26 Outubro 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Desporto GDR Verderena: “O crescimento tem sido grande e o trabalho tem vindo...

GDR Verderena: “O crescimento tem sido grande e o trabalho tem vindo a ser reconhecido”

O clube esteve muito perto de fechar as portas mas recuperou e hoje vive sem problemas. Em termos desportivos o grande destaque vai para o atletismo

 

- PUB -

O Grupo Desportivo da Verderena comemorou ontem, dia 3 de Agosto, o seu 26.º aniversário, tendo para o efeito promovido algumas actividades no Polidesportivo da Escola n.º 7, do Barreiro.

Durante o evento foram feitas demonstrações de fitness mix, pilates e ainda de atletismo.

Depois das boas vindas aos convidados dadas pelo presidente da Assembleia Geral, Mário Moura, seguiu-se a entrega de diplomas aos atletas e algumas intervenções da direcção e convidados. A festa terminou com um moscatel de honra e bolo de aniversário.

- PUB -

Vítor Amorim Correia, presidente da direcção desde 2012, adiantou ao SETUBALENSE que o clube ao longo dos tampos tem passado por boas fases mas também por algumas dificuldades, entretanto ultrapassadas.

Fundado em 1995, o clube teve origem no café Piratão. Dois anos depois foram eleitos pela primeira vez os órgãos sociais e em 1998 a sede passou para a rua Joaquim Miquelino da Silva.

Mais tarde, em Abril de 2001, foi aprovada em Assembleia Geral a alteração do nome do clube para Grupo Desportivo e Recreativo da Verderena.

- PUB -

“O Piratão tinha feito um grande trabalho no atletismo popular, na malha e na pesca mas, mais tarde, já como Grupo Desportivo e Recreativo da Verderena, começaram a surgir dificuldades devido a problemas de gestão e o clube esteve mesmo para fechar”, conta Vítor Amorim Correia que assumiu a presidência em 2012.

“Na altura em que entrei para os órgãos sociais havia um passivo muito grande e tivemos que desenvolver uma luta muito grande para procedermos à desejada recuperação, mas conseguimos. Em 2013 fizemos um contrato de arrendamento da loja situada na rua Armindo de Almeida e voltámos ao espaço onde havíamos nascido (Piratão). Mais tarde, em 2015, fizemos um protocolo com a Câmara Municipal do Barreiro que nos cedeu o espaço na Praceta D. Duarte, onde existe actualmente a nossa sede, passando a anterior a funcionar como espaço recreativo e bar. E estabelecemos também outro protocolo com a Junta de Freguesia que foi fundamental para a cedência do polidesportivo da escola n.º 7 que permitiu a recuperação das actividades desportivas que tinham sido suspensas”.

Continuando, o presidente do clube, adiantou que “depois surgiu novamente o atletismo e a partir de 2015 tem sido um crescendo de actividades e resultados. Entrámos no ‘Circuito do Barreiro’, filiamo-nos na Associação de Atletismo de Setúbal, fomos crescendo e de então para cá temos conquistado vários títulos regionais e muitos pódios, em todos os escalões. Este ano alcançámos o 34.º lugar absoluto a nível nacional, o 3.º lugar em veteranos e o 3.º lugar absoluto a nível regional. O ano passado tivemos um atleta que se sagrou campeão nacional de juniores em marcha, nos 10 mil metros e este ano pela primeira vez tivemos uma atleta nos Campeonatos de Portugal que ficou em 9.º lugar. O crescimento tem sido muito grande e o nosso trabalho tem vindo a ser reconhecido pelos órgãos autárquicos e pela AA Setúbal”.

Em relação ao futuro, Vítor Amorim Correia diz que as perspectivas apontam para que o clube “continue a crescer” e referiu que um dos seus grandes anseios é a implementação de “um ginásio para proporcionar melhores condições aos atletas”, e, a curto prazo, talvez já para o ano, a criação de um “museu virtual”, que será um dos primeiros a acontecer no Barreiro.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Leonor Amado foi encontrada viva hoje de manhã caída num penhasco em Palmela

A idossa foi socorrida pelos Bombeiros de Palmela, tendo sido levada para os Hospital de S. Bernardo, em Setúbal, de onde teve alta ainda hoje cerca das 20h00

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Superpolícias da esquadra do Montijo sagram-se campeões europeus de jiu-jitsu

Ouro de José Peres e João Pavia soma a méritos profissionais: um já salvou uma vida humana; o outro efectou detenções fora de serviço
- PUB -