8 Dezembro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioDesportoVitória goleia Vilar de Perdizes e avança na Taça de Portugal

Vitória goleia Vilar de Perdizes e avança na Taça de Portugal

Camilo Triana bisou. José Varela e Lucas Marques também marcaram no Bonfim

 

- PUB -

O Vitória apurou-se para a 3.ª eliminatória da Taça de Portugal ao vencer, por 4-0, no Bonfim, o Vilar de Perdizes, em partida da 2.ª fase da prova rainha. Frente ao conjunto transmontano, da série A do Campeonato de Portugal, os sadinos adiantaram-se no marcador aos 33 minutos com golo de Camilo Triana.

Além do colombiano, que viria a bisar aos 67 minutos, José Varela (com um golo espectacular) e Lucas Marques (de livre directo), todos no segundo tempo, foram os outros marcadores de serviço num jogo em que o oponente ficou reduzido a 10 logo após o 1-0.

Em relação ao último jogo, realizado diante do Caldas a 17 de Setembro (derrota por 1-2 na Liga 3), o treinador Micael Sequeira, que viu ontem a sua equipa reencontrar-se com os êxitos, apresentou quatro novidades no onze.

- PUB -

Na baliza, Rafael Alves ocupou o lugar que antes foi de Leonardo Ferreira, enquanto no sector ofensivo José Varela, Camilo Triana e Rodrigo Pereira foram titulares em detrimento de Pedro Pinto, Gabriel Lima e Zequinha.

A equipa de Montalegre, da Associação de Futebol de Vila Real, conseguiu nos primeiros minutos acercar-se da área sadina, mas sem conseguir deixar em sobressalto a defesa anfitriã.

Com dificuldades nas transições ofensivas e um ritmo baixo, o conjunto setubalense só conseguiu visar com perigo a baliza contrária, aos 31 minutos, quando o capitão José Semedo rematou forte à entrada da área para defesa atenta do guarda-redes Bruno Martins.

- PUB -

Volvidos dois minutos, o guardião dos transmontanos já nada conseguiu fazer para impedir o 1-0 do Vitória.

Na sequência de um canto apontado na esquerda por Lucas Marques, Camilo Triana foi categórico na abordagem ao lance e cabeceou para o golo dos sadinos, que viram os transmontanos ficarem em inferioridade numérica por expulsão de Badará (segundo cartão amarelo), jogador que jogou a bola com a mão antes de esta entrar na baliza.

Em desvantagem no marcador e com menos um elemento em campo, o Vilar de Perdizes não atirou a toalha ao chão e, antes do intervalo, aos 41 minutos, dispôs de uma ocasião soberana para repor a igualdade.

Um mau alívio de François deixou a bola à mercê de Hudson, avançado do Vilar de Perdizes que, em zona privilegiada, rematou ao lado do poste esquerdo da baliza sadina.

No segundo tempo, que começou com um atraso de cerva de 10 minutos devido à assistência médica prestada a um adepto na bancada, o Vitória entrou mais desenvolto e dinâmico. Três minutos após o reatamento, um momento de inspiração de José Varela deu o 2-0 aos setubalenses.

O atacante, depois de assistência de Tiago Melo na direita, dominou de peito de primeira e desferiu um remate acrobático sem hipóteses para o guarda-redes contrário.

Aos 64, na sequência de um livre directo, cobrado em zona frontal, a cerca de 25 metros da baliza, Lucas Marques remata forte e colocado, não dando hipóteses a Bruno Martins, que nada pôde fazer para evitar o 3-0.

Com naturalidade, os verdes e brancos, que jogaram todo o segundo tempo em superioridade numérica, conseguiram chegar ao 4-0, aos 67 minutos. Assistido por Tiago Melo, Camilo Triana bisou na partida, fazendo o 4-0 para a equipa que avança para a 3.ª eliminatória da prova rainha.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Militares da GNR raptados e agredidos na Costa da Caparica

Uma das vítimas sofreu ferimentos graves e está internada no Hospital Garcia de Orta. A PJ de Setúbal foi accionada e está a investigar o caso

Nova clínica da rede CUF abriu hoje portas no Montijo

Equipamento, construído de raiz, ocupa mais de 1 500 metros quadrados. Dá resposta a várias especialidades médicas e cirúrgicas

Primeira loja Lidl num campus universitário já abriu em Almada

Rede de supermercados alemã investe 10 milhões de euros no novo edifício situado no Monte da Caparica
- PUB -