19 Maio 2022, Quinta-feira
- PUB -
InícioDesportoMoitense: “Não pensamos somente na manutenção, queremos algo mais”

Moitense: “Não pensamos somente na manutenção, queremos algo mais”

Treinador David Nogueira alerta entretanto para o facto de esta época não ter nada a ver com a anterior.

 

- PUB -

Depois de ter garantido a qualificação para a terceira eliminatória da Taça de Portugal, o União Futebol Clube Moitense prepara-se agora para o regresso ao Campeonato Distrital da 1.ª Divisão que vai acontecer já este sábado, no Campo Rocha Lobo, frente ao Monte de Caparica.

A equipa da Moita, que viu o jogo com o Trafaria ser adiado devido à sua participação na Taça de Portugal, vai fazer agora a segunda partida no campeonato e o objectivo passa pela conquista da vitória, como aconteceu na recepção ao FC Setúbal, porque os objectivos estão bem definidos.

“As nossas perspectivas para esta época são fazer o melhor possível em termos classificativos, tirando da ideia de objectivos que no passado eram uma realidade. Isto é, não pensamos somente na manutenção, queremos algo mais”, referiu a propósito o treinador David Nogueira que alertou também para outros pormenores que poderão dificultar a tarefa.

- PUB -

“Temos a noção que esta época não terá nada a ver com a época anterior porque teremos o triplo dos jogos e vamos apanhar campos e equipas completamente diferentes. Teremos que ser mais regulares para podermos fazer uma época positiva e alcançarmos de facto os nossos objectivos”, realçou o técnico do Moitense que como acontece com os seus adversários vai ser obrigado a fazer três jogos no espaço de oito dias, por força do calendário e do grande número de jornadas pelo simples facto do campeonato ser disputado por 20 clubes.

Neste sábado, dia 2 de Outubro joga no Monte de Caparica; na terça-feira, dia 5 de Outubro, feriado nacional, recebe o Seixal no Juncal Desportos; e, no dia 10 de Outubro (domingo) desloca-se a Sines para defrontar o Vasco da Gama, no estádio municipal.

Comentários

José Pina
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta
- PUB -