12 Agosto 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioDesportoGuarda-redes João Valido deixa Vitória para reforçar o Arouca

Guarda-redes João Valido deixa Vitória para reforçar o Arouca

“O Bonfim será sempre a tua casa, e os vitorianos, serão sempre a tua família”, escreveu o clube

 

- PUB -

 

Apesar de estar vinculado ao clube até 2023, o Vitória não conseguiu manter o guarda-redes João Valido nas suas fileiras na época que se avizinha. A possibilidade de ingressar na I Liga e uma proposta financeiramente muito vantajosa para o atleta, de 22 anos, levaram-no a trocar o emblema setubalense pelo Arouca, onde vai ter a oportunidade de se estrear oficialmente no escalão principal.

O anúncio da saída do jogador, que nunca escondeu ser um fervoroso adepto vitoriano, foi feito ontem pelo clube. “Entrou menino e sai, hoje, um homem preparado para o que o futuro lhe trouxer. Apesar das tentativas de renovação por parte da SAD, seguiu o seu caminho para jogar a I Liga de Portugal, e só podemos agradecer por tudo o que fez pelo nosso Vitória. O Bonfim será sempre a tua casa, e os vitorianos, serão sempre a tua família”.

- PUB -

No texto que os sadinos publicaram nas suas redes sociais Facebook e Instagram é feita uma alusão ao facto de a administração da SAD ter envidado esforços para prolongar o contrato com o guardião, conforme deu conta O SETUBALENSE na edição do passado dia 27 de Junho. Recorde-se que a par do médio Daniel Carvalho e do avançado Rodrigo Pereira, João Valido já estava na altura a ser assediado por emblemas da I Liga.

O cerco ao guarda-redes intensificou-se nos últimos dias e o Arouca será mesmo o destino de João Valido que contabiliza várias internacionalizações nos escalões jovens de Portugal. Com a saída, o Vitória, clube onde começou jogar aos seis anos e onde envergou a camisola sadina desde aí (apenas em 2016/17 não o fez porque alinhou nos sub-17 do Benfica), deve agora procurar no mercado uma alternativa para a baliza.

Recorde-se que na época passada, João Valido foi titular indiscutível da baliza vitoriana onde tinha como colegas de posição Josué Duverger (internacional pelo Haiti, de 22 anos), Petterson Santos (jovem de 19 anos que esteve cedido ao Idanhense, do Campeonato de Portugal) e Tiago Neto (que aos 18 anos assinou no mês anterior o seu primeiro contrato como profissional).

- PUB -

Dono da baliza da equipa principal nas duas últimas épocas, João Valido, internacional nas camadas jovens portuguesas, é um nome bem conhecido de todos os vitorianos, que o conhecem desde que ainda criança começou a jogar no clube. No Campeonato de Portugal, em 2020/21, e na Liga 3, 2021/22, o guarda-redes foi um dos nomes incontornáveis que ajudaram o Vitória a chegar à fase em que se discutiu a subida de divisão.

O SETUBALENSE lembra as declarações escritas por João Valido no passado mês de Maio, altura em que fez um balanço da temporada sadina. “Não foi um ano perfeito, é verdade, mas não o foi para ninguém! Não foi em termos colectivos, não foi para mim individualmente, nem foi para o Vitória como instituição. Tenho, no entanto, a certeza que este é o caminho e só assim é que o Vitória vai voltar aonde nunca deveria ter saído”.

No texto que redigiu nas suas redes sociais Facebook e Instagram, o guardião fez questão de destacar o facto de ter cumprido esta época o seu jogo número 100 com a camisola do clube do seu coração. “Recordando-me que o meu grande sonho de pequeno era vir um dia a jogar pela equipa profissional do Vitória e que esta temporada tive a honra de fazer o meu 100.º jogo como profissional por este enorme clube enche-me genuinamente de orgulho. Um muito obrigado a todos que fizerem parte deste grupo de trabalho”.

Titular da baliza do Vitória FC em 27 dos 28 encontros oficiais de 2021/22, João Valido foi de longe o elemento do plantel com mais minutos cumpridos (2430 só na Liga 3). O número de partidas realizadas pelo guarda-redes na presente época contribuiu para que a fasquia dos 100 jogos com a camisola verde e branca tivesse sido atingida no passado mês de Abril na visita ao reduto do U. Leiria.

Sem surpresa, o guardião, de 22 anos, integrou a equipa do ano da Liga 3. A distinção é atribuída pelo Campeonato das Oportunidades, página de Facebook gerido pelo zerozero, que viu os seus utilizadores elegerem João Valido como o melhor jogador na sua posição. A contribuir de forma clara para a eleição estiveram seguramente as estatísticas divulgadas semana após semana pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Na baliza, nenhum jogador foi tão influente e fez tantas defesas e superdefesas como João Valido, segundo o ranking elaborado pela FPF. Este facto atesta a presença do guarda-redes em todas as escolhas da época que foram elaboradas. De forma unânime, o vitoriano João Valido foi considerado o melhor guarda-redes da Liga 3.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -