29 Novembro 2021, Segunda-feira
- PUB -
InícioDesportoMoitense e Oriental Dragon dignificaram o futebol da região

Moitense e Oriental Dragon dignificaram o futebol da região

Estádio Alfredo da Silva registou uma das maiores enchentes dos últimos tempos, cerca de 5000 pessoas assistiram ao Moitense – SC Braga

 

- PUB -

Oriental Dragon e Moitense estão fora da Taça de Portugal após as derrotas sofridas nos jogos que disputaram com o Moreirense e SC Braga na 3.ª eliminatória mas importa dizer que ambos tiveram um comportamento meritório porque um só caiu no prolongamento e o outro, que defrontou o actual detentor do troféu, resistiu até aos 40 minutos, altura em que sofreu o primeiro golo.

De facto, a equipa da Moita fortemente apoiada pelo seu público que compareceu em massa no Estádio Alfredo da Silva, que registou uma das maiores enchentes dos últimos tempos, cerca de 5000 espectadores, teve um excelente desempenho demonstrando boa organização defensiva que só cedeu nos instantes finais da primeira parte.

No recomeço, tentou surpreender e esteve muito perto do golo mas depois os bracarenses fizeram o segundo golo que tornou as coisas mais complicadas e com o decorrer do tempo o desgaste físico acabou por permitir que o adversário chegasse ao 5-0.

- PUB -

Seja como for, uma coisa é certa, este é um dia que vai ficar para sempre na história do Moitense que viveu um momento inesquecível.

Oriental Dragon só caiu no prolongamento

- PUB -

 

O Oriental Dragon entrou sem medo, depois a equipa de Moreira de Cónegos começou a ganhar ascendente e dispôs de várias oportunidades, mas quem marcou primeiro foi a equipa comandada por Luís Manuel, aos 29 minutos, por João Bandeira, na recarga a uma bola afastada pela defensiva do Moreirense, na sequência de um pontapé de canto. E foi com o resultado de 1-0 que as equipas foram para o intervalo.

O Moreirense entrou bem na segunda parte e chegou ao empate aos 48 minutos com um golo de Gonçalo Franco, que finalizou com êxito um ataque rápido conduzido por Yan Matheus. E, aos 60 minutos consumou a reviravolta no marcador desta vez com um golo de Rafael Martins.

O Oriental Dragon não baixou os braços. Luís Manuel mexeu na equipa e pouco depois surgiu o empate. Marcelo Santos surgiu na direita, cruzou rasteiro para o primeiro poste e Filipe Gaspar no momento certo atirou para o fundo da baliza adversária, fazendo o 2-2, aos 75 minutos.

Já em tempo de compensação (90+2’) Paulinho tem uma entrada fora de tempo sobre João Bandeira e o árbitro mostra-lhe o cartão vermelho directo, passando o Moreirense a jogar apenas com 10 unidades.

No prolongamento a primeira oportunidade pertenceu ao Oriental Dragon por João Bandeira que esteve perto de marcar (97’) mas o remate, com a baliza deserta, saiu ligeiramente ao lado. Não marcou o Oriental Dragon, marcou o Moreirense, aos 112 minutos por André Luís, que carimbou a vitória e assegurou a passagem à próxima eliminatória.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Dirigir o Vitória Futebol Clube no feminino: as mulheres nos actuais órgãos sociais do clube sadino

Sara Ribeiro, Ana Cruz, Dulce Soeiro e Helena Parreira partilham as suas vivências no clube, cujo regresso à I Liga tanto anseiam   Quando questionadas sobre...

António Costa anuncia que Portugal vai pedir à União Europeia que Península de Setúbal passe a ser uma NUT II

O primeiro-ministro diz que a Península de Setúbal está a ser fortemente penalizada por estar integrada na estrutura nominal da AML  

Volkswagen anuncia novo investimento de 500 milhões na Autoeuropa nos próximos cinco anos

Valor vai ser aplicado "em produto, equipamento e infra-estruturas", explicou Alexander Seitz
- PUB -