1 Fevereiro 2023, Quarta-feira
- PUB -
InícioDesportoTreinador contratado do Almada foi despedido antes de entrar em funções

Treinador contratado do Almada foi despedido antes de entrar em funções

José Meireles que havia sido contratado para treinador da equipa de futebol sénior deixou de o ser de forma inesperada.

 

- PUB -

 

O ‘divórcio’ foi confirmado pelo clube e pelo próprio treinador mas inicialmente nenhuma das partes explicou a razão, que é no mínimo estranha, pelo facto de ter acontecido antes de ter entrado em funções e numa altura em que o plantel estava em fase de construção.

 

- PUB -

O Almada referiu apenas que “de comum acordo” entre as partes, o mister José Meireles e o adjunto Frederico Torego, “tinham cessado a sua ligação ao clube” que no dia seguinte anunciou o nome do novo treinador.

 

Posteriormente, José Meireles entendeu por bem esclarecer o que na realidade se passou: “Em reunião efectuada na passada quinta-feira foi-me dito que o Almada teria que ser campeão e que não podia continuar a andar pela segunda distrital (até aqui estamos de acordo). Depois, o director desportivo afirmou que tinha contactado talvez 100 jogadores mas não conseguiu contratar nenhum por causa da equipa técnica feita contratada pela Direcção”.

- PUB -

 

José Meireles entende que isto é muito estranho porque “o feedback que me era dado, por essa mesma pessoa, não era esse. Assim sendo, chego à triste conclusão que foi tudo orquestrado para atingir um fim que acabou bem-sucedido, porque lhe bastaram 24 horas para arranjar um novo técnico. Repito, tudo isto é muito estranho porque vejo alguém que chegou ao clube há cerca de um mês e já consegue ter poder sobre a direcção”.

 

José Meireles conta também que tinha intenção em dar oportunidade a alguns jovens da formação mas o director desportivo tinha uma visão diferente: “Mas esses jogadores têm alguma categoria para jogarem nos seniores? Se não ganharam um jogo este ano nos juniores o que vêm fazer para os seniores? Esta não deve ser a postura de quem se diz director desportivo e muito menos de quem tem um filho a jogar na equipa sénior do Almada, que há dois anos atrás era júnior e alguém lhe terá dado uma oportunidade”.

 

João Vieira, o presidente do clube, por sua vez disse: “O que aconteceu foi muito simples, todos os jogadores contactados negaram vir para o Almada porque o treinador era o Meireles. Ele nunca fez um único telefonema para nenhum jogador. Nunca pensámos passar por esta situação, nem sabíamos que o mister estava tão mal visto, foi uma surpresa para nós. Tínhamos combinado não divulgar o motivo da rescisão mas o Meireles com aquilo que disse não deixou alternativa. É um treinador parado no tempo, sem ambição e esteve sempre à espera que o nosso director contratasse jogadores”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.

Sexta-feliz chega ao concelho para dar “mais tempo” aos funcionários

PartYard decidiu dar as tardes de sexta-feira aos trabalhadores para melhorar o seu rendimento
- PUB -