23 Maio 2022, Segunda-feira
- PUB -
InícioDesporto“RPower está a fazer história no futebol feminino em Portugal”

“RPower está a fazer história no futebol feminino em Portugal”

Com menos de dois anos de existência, já foi campeão da 3.ª Divisão, está a lutar pela subida à 1.ª e agora garantiu a sua presença nos quartos-de-final da Taça de Portugal

 

- PUB -

O Racing Power Football Club alcançou um facto verdadeiramente notável no último domingo ao eliminar o Atlético Ouriense, da Liga BPI, em sua própria casa, na quarta eliminatória da Taça de Portugal.

A equipa treinada pelo professor Nuno Cistóvão, o treinador mais titulado no futebol feminino nacional, tem feito um percurso notável na prova rainha do futebol nacional.

Começou por eliminar os Pescadores da Caparica goleando por 22-0, na segunda eliminatória afastou o Rio Ave (1-0) em Vila do Conde, na terceira eliminatória venceu o Ponte (Vagos), por 7-1, e agora venceu o Atlético Ouriense no desempate por penaltis (6-5), após um nulo registado no final do tempo regulamentar e prolongamento.

- PUB -

Quem também conseguiu o apuramento para os quartos-de-final da competição foi o Amora que goleou o Brito (Guimarães) por 12-0, depois de na eliminatória anterior ter goleado também o Vieirense (10-0), equipa do terceiro escalão nacional

Como o resultado dá a entender o jogo com a equipa de Guimarães foi de sentido único, a equipa amorense, que ao intervalo vencia por 4-0, dominou inteiramente a partida e os golos foram aparecendo com naturalidade.

A jogadora que mais sobressaiu na equipa orientada por Hugo Duarte foi Mafalda Marujo pelos quatro golos que marcou. E, por falar em golos fica o registo da marcação dos outros; Carolina Duque (2), Nicole Nunes, Tako, Mariana Alberto, Rafa Sudré, Andreia Veiga e um autogolo.

- PUB -

Relativamente ao jogo do RPower realizado no Campo da Caridade, em Ourém, apesar da diferença de escalão entre as duas equipas, o equilíbrio foi a nota dominante e embora tenha havido algumas oportunidades de golo, ninguém conseguiu marcar, havendo necessidade de se recorrer à marcação de penaltis para se encontrar o vencedor.

E aqui, quem esteve melhor foi o RPower que festejou assim a sua passagem aos quartos-de-final onde vão marcar presença também o SC Braga, Marítimo, Clube Albergaria, Amora, Famalicão, Sporting e Guia.

Os penaltis que deram a vitória ao RPower foram convertidos por Daiane Fogel, Gabriela Cruz, Cláudia Tecedeiro, Catarina Carmo, Rafaela Rufino e Janaina Weimer.

Pensamento nas meias-finais e até mesmo na final

“Para um clube que irá fazer dois anos de existência no mês de Julho, ter sido campeão da terceira divisão nacional no seu primeiro ano, estar a lutar para subir à primeira divisão no segundo ano e termos eliminado uma equipa da Liga BPI que já foi campeã nacional e jogou na Liga dos Campeões, só poderei dizer que está a fazer história no futebol feminino”, referiu o presidente da direcção, Nuno Painço.

Sobre o futuro da equipa na prova, Nuno Painço diz que tem objectivos muito concretos na competição rainha, “chegar às meias-finais e quem sabe chegar à final”, realçou. “Ainda existe alguma diferença em relação às equipas de topo, mas ninguém nos tira o mérito e o sonho de estarmos entre as oito melhores e chegarmos mais além”.

O presidente do clube reconhece que a partir de agora os adversários são mais complicados mas ainda assim não mostra preferência por qualquer um.

“Das 8 equipas presentes apenas nós e o Guia somos da segunda divisão, as restantes equipas são da Liga BPI e cinco delas disputam a fase de campeão, estando injustamente o Amora na fase de manutenção/descida. Portanto, para nós não há clubes preferidos, o sorteio ditará quem temos de defrontar mas quem nos calhar em sorte é para ganhar”.

Interesse no Centro de Estágio do Benfica

“Caso o Benfica concretize a saída do Centro de Estágio do Benfica, no Seixal, a Racing Power Football Club através dos seus investidores, irá manifestar o interesse em adquirir a referida infra-estrutura”, disse Nuno Painço, presidente do clube que lidera o Campeonato Nacional da 2.ª Divisão.

O dirigente do clube que vem trabalhando no Campo da Boa Hora, em Arrentela, mas tem um projecto deveras ambicioso para o futebol feminino, adiantou que já fez passar essa intenção a um dos vice presidentes “para que faça chegar a informação, sobre este nosso interesse, ao presidente do Sport Lisboa e Benfica”.

“Vamos ter de aguardar para saber o que o

Benfica pretende mas que fique bem claro, somos um candidato entre outros que poderão aparecer. Não temos qualquer problema em mostrar o nosso interesse, assim poderíamos saltar algumas etapas no nosso projecto”, afirmou a propósito o presidente do clube que se dedica apenas à prática do futebol feminino.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva
- PUB -