7 Julho 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioDesportoFormação sadina alcança dois triunfos e um empate nas provas nacionais

Formação sadina alcança dois triunfos e um empate nas provas nacionais

Semana muito positiva e chamada do capitão dos sub-17 à Selecção Nacional

Juvenis do Vitória estiveram a vencer, em Palmela, o Benfica até aos 87 minutos

 

- PUB -

Num fim-de-semana em que o futebol do Vitória não competiu na Liga 3 nem na 1.ª Divisão Distrital da AF de Setúbal, por ambas as equipas terem registado vários casos de Covid-19 nos últimos dias, coube aos escalões de formação darem as alegrias aos adeptos sadinos. Os juniores, juvenis e iniciados alcançaram resultados positivos nos respectivos campeonatos nacionais.

No sábado, no campo Municipal da Várzea, os juniores levaram a melhor sobre o Belenenses, por 2-1, em partida da 19.ª jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão (Zona Sul) de sub-19. Os golos apontados por Shyon Omrani e Lourenço Henriques permitiram aos comandados de Alfredo Lopes conquistar os três pontos valendo a subida ao 5.º posto, ultrapassando os da turma do Restelo na classificação.

Já no domingo foi a vez dos iniciados irem ao campo da Verderena, no Barreiro, obter um triunfo (1-0) sobre o Barreirense, em jogo da 4.ª jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão 2.ª Fase de sub-15. O êxito, que foi o segundo consecutivo depois do 4-0 ao Louletano na ronda passada, impôs o primeiro desaire na fase actual aos alvi-rubros, que seguem na segunda posição da tabela com nove pontos, mais três que os sadinos que ocupam o 5.º posto.

- PUB -

Os jogos dos vitorianos nas provas nacionais durante o fim-de-semana ficaram fechados com o duelo da 6.ª jornada do Campeonato Nacional da 1.ª Divisão (2.ª fase) de sub-17. No domingo, O SETUBALENSE acompanhou no Campo de Jogos Municipal de Palmela o confronto entre os sadinos, treinados por Ricardo Diogo, e o Benfica, que terminou com uma igualdade (1-1) no marcador.

Frente a um adversário aguerrido, que se colocou na frente do marcador com um golaço de Simão Rodrigues ainda no primeiro tempo, os benfiquistas podem agradecer o ponto conquistado a Miguel Constantinescu, jogador que saiu do banco aos 70 minutos para, aos 87, repor a igualdade na partida realizada em Palmela.

Apesar do ascendente territorial do Benfica nos minutos iniciais, o Vitória chegou ao golo, aos 16 minutos, no primeiro remate que fez à baliza contrária num pontapé forte e colocado do avançado Simão Rodrigues, que não deu hipóteses ao guardião Marcel Mendes. A vencerem por 1-0, os setubalenses conseguiram sem sobressaltos gerir a vantagem até ao intervalo.

- PUB -

Não obstante o domínio das águias e o facto de terem mais posse de bola, os encarnados não se livraram de um par de sustos ainda no primeiro tempo. Aos 23 minutos o capitão Rodrigo Grenha rematou ao lado do poste esquerdo e, já aos 45 minutos, foi a vez de Simão Rodrigues testar a meia distância num pontapé que levou a bola a passar também ao lado do alvo.

Antes do intervalo, o adversário, que incomodava mais em lances de bola parada, também teve uma oportunidade para marcar quando, aos 45+1 minutos, Ussumane Djalo rematou para defesa atenta de Tiago Correia, guarda-redes dos vitorianos que viria a destacar-se, pelo que fez sobretudo na segunda parte, como a figura do encontro.

A perder por 1-0, o Benfica entrou mais acutilante na segunda parte, levando o perigo à área sadina. Aos 59 minutos, João Rego ficou perto do empate num cabeceamento que levou a bola a passar sobre a trave. Volvidos cinco minutos foi a vez do guardião sadino se opor com uma excelente defesa a um remate de João Rego que ficou perto do golo.

Com alguma dificuldade em manter a organização defensiva, sob a liderança clara do capitão Rodrigo Grenha, e a solidez no meio-campo, os pupilos de Ricardo Diogo nunca se coibiram de espreitar o contra-ataque. Num desses lances, aos 66 minutos, Afonso Carvalho isolou-se pelo flanco direito e, só com Marcel Mendes pela frente, não conseguiu melhor do que rematar à figura do guardião.

Aos 81 minutos, depois do sadino Tiago Brito ter derrubado João Rego no interior da área, o árbitro eborense Hélder Nunes assinalou grande penalidade. Da marca dos 11 metros, o guarda-redes Tiago Correia foi enorme ao travar o remate de Rafael Luís e a recarga de João Veloso, mantendo o Vitória na frente do marcador.

A pressão intensa do Benfica nos minutos finais acabou por dar frutos numa fase em que o Vitória já dava alguns sinais de cansaço e falta de discernimento. Aos 87 minutos, no lance imediato ao guardião Tiago Correia (que exibição!) se ter feito uma estirada para travar o golo de João Veloso, o número 1 do Vitória acabou desfeiteado por Miguel Constantinescu, jogador que tinha entrado aos 70 minutos, que cabeceou sozinho ao segundo poste para 1-1, depois de cruzamento da esquerda.

Até ao final, o Vitória ergueu um muro para segurar o empate e o ponto que lhe permite ocupar a 4.ª posição da prova, com oito pontos. Já o Benfica, que esteve à beira de sofrer a primeira derrota na fase actual do campeonato de sub-17, atrasou-se ontem na perseguição ao líder Sporting, que segue no 1.º lugar com 15 pontos, mais três que as águias.

Capitão Rodrigo Grenha na Selecção

Entretanto, em reconhecimento pela excelente época que está a realizar no Vitória, o capitão dos juvenis sadinos está agora integrado nos trabalhos da Selecção Nacional de sub-17. Depois de ter contribuído para a igualdade (1-1) com o Benfica, o defesa, de 16 anos, foi convocado para o estágio de preparação da Selecção das ‘quinas’, que decorre entre hoje e quarta-feira na Cidade do Futebol.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pastelaria Abrantes fecha portas a poucos meses de fazer cem anos [actualizada]

Setubalenses têm recorrido às redes sociais para manifestar tristeza com a notícia, por se tratar de um espaço histórico

PSP deteve em flagrante homem a furtar catalisadores

Dono de uma das viaturas alertou a PSP, que conseguiu interceptar o indivíduo no local

Programa Festas Populares São Pedro Montijo 2022

Consulte o programa na íntegra das Festas Populares de São Pedro, que arrancam na terça-feira (28 de Junho)
- PUB -