19 Janeiro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioDesportoSeixal Clube 1925 recebeu o mais alto galardão da Bandeira da Ética

Seixal Clube 1925 recebeu o mais alto galardão da Bandeira da Ética

É o primeiro clube do concelho e o quarto a nível distrital a receber o mais elevado grau da ética desportiva que visa a promoção de um desporto justo, leal e limpo.

 

- PUB -

O Seixal Clube 1925 recebeu a Bandeira da Ética em cerimónia realizada no salão nobre da Sociedade Filarmónica União Seixalense, especialmente cedido para o efeito.

O evento começou com um breve momento musical a cargo de Tiago e Joana Mestre ao qual se seguiu a intervenção do presidente da direcção, Hugo Rodrigues, que começou por dizer que se tratava de “um dia especial para o clube que tem um projecto diferenciado dos demais por ser declaradamente um projecto desportivo e social”; Márcio Rebelo em representação do seu avô (João Rebelo) e Leopoldo Casanova, falaram de alguns momentos importantes da história do clube; Carlos Pólvora, presidente da Mesa da Assembleia Geral realçou que “a bandeira não foi dada nem oferecida, foi conquistada”; Rodrigo Cavaleiro, presidente da Autoridade para a Prevenção e Combate à Violência no Desporto, fez questão de referir que se deslocou propositadamente de Viseu até ao Seixal para dizer que “a população tem motivos para estar orgulhosa pela forma como o clube encara o desporto, não só pela como prática desportiva mas também como um instrumento de transformação social e uma ferramenta socioeducativa importantíssima na comunidade local e concelhos vizinhos”; a Dr.ª Eduarda Marques, do Instituto Português do Desporto e Juventude, entregou a bandeira da ética mas antes aproveitou para dar os parabéns ao clube porque “em boa hora decidiu aderir e certificar as boas práticas.

A cerimónia protocolar terminou com a intervenção de Bruno Santos, vereador do pelouro de desporto da Câmara Municipal do Seixal que realçou o trabalho social desenvolvido pelo clube nos momentos mais difíceis da pandemia.

- PUB -

Presentes estiveram também Francisco Cardoso, presidente da Associação de Futebol de Setúbal e António Santos, presidente da União de Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires, bem como outros convidados que encheram por completo a sala.

 

“É como se tivéssemos ganho um campeonato”

- PUB -

 

No final, em declarações ao SETUBALENSE, o presidente do clube, Hugo Rodrigues disse que “para o Seixal Clube 1925 a bandeira da ética tem um significado maior que uma vitória. É como se tivéssemos ganho um campeonato porque se trata de uma distinção conquistada por um grupo voluntário de pessoal que faz um grande sacrifício e tira muito tempo às suas famílias, em benefício da sociedade”.

O Seixal Clube 1925 é o primeiro clube do concelho do Seixal [e o quarto no distrito] a receber o mais alto galardão da Bandeira da Ética como forma de reconhecimento pelo trabalho desenvolvido em vários projectos de cariz social e isso deixa naturalmente Hugo Rodrigues satisfeito.

“Não podemos esquecer que a génese do Seixal é promover o desporto, neste caso o basquetebol, o futebol e o futsal. Como é lógico, como acontece com todos os clubes, também nós queremos ganhar os jogos mas tem que ser com dignidade, respeito e ponderação. No basquetebol é mais fácil fazer passar a mensagem, no futebol pela paixão, pela emoção e pelo próprio jogo, que é mais físico, torna-se mais difícil. Mas com trabalho tudo se consegue e hoje já estamos a colher frutos”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Vereador diz que cães vadios fogem com crânios na boca e acusa PS de tratar mal os vivos e pior os mortos

João Afonso volta a criticar serviço nos cemitérios. Autarca do PSD denuncia ossadas lavadas em tanques da roupa e colocadas em caixas de fruta a secar. Nuno Canta diz que é fantasia

Rua José de Groot Pombo encerrada até Abril devido a “exigente e profunda” obra

Intervenção dedicada à reabilitação integral da via, incluindo a construção de passeios mais acessíveis   A Rua José de Groot Pombo, em Setúbal, vai permanecer encerrada...

Mais de 70 lotes de terreno no Bairro Grito do Povo alienados a proprietários de habitações

Os lotes vão ser vendidos a moradores e descendentes directos, que pretendam melhorar as condições de habitabilidade
- PUB -