por verbalizações/cânticos ofensivos ao árbitro no jogo em Massamá, contra o Real SC, no dia 23 de Outubro de 2021.

- PUB -

Reconhecemos que essa não é uma postura correta, pelo que trabalhamos e apelamos diariamente, a comportamentos que dignifiquem o nosso Clube e o Futebol, considerando-o um espetáculo onde todos os seus intervenientes devem ser respeitados e onde procuramos ser um exemplo a seguir, porém, não podemos deixar de nos insurgir contra esta decisão, não só pela impossibilidade de ter recursos e mecanismos de controlo sobre atos avulsos de simpatizantes, adeptos, sócios (um polícia por espetador?), mas acima de tudo porque em tantos recintos desportivos de Portugal são infelizmente vividos incidentes de maior gravidade sem qualquer sanção.

Porquê, então, o Vitória?

Pune-se com base em que critérios e em nome da coerência de que justiça desportiva?

- PUB -

Neste momento, não está em causa apenas os dois jogos à porta fechada, mas sim o facto de existirem dois pesos e duas medidas, naquilo que deveria ser, um regulamento pelo qual todos os clubes se devem reger quando aquilo que é considerado um incidente, ocorre.

Seja qual for o Estádio.

Seja qual for a Equipa.

Não nos vergam. Continuamos Juntos. Continuamos Vivos.

Nota: Continuamos ainda, à espera, há mais de 2 anos, da decisão do TAD quanto ao recurso do Vitória sobre o processo de descida administrativa (fora do retângulo de jogo).

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.
- PUB -