26 Outubro 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Desporto Vitória defronta Vizela no regresso aos duelos de primeira no Bonfim

Vitória defronta Vizela no regresso aos duelos de primeira no Bonfim

Sorteio da Taça de Portugal traz adversários da I Liga a trio da região

Oriental Dragon-Moreirense e Moitense-Braga são os outros jogos

 

- PUB -

O Estádio do Bonfim vai na 3.ª eliminatória da Taça de Portugal voltar a possibilitar que os adeptos do Vitória FC assistam a um duelo com um clube da I Liga. O sorteio realizado esta quarta-feira ditou que o Vizela, actual 11.º classificado do escalão principal, se desloque a Setúbal no fim-de-semana de 16/17 de Outubro para medir forças com os sadinos, que ocupam a 3.ª posição da Liga 3.

Além dos vitorianos, Oriental Dragon (Liga 3), e Moitense (1.ª divisão distrital da AF Setúbal) são os outros clubes da região ainda em prova e ambos vão também ter pela frente oponentes da I Liga, respectivamente, o Moreirense e Sp. Braga. O Oriental Dragon, que na ronda anterior afastou no desempate através de grandes penalidades o Loures por 9-10, após uma igualdade (2-2) nos 120 minutos, vai jogar com os cónegos, actual 14.º lugar da I Liga.

Mais especial ainda será o jogo do Moitense, um dos três clubes das provas distritais ainda em competição. Depois de eliminarem o Ançã, por 2-1, o conjunto da Margem Sul do Tejo foi premiado com a visita do Sp. Braga, 5.º classificado da I Liga e actual detentor da Taça de Portugal. Apesar de o trio da região ter pela frente oponentes do escalão principal, todos acalentam o sonhe de ser ‘tomba-gigantes’ na 3.ª eliminatória da prova rainha.

- PUB -

Recorde-se que da eliminatória anterior transitaram 46 clubes: 18 da I Liga, 15 da II Liga, 12 militam na Liga 3, 16 no Campeonato de Portugal e três dos Campeonatos Distritais, perfazendo um total de 64 clubes que estiveram representados no sorteio em que Fernando Tomé, antiga glória do Vitória, foi o homem responsável por selecionar a sorte de cada um dos clubes participantes.

 

Foco total no duelo de sábado do campeonato

- PUB -

 

Entretanto, o treinador Toni Pereira, que celebrou segunda-feira o seu 65.º aniversário, continuou esta quarta-feira a preparar a estratégia a colocar em prática no sábado, dia em que os sadinos, a partir das 19:30 horas, defrontam o U. Santarém, em jogo da quinta jornada da Liga 3. A recepção ao conjunto ribatejano acontece mais de um mês depois de a equipa ter actuado pela última vez no Bonfim.

Tal como fizeram a 28 de Agosto, quando golearam (5-2) o Oliveira do Hospital, os verdes e brancos têm como objectivo voltar a conquistar os três pontos. Refira-se que depois da partida no Bonfim com os beirões, os setubalenses somaram por vitória os outros duelos travados, ambos fora de casa: 0-1 com o Sporting B, a contar para a 4.ª ronda do campeonato, e 0-2 com o Vianense, em jogo da segunda eliminatória da Taça de Portugal.

Frente ao U. Santarém há expectativa de perceber se algum dos capitães de equipa – Nuno Pinto, José Semedo e Zequinha – que não jogaram no encontro da Taça de Portugal vão voltar a dar o contributo à equipa. Se no caso de Nuno Pinto, defesa que esteve no banco em Viana do Castelo, e José Semedo, médio que não integrou a convocatória no Minho, os seus regressos são prováveis, a expectativa maior reside em torno do avançado Zequinha, que não foi opção nos últimos dois jogos oficiais.

Todas as dúvidas serão dissipadas já próximo da hora do jogo, altura em que o treinador Toni Pereira já terá revelado o onze inicial para o confronto com os escalabitanos, que ocupam a nona posição da Liga 3 com três pontos em quatro jornadas. Já os vitorianos seguem na terceira posição com nove pontos amealhados, menos um que os líderes U. Leiria e Torreense.

 

Academia de formação de andebol homenageia Manuel Manita

 

De forma a homenagear uma figura incontornável nos quase 111 anos de história do clube, neste caso concreto do andebol, o Vitória anunciou que a Academia de formação da modalidade foi baptizada com o nome de Manuel Manita. “Sendo Manuel Manita uma figura ímpar do andebol sadino e nacional, a Secção de Andebol do Vitória Futebol Clube decidiu atribuir o seu nome à nossa academia de formação andebolística”.

A justificação foi dada pelo clube numa publicação que reforça as razões pelas quais foi agora criada a Academia de Andebol Manuel Manita, que foi recentemente homenageado pelos responsáveis pela modalidade. “No dia 25 de Setembro, por ocasião do aniversário de Manuel Manita, e durante o intervalo do jogo de andebol, entregámos uma lembrança aos seus familiares cuja presença muito nos honrou”.

Ainda sobre este assunto, os sadinos frisam a importância de perpetuar os ensinamentos do histórico treinador. “Mantendo presente, e tendo como principal objectivo, a formação do jovem atleta enquanto indivíduo, colocamos sempre em primeiro lugar a formação pessoal e social enquanto cidadão e o desenvolvimento do espírito de grupo e de fair-play. Nesse sentido, a Academia de Andebol Manuel Manita irá desenvolver um conjunto de parcerias e actividades com a sociedade civil direccionadas aos seus atletas, pais e encarregados de educação. Estamos certos de que este é o caminho, por isso, contamos com todos”, finaliza a nota emitida pelo clube.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Leonor Amado foi encontrada viva hoje de manhã caída num penhasco em Palmela

A idossa foi socorrida pelos Bombeiros de Palmela, tendo sido levada para os Hospital de S. Bernardo, em Setúbal, de onde teve alta ainda hoje cerca das 20h00

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Superpolícias da esquadra do Montijo sagram-se campeões europeus de jiu-jitsu

Ouro de José Peres e João Pavia soma a méritos profissionais: um já salvou uma vida humana; o outro efectou detenções fora de serviço
- PUB -