29 Setembro 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioDesportoMoitense procura chegar à quinta no próximo domingo

Moitense procura chegar à quinta no próximo domingo

Depois de uma fase intensa de jogos a equipa está a voltar à normalidade e os bons resultados sucedem-se

 

- PUB -

O Moitense obteve no passado domingo na Trafaria, onde defrontou o Cova da Piedade B, a quarta vitória consecutiva e, com os pontos conquistados, ascendeu ao quarto lugar da tabela classificativa, apesar de ter um jogo a menos, com o Fabril, que foi adiado na 9.ª jornada devido a um caso suspeito de Covid-19.

A vitória foi alcançada pela diferença mínima (3-2) mas a equipa da Moita andou sempre na frente do marcador.

Ao intervalo vencia por 1-0 com um golo marcado por Pedro Reis, aos vinte minutos. Na segunda parte (69’) Ari elevou a marca para 2-0 mas alguns minutos depois (81’) o Cova da Piedade reduziu, só que a resposta dos comandados de David Nogueira foi imediata e no minuto seguinte (82’) Leonardo Leiro, qua havia saltado do banco ao intervalo, repôs a diferença de dois golos, fazendo o 3-1.

- PUB -

As coisas estavam bem encaminhadas para a conquista de mais uma vitória mas o adversário, que nunca desistiu de lutar por um resultado diferente, voltou a marcar, deixando o resultado em 2-3, que se manteve até ao final.

Na próxima jornada que se disputa domingo, dia 28 de Novembro, a equipa da Moita recebe o Vitória Futebol Clube num jogo em que vai procurar carregar a fundo para alcançar a quinta vitória consecutiva e com ela poder subir mais um degrau na tabela classificativa que pode muito bem acontecer se o Olímpico do Montijo não ganhar na Charneca de Caparica..

Depois de uma fase bastante complicada, devido à sobrecarga de jogos para o campeonato e para a Taça de Portugal, a equipa parece estar a voltar à normalidade e, em consequência disso, aos bons resultados para satisfação dos seus adeptos.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Autoeuropa com legionella não pára produção nem avisa trabalhadores

Empresa diz que nenhuma pessoa foi infectada e que está a cumprir a lei

“Reunião” dos bombeiros acaba à chapada e ao pontapé com a PSP a ser chamada ao quartel [corrigida]

Demissões na direcção culminaram com agressões físicas entre bombeiros, entre directores, e entre bombeiros e dirigentes
- PUB -