28 Janeiro 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioDesportoVitória procura no Bonfim encurtar a distância para o líder União de...

Vitória procura no Bonfim encurtar a distância para o líder União de Leiria

Estádio do Bonfim é amanhã (20:30 horas) palco do jogo grande da Liga 3

Sadinos prometem tudo fazer para repetir êxito da época passada

 

- PUB -

A 13.ª jornada da série B da Liga 3, que todos os setubalenses desejam ser de sorte, coloca amanhã, a partir das 20:30 horas, frente a frente, no Estádio do Bonfim, o Vitória com o U. Leiria, actual líder destacado da prova. Com mais dois jogos realizados em relação aos verdes e brancos, os leirienses têm 27 pontos, mais 10 pontos que os anfitriões que querem reduzir a distância com a conquista dos três pontos.

Para levar de vencido o oponente, os sadinos podem inspirar-se no emocionante confronto que fizeram na temporada transacta em Setúbal, a contar para o Campeonato de Portugal (fase de acesso à II Liga). A 22 de Maio de 2021, o golo da vitória surgiu aos 90+3 minutos, altura em que André Sousa, que foi a jogo na segunda parte do encontro, fez o 2-1, desfazendo a igualdade (1-1) que o leiriense João Paredes tinha feito dois minutos antes no Bonfim.

Refira-se que o outro golo dos então comandados de Alexandre Santana também foi apontado por um homem que começou como suplente. Dez minutos depois de substituir André Pedrosa, aos 58 minutos, o avançado Frédéric Mendy inaugurou o marcador, após assistência de Nuno Pinto. O guineense, que há duas jornadas foi uma das principais figuras do 3-0 alcançado em Alverca, promete tudo fazer para voltar a ajudar com golo a equipa a celebrar novo êxito.

- PUB -

Já depois do duelo de há sete meses em Setúbal, ambos os conjuntos mediram forças a 21 de Agosto, dia em que os setubalenses sofreram, a contar para a segunda jornada da série B da Liga 3, a primeira das três derrotas que contabilizam na competição. No Estádio Dr. Magalhães Pessoa, Gonçalo Gregório e Jair Silva, ambos na segunda parte, foram os responsáveis pelo 2-0 registado no final do encontro pela equipa então orientada por Toni Pereira.

Amanhã, com o jovem Pedro Gandaio ao leme da equipa, o Vitória tenta escrever uma história diferente nos confrontos directos com o U. Leiria. Depois da derrota sofrida no domingo, em Óbidos, com o Amora (1-0), os sadinos estão conscientes da importância de se reencontrarem com os êxitos diante do emblema da cidade do Lis de quem guardam, nos jogos no Bonfim, boas memórias.

Em termos de retrospectiva, a história joga a favor dos setubalenses que nas 21 partidas realizadas na condição de conjunto visitado venceu 13, empatou seis e perdeu apenas em duas ocasiões. Antes do já mencionado encontro de 2020/21, em que venceram 2-1, o triunfo anterior sobre os unionistas aconteceu a 25 de Março de 2012, dia em que os leirienses jogaram em Setúbal e o Vitória levou a melhor, por 1-0, sobre o adversário.

- PUB -

Na altura, um golo do defesa Miguelito, logo aos três minutos, foi suficiente para a equipa então treinada por José Mota bater os leirienses, que tinham como guarda-redes o então jovem esloveno Jan Oblak, que actualmente representa os espanhóis do Atlético de Madrid. Refira-se que na baliza contrária estava o guarda-redes Diego, que na época passada era um dos elementos que compunham a equipa técnica liderada por Alexandre Santana.

A confirmar as boas recordações dos sadinos com o U. Leiria está também o antepenúltimo duelo travado no Bonfim entre os dois clubes. A 10 de Abril de 2011, também com o brasileiro Diego a defender as redes da equipa, os verdes e brancos despacharam o oponente por claros 4-1. William, Neca, Pitbull e José Pedro marcaram pela equipa treinada por Bruno Ribeiro, enquanto o leiriense Patrick Lopes fechou para os forasteiros as contas do marcador já nos minutos finais.

O domínio dos setubalenses é atestado nos dados globais dos duelos entre os dois conjuntos. Senão vejamos: dos 41 encontros (30 na I Liga, quatro na Taça de Portugal, quatro na II Liga, doi no Campeonato de Portugal e um na Liga 3), o Vitória totaliza 18 êxitos, 15 igualdades e oito derrotas, tendo seis destas sido averbadas num total de 20 encontros com os leirienses a jogarem em casa. Como curiosidade refira-se que na Taça de Portugal, os vitorianos levaram sempre a melhor (três vezes no Bonfim e uma em Leiria).

No Estádio Dr. Magalhães Pessoa o Vitória também conseguiu vencer várias vezes em duelos no escalão principal. Em 1998/99, o azeri Kasumov marcou o golo que valeu o triunfo, 1-0, à equipa então treinada por Carlos Cardoso e, em 2004/05, o brasileiro Igor bisou no 2-0 aplicado pelos comandados de José Rachão. Mais recentes foram as vitórias, ambas por 2-0, das equipas então treinadas por Hélio Sousa (2005/06) e Carlos Carvalhal (2007/08). No primeiro caso, Silvestre Varela e Carlitos foram os autores dos golos frente à União então treinada por Jorge Jesus, actual treinador do Benfica, enquanto em 2008 Pitbull e Bruno Gama foram os marcadores de serviço dos sadinos.

Comentários

- PUB -

Mais populares

D. José Ornelas deixa de ser Bispo de Setúbal

O SETUBALENSE sabe que o Prelado vai substituir D. António Marto na Diocese de Leiria-Fátima

Autocarro consumido pelas chamas no centro de Setúbal [corrigida]

Viatura dos TST circulava perto do Comando da PSP. Passageiros e motorista saíram ilesos

Moradores do condomínio da Quinta da Trindade queixam-se de ruído vindo de estaleiro naval

A decapagem do casco de navios está a tirar o sossego a quem reside nas proximidades do estaleiro. Empresa diz que está a mitigar incómodo
- PUB -