26 Outubro 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Desporto Vitorianos anseiam por regresso ao Bonfim no duelo da Taça de Portugal...

Vitorianos anseiam por regresso ao Bonfim no duelo da Taça de Portugal com Vizela

Depois da goleada ao Oliveira do Hospital a 28 de Agosto

Jogo com equipa da I Liga será às 14 horas de 17 de Outubro

 

- PUB -

Depois de ter sido adiado o jogo da 5.ª jornada da Liga 3 entre o Vitória FC e o U. Santarém, que estava agendado para o passado sábado no Bonfim, os adeptos sadinos só vão agora poder ver a sua equipa a actuar a 17 de Outubro, dia em que defrontam no seu estádio o Vizela, da I Liga, em partida da 3.ª eliminatória da Taça de Portugal, confronto que está a gerar muita expectativa nos vitorianos que vão ter um interregno de mais de mês e meio sem ver a sua equipa jogar em Setúbal.

Recorde-se que o adiamento do duelo com os ribatejanos se deveu ao falecimento na quinta-feira de Soraia Semedo, mulher do capitão José Semedo, no Hospital Curry Cabral, em Lisboa, onde esteve internada devido a problemas de saúde. Sensibilizados pela tragédia, a Federação Portuguesa de Futebol e o U. Santarém acederam a reagendar a partida para 14 de Novembro.

Antes disso, mas mais de mês e meio depois de terem assistido ao último encontro em Setúbal, que decorreu a 28 de Agosto diante do Oliveira do Hospital (triunfo por 5-2), os vitorianos vai defrontar o Vizela, que segue no meio da tabela da I Liga com oito pontos conquistados e oito jornadas, na prova rainha, a partir das 14 horas, de 17 de Outubro.

- PUB -

Apesar de serem adversários que militam em escalões diferentes, o embate entre setubalenses e vizelense é um dos que suscita maior curiosidade na ronda em que participam pela primeira vez emblemas do escalão principal. Por esse motivo, este será um dos 11 jogos que vão ter transmissão televisiva no Canal 11.

 

José Semedo recebe apoio de Inglaterra

- PUB -

 

O falecimento de Soraia Semedo, esposa do médio do Vitória que foi no sábado velada na Damaia (Amadora) e cremada ontem de manhã em Barcarena, gerou uma onda de solidariedade por parte dos clubes, jogadores e instituições que afectas ao mundo do futebol. A homenagem pública mais marcante terá sido a que foi feita anteontem pelos adeptos ingleses do Sheffield Wednesday, clube que José Semedo representou entre 2011/12e 2916/17.

Ao sexto minuto (em alusão ao número da camisola usado pelo médio no clube nas seis temporadas em Sheffield) do jogo da League One (terceiro escalão do futebol em Inglaterra) os milhares de adeptos que assistiam à partida entre a sua equipa em Oxford United em Hillsborough entoaram cânticos de apoio ao setubalense de 36 anos de idade.

Acompanhado da mensagem “The Wednesday proudly are with you, José” (O Wednesday está orgulhosamente contigo, José) no écrã gigante de Hillsborough com a imagem de Semedo, os espectadores presentes aderiram à iniciativa, transmitindo força e ânimo ao seu antigo futebolista na partida que os anfitriões perderam por 1-2.

 

Recintos deixam de ter limitação de público

 

Entretanto, há novidades em realização à lotação dos recintos desportivos em Portugal. Depois de um período em que as restrições, devido à pandemia da Covid-19, eram apertadas e impediam que os estádios e pavilhões tivessem as suas lotações limitadas, uma norma da Direcção-Geral da Saúde (DGS) actualizada na quinta-feira anuncia o fim das restrições de público.

Recorde-se que no caso Vitória a medida que estava em vigor impossibilitou, por exemplo que muitos adeptos seus marcassem presença no último jogo que realizaram na Liga 3 frente ao Sporting B, no passado dia 19 de Setembro, ma vez que a lotação do Estádio Aurélio Pereira, na Academia de Alcochete, viu a sua lotação de menos de 1200 espectadores, reduzida nessa altura a metade por força das restrições implementadas.

A novidade foi dada pela DGS, que mantém a obrigatoriedade de uso de máscara e apresentação, à entrada dos recintos, de teste negativo à Covid-19 ou certificado digital de vacinação. “A ocupação dos lugares sentados pode ser em conformidade com a capacidade total licenciada do recinto”.

Depois de as competições terem sido retomadas sem público, os recintos desportivos passaram a poder acolher um terço da capacidade em 14 de Junho e metade em 26 de Agosto – data da última actualização da orientação da DGS 009/2021. Recorde-se que no passado dia 24 de Setembro, a Federação Portuguesa de Futebol solicitou à DGS o levantamento das limitações em relação à lotação dos recintos desportivos, com efeitos já em Outubro.

Primeira derrota com Águas de Moura

 

A contar para a 3.ª jornada da 1.ª Divisão da Associação de Futebol de Setúbal, o Vitória sofreu no sábado o primeiro desaire na prova diante do Águas de Moura, por 2-3. No campo Vítor Baptista, em Setúbal, os golos apontados por Melo e Eva foram insuficientes para impedir que o conjunto comandado por Paulo Martins levasse a melhor sobre o Águas de Moura, que teve em Rosário (bisou) e Aroeira os marcadores de serviço.

No andebol, os vitorianos também não conseguiram sair vencedores da deslocação a São João da Madeira. No pavilhão das Travessas, os sadinos baquearam por 30-27 na partida da 3.ª jornada do Campeonato Placard Andebol 1. Na próxima quarta-feira, o Vitória defronta no pavilhão Antoine Velge, já sem restrições de público, o FC Porto.

Melhor desfecho teve a equipa de futsal que, contar para o Campeonato Nacional da III Divisão, venceu na estreia da prova a Casa do Benfica de Quarteira, por 9-2.

 

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Leonor Amado foi encontrada viva hoje de manhã caída num penhasco em Palmela

A idossa foi socorrida pelos Bombeiros de Palmela, tendo sido levada para os Hospital de S. Bernardo, em Setúbal, de onde teve alta ainda hoje cerca das 20h00

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Superpolícias da esquadra do Montijo sagram-se campeões europeus de jiu-jitsu

Ouro de José Peres e João Pavia soma a méritos profissionais: um já salvou uma vida humana; o outro efectou detenções fora de serviço
- PUB -