26 Setembro 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioDesportoGuarda-redes Leonardo Ferreira lidera superdefesas da Liga 3

Guarda-redes Leonardo Ferreira lidera superdefesas da Liga 3

Nomes de Zequinha e Varela também surgem destacados nas estatísticas individuais

 

- PUB -

 

Com 10 golos sofridos em quatro jornadas, o Vitória tem a pior defesa entre as 24 equipas (séries A e B) que participam na actual edição da Liga 3. Segundo os mais recentes dados divulgados pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) os números só não são piores neste capítulo devido ao desempenho do guarda-redes Leonardo Ferreira, que lidera, com nove intervenções, o ‘ranking’ das superdefesas na prova.

Apesar de ter tido claras responsabilidades no primeiro golo sofrido no passado sábado (saída em falso após a cobrança de um pontapé de canto), dia em que os sadinos perderam (1-2) aos 90+3 minutos com o Caldas, o guardião, que chegou esta época a Setúbal oriundo do Sporting de Braga B, foi crucial ao impedir na última partida que o Vitória fosse mais vezes buscar a bola ao fundo da baliza.

- PUB -

Leonardo Ferreira surge na listagem à frente de Bernardo Santos (Académica) e Bernardo Santos (Fontinhas) com oito e seis superdefesas, respectivamente. Nos dados individuais revelados pela FPF após a 4.ª ronda da Liga 3, além de liderar as superdefesas, o guarda-redes sadino, de 21 anos de idade, é também o segundo ‘keeper’ que mais remates defendeu na competição (18).

À frente de Leonardo Ferreira está apenas Pedro Mateus (Sanjoanense), com mais um remate travado (19) nos primeiros quatro encontros da prova. A fechar o pódio surge outro guardião da série A: Lukas Hornicek (SC Braga B), com 16. O facto de a equipa treinada por Micael Sequeira permitir que os adversários cheguem com tanta frequência a zonas de finalização é algo que terá de ser rectificado o quanto antes.

No Bonfim ninguém esconde que o registo é preocupante e tem sido a principal lacuna evidenciada pela equipa verde e branca que, com um triunfo, um empate e duas derrotas, segue na 10.ª posição com quatro pontos em 12 possíveis, pecúlio que está muito aquém do pretendido numa série extremamente equilibrada em que todos os participantes já perderam pontos.

- PUB -

Com golos sofridos em todas as partidas (quatro com o U. Leiria e dois com Sporting B, Fontinhas e, mais recentemente, com o Caldas) é obrigatório melhorar o quanto antes para não desperdiçar pontos que no final podem vir a ser decisivos para aspirações do clube de terminar entre os quatro primeiros classificados e poder estar na lutar pela subida à II Liga de futebol.

Zequinha lidera lista de goleadores

Apesar de ter ficado em branco na jornada anterior, o avançado Zequinha continua, com quatro golos, a liderar a lista de melhores marcadores da prova. Ao seu lado no topo da tabela de artilheiros estão também Gonçalo Gregório (U. Leiria) e o brasileiro Paulo Marcelo que apontou pelo Amora, clube que é a par do Vitória o outro representante da Associação de Futebol de Setúbal na Liga 3, dois golos no empate (3-3) alcançado no reduto do Belenenses.

Zequinha, experiente ponta-de-lança, nascido em Setúbal há 35 anos, surge também no ‘ranking’ dos jogadores com mais remates à baliza: seis. Registo idêntico têm André Perre (Caldas), Paulo Marcelo (Amora) e Barbosa (São João Vêr), revela a Federação Portuguesa de Futebol.

O guarda-redes Leonardo Ferreira e o avançado Zequinha não são os únicos nomes de jogadores setubalenses a integrarem as listas dos melhores nas estatísticas individuais da Liga 3. Nas assistências, o luso-cabo-verdiano José Varela, de 25 anos, contabiliza o lote de atletas com duas assistências para golo, apenas sendo superado por Caleb (Amora) e Leonardo Teixeira (Varzim) com quatro e três, respectivamente.

 

 

Campanha “Setembro Amarelo”: Vitória alerta para conscientização contra o suicídio

 

Em Setembro, mês de prevenção ao suicídio, a equipa principal do Vitória uniu a sua voz à campanha ‘Setembro Amarelo’, acção global dedicada à prevenção e conscientização contra o suicídio. O clube, através de vários atletas que dão rosto à iniciativa, une assim a sua voz a esta luta e lembra que a saúde mental não está em jogo.

Na acção de sensibilização levada a cabo nos canais de comunicação do emblema sadino é recordado que “12% das doenças de todo o mundo são de foro mental e 165 milhões de pessoas na Europa são afectadas por uma doença ou perturbação mental anualmente”. Em Portugal, os dados mais recentes da doença revelam que somos o “segundo país com a mais elevada prevalência de doenças psiquiátricas da Europa e 20% dos portugueses sofre de uma perturbação psiquiátrica”.

De forma a ajudar quem precisa, o clube conclui a mensagem que deixou durante a campanha ‘Setembro Amarelo’ da seguinte forma: “Se precisas de ajuda, tiveres pensamentos auto-destrutivos ou simplesmente quiseres falar com alguém, podes contactar uma destas entidades: SNS24: 808 24 24 24 (opção 4); SOS Voz Amiga, entre as 16 e as 24 horas, através do número 213 544 545”.

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos
- PUB -