7 Dezembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioDesportoPaulo Martins: “Prioridade é potenciar os jovens jogadores vindos da formação”

Paulo Martins: “Prioridade é potenciar os jovens jogadores vindos da formação”

“Quem está no Vitória tem de se assumir sempre como candidato a ganhar o próximo jogo”, frisa o técnico

 

- PUB -

Pela terceira época consecutiva, Paulo Martins é o homem do leme do Vitória B, clube que este compete em 2022/23 no Campeonato da 2ª Divisão Distrital (série A) da Associação de Futebol de Setúbal. O facto de o emblema sadino ter transitado do primeiro para o 2.º escalão não é encarado de forma negativa pelo treinador que vê o momento actual como um novo ciclo.

O técnico aponta o potenciamento de jovens jogadores e a preparação dos mesmos para actuarem em patamares superiores como prioritários. Em relação à luta pela subida de divisão, Paulo Martins é cauteloso. “Quem me conhece como treinador e conhece este clube, sabe que quem o representa tem de ter o compromisso de entrar em todos os jogos para ganhar”, afirma, escusando-se a assumir o Vitória como principal candidato à subida.

Depois de um empate com o U. Santiago e um triunfo sobre o Juventude Sarilhense, o conjunto setubalense defronta sábado (15 horas), a contar para a 3.ª jornada da prova, o Pinhalnovense. Paulo Martins, que no passado envergou várias épocas a camisola do emblema do concelho de Palmela não fica indiferente ao regresso ao campo Santos Jorge. “É sempre um orgulho voltar a uma casa onde fui feliz”.

- PUB -

 

Depois do 7.º lugar obtido na 1.ª divisão, sente que este recomeço na 2.ª divisão foi um revés depois do trabalho que tinha sido feito nos dois anos anteriores?

Não encaro essa situação como revés, mas como um novo ciclo em que estou muito grato por fazer parte. Todo o trabalho que foi feito antes tem de servir de motivação para os que acreditam no processo implementado e que querem singrar. Estou muito orgulhoso do que fizemos e espero que todos os envolvidos se sintam de motivados para atingirmos os nossos objectivos.

- PUB -

Depois de uma época na 1.ª divisão da AF Setúbal de que forma encara a equipa a temporada 2022/23 no segundo escalão do futebol distrital?

O plantel é todo novo, que é provavelmente um dos mais jovens desta divisão. É um plantel jovem que tem todas as condições para adquirir conhecimentos e evoluir nesta divisão. Sendo o segundo ou o primeiro escalão do distrital, o importante é o compromisso que temos com o clube e connosco próprios.

Quais os objectivos da equipa na presente época?

A prioridade é potenciar os jovens jogadores vindos da formação e os que tivemos a possibilidade de ter. Procurar que o ‘salto’ que é feito pelos atletas, dos sub-19 para os seniores, seja feito de forma a estarem preparados para jogarem noutros patamares.

Assumem-se como principais candidatos à subida de divisão?

Quem me conhece como treinador e conhece este clube, sabe que quem o representa tem de ter o compromisso de entrar em todos os jogos para ganhar. Sabemos que existem três resultados possíveis e que por vezes não conseguimos o que queremos. Quem está no Vitória tem de se assumir sempre como candidato a ganhar o próximo jogo.

Como define o plantel que orienta?

É um plantel jovem, humilde, trabalhador e com muita vontade de vencer e representar este clube. É o plantel que tivemos a possibilidade de ter. Estou muito orgulhoso pelo que foi feito até agora. No entanto, estamos sempre à espera de mais, como é obrigatório fazer quem representa o Vitória.

A juventude que existe no plantel é uma mais-valia ou pode ser vista como um obstáculo numa prova onde jogam muitos jogadores experientes?

Ter um plantel jovem é o caminho que queremos seguir. Além de olharmos aos resultados, vemos muito a preparação dos jogadores, sejam eles sub-17, 18, 19 ou 22. A experiência que vão ganhar nesta competição vai permitir-lhes evoluir como jogadores. O caminho tem de ser esse.

Com duas jornadas realizadas, o Vitória soma quatro pontos. É um começo positivo ou contava ter os seis pontos nesta altura?

Somámos quatro pontos em dois jogos, mas obviamente que queríamos ter mais nesta altura. É a realidade que temos e o compromisso para o próximo jogo passa por tentarmos ganhá-lo. É preciso lembrar que o nosso plantel foi construído de raiz e estamos a adquirir conhecimentos uns com os outros. Estou muito contente com a minha equipa.

Depois do triunfo (2-0) sobre o Juventude Sarilhense, o que espera do embate de domingo com o Pinhalnovense?

Espero um jogo bastante competitivo em que as duas equipas vão procurar discutir o resultado. Acredito muito na minha equipa, vamos lutar pelos três pontos e fazer tudo para que este símbolo que representamos seja sempre um porta-estandarte para a nossa motivação.

Por ter representado o Pinhalnovense durante vários anos, é especial para si regressar ao Pinhal Novo?

Representei o PInhalnovense durante muitos anos da minha vida e carreira. Segundo dados estatísticos que foram divulgados sou o quinto jogador com mais partidas efectuadas pelo clube e não fico indiferente a isso. Apesar de ter sofrido bastantes alterações, conheço bem o Pinhalnovense. É sempre um orgulho voltar a uma casa onde fui feliz. Espero ser bem recebido. As pessoas com mais anos de sócio seguramente lembram-se de mim.

Que mensagem gostaria de deixar aos adeptos do Vitória?

O Vitória tem adeptos muito fiéis ao clube e temos de estar unidos para vencermos as adversidades. O caminho tem de ser esse para sermos, a cada dia que passa, mais fortes.

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Militares da GNR raptados e agredidos na Costa da Caparica

Uma das vítimas sofreu ferimentos graves e está internada no Hospital Garcia de Orta. A PJ de Setúbal foi accionada e está a investigar o caso

Homem morre em confrontos num café na Avenida Bento de Jesus Caraça

Causa da morte não é clara. PJ está a investigar

Nova clínica da rede CUF abriu hoje portas no Montijo

Equipamento, construído de raiz, ocupa mais de 1 500 metros quadrados. Dá resposta a várias especialidades médicas e cirúrgicas
- PUB -