1 Outubro 2022, Sábado
- PUB -
InícioDesportoEquipa principal ajuda a apagar 111 velas do Vitória

Equipa principal ajuda a apagar 111 velas do Vitória

Ponto alto das celebrações de amanhã está reservado para o jantar no Pavilhão Antoine Velge

Figuras históricas do clube participam, pelas 17:30 horas, em mesa redonda no Charlot

 

- PUB -

Depois de no ano passado terem estado impossibilitados de o fazer, devido às restrições impostas pela pandemia da Covid-19, a família vitoriana volta amanhã à noite, a partir das 20 horas, no Pavilhão Antoine Velge, a estar reunida para celebrar a passagem do 111.º aniversário do Vitória Futebol Clube. Para assinalar o momento, O SETUBALENSE publica hoje a revista comemorativa da data.

Entre os convidados e os associados, que fazem questão de estar no jantar alusivo à data da fundação do clube, vai marcar presença a equipa de futebol principal liderada pelo jovem treinador Pedro Gandaio, que assumiu o cargo no passado dia 27 de Outubro e será um estreante na gala comemorativa dos sadinos.

A gala não será uma novidade para todos os elementos das modalidades amadoras e profissionais que serão distinguidos este ano, uma vez que muitos deles já estiveram em aniversários anteriores. Os nomes de atletas, treinadores, equipas e dirigentes que vão ser reconhecidos pelo trabalho desenvolvido no último ano, só serão anunciados no evento.

- PUB -

Antes do jantar de amanhã, várias iniciativas vão decorrer de forma a assinalar o aniversário. Segundo o programa divulgado, pelas 9 horas, realiza-se na Igreja de São Julião a missa em memória dos vitorianos falecidos. Uma hora depois, o presidente Carlos Silva e outros elementos da Direcção estarão presentes na cerimónia do hastear da bandeira em frente à loja do Vitória e na deposição de flores junto à estátua de Jacinto João, na Praça do Vitória FC.

Pelas 11 horas, os representantes do clube e os associados que o desejem fazer dirigem-se ao Salão Nobre dos Paços do Concelho para participar na sessão solene promovida pela Câmara Municipal de Setúbal, que já esta semana saudou o clube pela passagem do 111.º aniversário, que se assinala a 20 de Novembro.

O texto apresentado pelo presidente da autarquia, André Martins, reforça ainda que o município estará sempre disponível para ajudar a instituição desportiva e “continuará a assegurar sempre o mais rigoroso respeito pela autonomia dos órgãos de direção do clube e pelas decisões dos sócios”. No mesmo documento, a Câmara Municipal felicita dirigentes, técnicos e atletas, funcionários, colaboradores e massa associativa do Vitória Futebol Clube e faz votos de que o futuro seja “tão ou mais glorioso do que os 111 anos de história já vividos”.

- PUB -

Também no sábado, pelas 17:30 horas, várias figuras históricas do clube participam numa mesa redonda subordinada ao tema: “Vitória, passado, presente e futuro”. Na iniciativa, que terá lugar no Auditório Municipal Charlot, estão previstas as participações, entre outros, do ex-presidente Fernando Pedrosa, da antiga glória Fernando Tomé e do ex-treinador José Couceiro.

 

Modalidades com portas abertas

 

No sábado, as modalidades amadoras do clube vão estar de portas abertas para os jovens sócios poderem experimentar modalidades como o Aikido (das 10 às 11:30 horas no Ginásio do Aikido no lado norte do estádio); Atletismo (das 10 às 11:30 horas no estádio à entrada pela porta 12); Ginástica (das 10 às 11:00 horas sessão de Dança Jazz com a professora Patrícia Rodrigues; Judo (das 10 às 12:00 horas no Ginásio do Judo junto ao campo nº 2 do Bonfim) e Ténis de mesa (dia aberto para experimentar a modalidade assim como assistir aos jogos do dia).

Comentários

- PUB -

Mais populares

Transportes em Setúbal: “Isto não está mau. Está péssimo!”

Reuniões com a população expõem drama de grandes dimensões contado em testemunhos trágico-cómicos

Alsa Todi não verá mais um cêntimo de Palmela se não cumprir o contrato

Município está indisponível para continuar a financiar o sistema e reclama à TML a aplicação de penalidades à operadora

Bombeira grávida de sete meses diz-se ‘injustamente dispensada’ de serviço

Autoridade para as Condições do Trabalho esteve no quartel da associação
- PUB -