4 Agosto 2021, Quarta-feira
- PUB -
Início Desporto Prioridade máxima à contratação do novo treinador do Vitória FC

Prioridade máxima à contratação do novo treinador do Vitória FC

SAD conta apresentar sucessor de Alexandre Santana nas próximas horas

Objectivo é arrancar nova época no Estádio do Bonfim ainda esta semana

 

- PUB -

O Vitória Futebol Clube pretende anunciar nas próximas horas o novo treinador da equipa principal de futebol. Depois de na quinta-feira o clube ter anunciado que Alexandre Santanta, técnico que comandou os destinos do clube na temporada transacta no Campeonato de Portugal, não iria continuar em funções, a administração da SAD setubalense procura encerrar o dossier treinador o mais rápido possível.

A questão do novo timoneiro dos sadinos ganha relevo no Bonfim porque vai permitir preparar mais atempadamente a equipa nas semanas que antecedem o arranque oficial da Liga 3, previsto para meados do mês de Agosto. A menos de mês e meio do arranque oficial da prova urge definir quem será o homem do leme encarregado da missão de subir o Vitória à II Liga em Portugal.

Numa altura em que vários nomes têm sido apontados como possíveis para o cargo, a realidade é que, à hora do fecho da presente edição, não há fumo branco. A única certeza que existe para já sobre o futuro treinador, matéria que tem por estes dias alimentado muitas discussões entre os adeptos vitorianos nas redes sociais, é o perfil que foi apontado por Hugo Pinto, novo investidor da SAD, como ideal para orientar a equipa.

- PUB -

“Numa época que será extremamente difícil, vai ser alguém com experiência de ligas profissionais. Procuramos alguém que tenha a capacidade de agarrar na actual equipa e nos nossos jovens e potenciá-los”, disse o empresário de 34 anos na entrevista publicada por O SETUBALENSE na passada semana. Na ocasião, Hugo Pinto reconheceu a importância de arrancar para a nova época já esta semana.

Refira-se que além do ex-treinador Alexandre Santana, o Vitória prescindiu também dos serviços de Tiago Teixeira, que exerceu as funções de director desportivo em 2020/21. Os responsáveis do clube deixaram uma mensagem de reconhecimento a ambos os profissionais. “A Vitória FC SAD agradece o trabalho desenvolvido, ao longo dos últimos anos de colaboração”, escreveram sobre Alexandre Santana.

Sobre Tiago Teixeira o teor da mensagem foi Idêntica. “A Vitória FC SAD agradece ao Tiago Teixeira o trabalho desenvolvido durante o período de colaboração mútua”. Em ambos os casos, os dirigentes deixam a porta aberta a uma futura colaboração. “Não sendo uma mensagem de despedida, mas de agradecimento, o Vitória Futebol Clube SAD deseja as maiores venturas – a Alexandre Santana e Tiago Teixeira – para o seu futuro profissional e pessoal”.

- PUB -

O SETUBALENSE sabe que no caso do treinador e da respectiva equipa técnica, a desvinculação foi uma surpresa, uma vez que dias antes de lhe ser comunicada (passada quarta-feira) a decisão de que não iria continuar como homem do leme sadino, Alexandre Santana tinha reunido com o empresário Hugo Pinto, cujos negócios estão ligados ao ramo imobiliário e hoteleiro [grupo Four Points by Sheraton que tem unidade hoteleiras em Sesimbra e Lagos, por exemplo].

A acompanhar Hugo Pinto na administração da SAD vão estar Carlos Silva, presidente do clube desde Dezembro de 2020, e o antigo atleta olímpico Francis Obikwelu, que terá a missão de estar mais próximo da equipa sénior de futebol que tem como objectivo ascender esta época à II Liga. “Será a pessoa que vai estar com a equipa principal, vai ser um aditivo de força e motivação. Dispensa apresentações, é um campeão por natureza e vai mostrá-lo”, explicou Hugo Pinto.

Modalidades Vitória promoveu futsal inclusivo

Depois de garantir no domingo a subida à 3.ª Divisão Nacional, a equipa de futsal masculina do Vitória participou numa iniciativa que merece ser realçada, apesar de já terem passado alguns dias sobre a realização da mesma.

Juntamente com a equipa feminina do clube, os campeões sadinos juntaram-se no Pavilhão Municipal Antoine Velge para um Encontro que teve também como protagonistas vários atletas de futsal adaptado do União Desportivo para a Inclusão (UDI).

Segundo o texto publicado pelo Vitória nas redes sociais, o Convívio surgiu na sequência da parceira entre a UDI e o futsal dos sadinos, após a criação da equipa feminina. “Aquando da criação da equipa de Futsal Feminino, oito elementos que representam a UDI integraram a equipa sénior feminina, e estabeleceu-se, ainda, a possibilidade de integrar utentes da APPACDM (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental) no Projecto da Secção de futsal”, lê-se no texto.

Segundo os promotores, os grandes objetivos desta vertente do Projeto do Futsal do Vitória são: “Promover e divulgar o desporto como forma de competição e inclusão social; valorizar e dignificar as pessoas com deficiência, no sentido da alteração de atitudes/mentalidades e dar uma oportunidade real para que todas as pessoas possam praticar desporto”.

Ricardo Lopes
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Chega apresenta candidatos a Setúbal com vontade de fazer história

Cláudio Fonseca, negro e oriundo da Bela Vista, é cabeça-de-lista à Freguesia de São Sebastião. "Prova que no Chega não há racismo"

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -