1 Agosto 2021, Domingo
- PUB -
Início Desporto Pedro Ribeiro é campeão nacional de Pesca de Mar em surfcasting

Pedro Ribeiro é campeão nacional de Pesca de Mar em surfcasting

Aos quatro títulos nacionais e um de campeão do mundo, por clubes, junta-se agora um título nacional a nível individual

 

- PUB -

Pedro Ribeiro, atleta do Clube de Amadores de Pesca de Setúbal, sagrou-se Campeão Nacional de Pesca de Mar, na modalidade de surfcasting. O título foi conquistado no Campeonato Nacional da 1.ª Divisão disputado no início deste mês de Junho, na Praia das Areias Brancas, em Santo André, no concelho de Santiago do Cacém.

Para além do brilharete conseguido por Pedro Ribeiro há também a registar o terceiro lugar do pódio alcançado por António Silva, igualmente do Clube de Amadores de Pesca de Setúbal, que no seu palmarés conta também com um título de Campeão do Mundo (2010) e quatro títulos de Campeão Nacional conquistados em 2000, 2007, 2009 e 2020.

Para António Marques, presidente da direcção, esta conquista é muito importante porque “é o título máximo individual na pesca de surfcasting em Portugal. A Federação Portuguesa de Pesca Desportiva tem 22 modalidades e esta é uma das mais representativas porque tem mais de 70 clubes e 770 praticantes. Portanto, ganhar um título nacional com tantos praticantes no país é uma coisa bastante significativa”, começou por dizer.

- PUB -

O dirigente fez também questão de salientar que o resultado agora obtido por estes dois atletas tem um significado muito grande para o clube, que se dedica a este tipo de pesca desde 1998 e tem um palmarés muito enriquecedor.

“Ao longo destes 23 anos, a nível de clubes, já ganhámos quatro vezes o campeonato nacional e uma vez o campeonato do mundo, na Manta Rota (Algarve) em 2010, para além de outras classificações bastante honrosas, como é o caso de um segundo lugar no campeonato do mundo e um segundo lugar no campeonato nacional. Entre 2007 e 2011 tivemos o nosso período áureo, em que ganhámos quase tudo, três campeonatos nacionais e um campeonato do mundo. Agora, ganhámos o campeonato nacional a nível individual, coisa que nunca tínhamos conseguido, embora já tivéssemos obtido um segundo e um terceiro lugar”.

António Marques considera que o Clube de Amadores de Pesca de Setúbal é um dos mais cotados a nível nacional. “Se tivéssemos que fazer um ranking nacional dos melhores clubes em Portugal, há dois que se têm distinguido, o Clube de Amadores de Pesca de Faro e o nosso, somos talvez os dois com mais títulos conquistados”. Para isso muito tem contribuído a dedicação dos atletas, adianta o presidente do clube, “como éramos o único clube da cidade que fazia surfcasting, conseguimos reunir os melhores que por cá se têm mantido devido à amizade e união de grupo que existe. Tem sido esta a razão por que conquistámos tantos títulos nestes 23 anos”.

- PUB -

O clube existe desde 1957 mas só a partir de 1998 começou a fazer pesca de mar, em surfcasting, até lá dedicava-se apenas à prática da pesca desportiva de rio. Mas o que terá estado na génese da sua fundação, António Marques explica: “o clube foi fundado em 1957 na sequência de alguns desentendimentos entre a secção de pesca do Vitória Futebol Clube e a direcção dos vitorianos. Os pescadores descontentes com a situação resolveram então fundar outro clube, o Clube de Amadores de Pesca de Setúbal”.

Sendo esta uma modalidade que não gera receitas é natural que existam algumas dificuldades de ordem económica, ficando os atletas também obrigados a colaborar neste aspecto.

“No campeonato de clubes, o clube paga as despesas com inscrições, alojamento, transportes e isco, mas quando os pescadores participam a nível individual são eles que pagam porque o clube não tem possibilidade de o fazer. Temos um pequeno apoio de uma marca que nos patrocina, da Secil através de um subsídio que atribui anualmente a todos os clubes, da Câmara Municipal de Setúbal através da matriz de apoio ao desenvolvimento desportivo e da União de Freguesias que também nos dá um pequeno subsídio anual. Depois fazemos actividades de pesca nomeadamente opens com atletas que vêm de todo o país para conseguimos mais algumas verbas para desenvolver a nossa actividade”, referiu o presidente da direcção António Marques.

- PUB -

Mais populares

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

“Quero fazer esta época o jogo de despedida para depois assumir o cargo de treinador”

“Não me ofereço aos clubes e não peço favores a ninguém, se tiver que treinar será onde me queiram e onde acreditem em mim”, refere Paulo Catarino

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -