- PUB -
Início Desporto Vitória segura avançado moçambicano Kamo Kamo por mais duas épocas

Vitória segura avançado moçambicano Kamo Kamo por mais duas épocas

Clube sadino anuncia renovação de contrato com jogador de 22 anos

0
210

Apesar de ter falhado a fase final devido a lesão, atacante fez seis golos em 2020/21

- PUB -

 

Kamo Kamo, avançado que chegou a Setúbal há dois anos para alinhar pelos sub-23, renovou por duas temporadas a ligação ao Vitória, clube que oficializou o acordo entre ambas as partes. “O jovem avançado moçambicano Kamo Kamo renovou por duas épocas com o Vitória Futebol Clube, sendo que esta será a sua terceira época de verde e branco”, escreveram os sadinos nas suas redes sociais Facebook e Instagram.

Desde a sua chegada a Portugal, oriundo do Ferroviário de Maputo, as qualidades de Kamo Kamo não passaram despercebidas. Os 12 golos apontados pelos sub-23 na Liga Revelação de 2019/20 foram entendidos como um sinal inequívoco das suas potencialidades. Na época seguinte, o jogador integrou a equipa principal no Campeonato de Portugal, prova em que contribuiu com seis golos para a equipa vencer a Série H e apurar-se para a fase de acesso à II Liga.

Os bons desempenhos no Vitória captaram a atenção dos responsáveis de Moçambique que passaram a chamar Kamo Kamo à Selecção do seu país natal. Ao todo são já 10 as internacionalizações do jovem atleta que contabiliza um golo nas partidas realizadas. Foi precisamente no último dos jogos que fez com camisola moçambicana, no passado mês de Março, que o atacante contraiu uma lesão que o impediu de jogar a pelos sadinos na fase final em que o clube discutiu a subida.

Recuperado da lesão que o afastou na altura, o jovem extremo trabalha agora ao lado dos colegas que treinam às ordens do treinador António Pereira. Segundo informações veiculadas pelo clube, os trabalhos “prosseguem, a bom ritmo e com muita intensidade com vista à preparação da Liga 3”, cujo arranque dos sadinos será dado a 15 de Agosto, no Estádio do Bonfim, diante do Amora FC.

André Sousa ruma ao Nacional mas garante que “ligação ao Enorme vai continuar”

“André Sousa, símbolo incontornável do Vitória, parte rumo a novos desafios, no Nacional da Madeira”. Foi desta forma que o Vitória anunciou a transferência para o Nacional da Madeira do defesa, de 23 anos, que iniciou o seu trajecto nas escolinhas do clube, tendo-o representado durante 12 anos. “Um obrigado não chega pela forma como sempre dignificaste o nosso/teu Vitória. Desejamos-te as maiores felicidades”, escreveram os sadinos nas suas redes sociais.

Igualmente emocionantes foram as palavras de despedida de André Sousa, filho do antigo capitão e treinador dos vitorianos Hélio Sousa. “Hoje chegou a hora de abraçar outro projecto.
Mas a ligação ao Enorme vai continuar porque foram 12 anos com o início nas escolinhas, passando pela formação, até chegar a profissional. Sempre a honrar o meu emblema de coração. Estes quatro anos como profissional a representar o Vitória, foram um orgulho, um sonho tornado realidade… aprendi bastante e conheci pessoas fantásticas. Obrigado por tudo! O Vitória não grande é Enorme”.

O jogador, que pode actuar como defesa ou médio esquerdo, é internacional pelas camadas jovens de Portugal, em que conta com três internacionalizações pelos sub-18, cinco nos sub-19 e sete nos sub-20. A ligação do atleta ao emblema madeirense, da II Liga, é válida por três temporadas. Além de André Sousa, os defesas centrais João Serrão (UD Oliveirense) e Marcos Raposo (V. Guimarães B) também deixaram o Bonfim.

Câmara doa terreno ao clube na freguesia do Sado

“A Câmara Municipal de Setúbal deliberou anteontem, em reunião pública, a doação ao Vitória FC de uma parcela de terreno localizada na Quinta do Meio, na freguesia do Sado, como forma de apoio a esta instituição desportiva”, anunciou a autarquia que fundamenta a deliberação tomada. “Este apoio, solicitado ao município pelo Vitória FC, é concretizado por forma a contribuir para a sua recuperação e continuidade da promoção de actividades desportivas, de reconhecido serviço de grande interesse da população”.

A parcela doada ao Vitória, com uma área de 13.500 metros quadrados e cujos “terrenos se encontram baldios e sem qualquer utilização”, indica a deliberação, é destinada a construção e apresenta o valor de mercado de perto de 350 mil euros, após avaliação, a 15 de julho, pela Comissão Municipal de Avaliação de Imóveis.

O terreno é confrontado com a Rua das Conchas, a norte, com a Rua Carmelindo Elias, a sul, com as traseiras de um aglomerado de edifícios existentes na Rua da Areia, a poente, e com um conjunto de parcelas de terrenos sem qualquer construção edificada, a nascente. A doação desta parcela de terreno resulta da desanexação de um terreno da Câmara Municipal de Setúbal, localizado na Quinta do Meio, descrito na 2.ª Conservatória do Registo Predial de Setúbal, sob o número 522 da freguesia de São Sebastião.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui