19 Agosto 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioDesporto“Vitória está numa situação de total normalidade financeira”

“Vitória está numa situação de total normalidade financeira”

“Não posso dizer outra coisa a não ser que o Vitória se assume como candidato à subida”, diz Carlos Silva, presidente do Vitória FC

 

- PUB -

 

Há dois anos afastado do escalão principal, o que se sente ao ver um clube como Vitória na Liga 3?

É um sentimento de frustração porque este clube é claramente de 1.ª Divisão. O Vitória não pode estar onde está. Estarmos na Liga 3 deixa-nos uma nostalgia e tristeza enormes. Foi isso que senti quando o Vitória desceu ao Campeonato de Portugal. Foi uma tristeza tremenda e não conseguimos quase viver com isto. É muito difícil de suportar.

- PUB -

Mesmo tendo adversários de renome, o Vitória assume-se em 2022/23 como candidato à subida?

Como presidente do Vitória, não posso dizer outra coisa a não ser que o Vitória se assume como candidato à subida. Esse tem de ser sempre o ponto de partida do Vitória, jogar para subir. O Vitória está numa liga que não é a sua e este ano estamos, claramente, a apostar na subida. Claro que é relativo porque o futebol não é uma ciência exata e depende muitos factores.

A presença de históricos como a Académica, Belenenses, U. Leiria na série é vista como dificuldades acrescidas ou um estímulo?

- PUB -

Equipas que estiveram na I Liga, como o Vitória, vêm de alguma forma criar um estímulo diferente. Jogos entre equipas mais fortes são sempre mais apetecíveis e isso já acontecia na 1.ª Divisão. No entanto, vamos olhar para todas as equipas com muito cuidado. Diz-se muitas vezes que o campeonato não se decide nos jogos entre as maiores equipas, mas entre as outras que não são candidatas à subida. É claro que é sempre estimulante jogar contra equipas que, como o Vitória, já estiveram na 1.ª Divisão e que agora estão no mesmo escalão em que nós estamos. Será um estímulo, mas com cuidado acrescido com todas as equipas.

Num campeonato que se prevê muito competitivo, quais os argumentos que o Vitória apresenta para lutar pela subida?

O Vitória reforçou-se onde tinha de o fazer, por isso, terá uma equipa melhor. É esta garantia, com o próprio treinador e reforço da equipa, que nos dá uma margem maior de confiança de que vamos lutar pela subida de divisão.

Os reforços já anunciados dão garantias da realização de uma boa época?

Toda a época foi programada com a equipa técnica, o treinador Micael Sequeira e os seus adjuntos, e o director desportivo (Bruno Sousa). O objectivo é ficar com uma equipa para subir de divisão. A preparação que foi feita dá-nos garantias maiores de sucesso.

Durante anos o Vitória foi falado pelos incumprimentos com os seus profissionais, qual a situação atual? Há mais estabilidade?

O dia-a-dia do Vitória é de perfeita normalidade. Com a entrada do investidor Hugo Pinto tudo foi valorizado e, neste momento, tudo é pago a tempo e horas. O Vitória dá um pequeno-almoço aos atletas, algo que se calhar só é equiparado a clubes de 1.ª Divisão. Não é muito normal acontecer em equipas da Liga 3. Estas condições possibilitam que os atletas se foquem no que têm de fazer, que é jogar. Tentamos dar o melhor para possam corresponder dentro do campo. Neste momento, o Vitória está numa situação de total normalidade financeira e de condições dadas aos atletas.

Quem vem ao Bonfim verifica que nunca nas últimas décadas o estádio esteve tão bonito. Não deixa de ser irónico que isso aconteça quando o clube está no 3.º escalão… Qual a importância das melhorias efetuadas para a autoestima dos adeptos?

Tudo é importante. É essencial que os estádios tenham condições para acolherem os espectadores dos jogos de futebol. Pela estrutura do Bonfim, que tem quase 60 anos, o estádio tem algumas carências. Algumas melhorias foram feitas pela Câmara Municipal de Setúbal e isso foi importante. Se as pessoas se sentirem bem quando vêm ao Bonfim, com certeza que voltarão.

Que mensagem deixa os adeptos?

Antes de ser presidente sou adepto do Vitória há já muitos anos. Sinto uma paixão enorme pelo Vitória, garantidamente não sou mais do que ninguém, mas sou igual a muita gente. Lutarei e estarei sempre na frente para defender o que for melhor para o Vitória. Garantidamente não há ninguém que queira mais subir o Vitória do que eu. Pode haver muita gente com os mesmos sentimentos que eu. Peço aos adeptos que mantenham a paixão e ajudem o Vitória. Se todos o fizermos amanhã o Vitória será melhor.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Mulher morre em colisão entre dois veículos em Grândola

Uma colisão frontal entre dois veículos ligeiros na Estrada Nacional 261, no cruzamento do Carvalhal, provocou, esta tarde, um morto e dois feridos graves.

Ana Catarina Gonçalves: A grandolense que arriscou e conseguiu montar um ‘império’ na vertente das explicações

Com apenas 21 anos, começou a acompanhar algumas crianças por brincadeira. Hoje, passados cinco anos, emprega três dezenas de professores

Acidente de viação no Montijo provoca três mortos

Colisão frontal provocou a morte de dois homens, de 26 e 32 anos, e de uma mulher, de 24 anos
- PUB -