22 Janeiro 2022, Sábado
- PUB -
InícioDesporto“O Amora vai tornar-se num dos maiores clubes do distrito de setúbal”

“O Amora vai tornar-se num dos maiores clubes do distrito de setúbal”

Depois do centro de treinos, as perspectivas estão agora concentradas na construção do novo Estádio Municipal da Medideira

- PUB -

 

“Com este equipamento e com o futuro Estádio da Medideira o Amora vai tornar-se num dos maiores clubes do distrito de Setúbal, senão mesmo o maior”, disse Carlos Henriques, presidente do Amora Futebol Clube, na inauguração oficial do Centro de Treinos do Serrado que teve lugar no dia 1 de Maio, Dia do Trabalhador, no âmbito das comemorações do centenário do clube.

Construído em terreno cedido pela Câmara Municipal do Seixal, com um custo de 2,5 milhões de euros e idealizado pelo arquitecto José Pequeno, o novo espaço desportivo dos amorenses, enquadrado no Parque do Serrado, é composto por um campo de futebol com relva sintética de última geração, iluminação homologada para jogos nocturnos, novos balneários e bancadas cobertas com capacidade para mil lugares, além das instalações de apoio que vão potenciar a continuidade da aposta na formação de crianças e jovens atletas.

- PUB -

“Estamos a inaugurar um espaço que, pela sua imponência e grandiosidade, é uma obra de excelência e de extrema importância para o futuro do Amora, assim como vai ser o Estádio da Medideira pelo desenvolvimento que irá proporcionar em toda aquela zona”, referiu também o presidente do clube que continua a crescer. “Estamos a atingir os 600 atletas, temos cinco equipas femininas, 19 masculinas, 1 600 associados e somos a único clube do concelho com equipas (5) nos nacionais de futebol”, fez questão de salientar.

As festividades comemorativas do centenário tiveram início logo pela manhã com o hastear da bandeira no Estádio da Medideira, prosseguiram com uma romagem ao cemitério e um desfile motard pelas ruas da cidade, foram também apresentados dois livros sobre a história do clube, inauguradas exposições, um jogo e futebol feminino entre o Amora e o Benfica, entrega de emblemas aos sócios com 25, 50 e 75 anos de filiação clubística.

A banda da Sociedade Filarmónica Operária Amorense, que é a madrinha do clube, deu as boas vindas aos convidados que participaram depois na sessão solene, nomeadamente, a Joaquim Santos, presidente da Câmara Municipal do Seixal e respectiva vereação; Alfredo Monteiro, presidente da Assembleia Municipal; Manuel Araújo, presidente da Junta de Freguesia de Amora; Francisco Cardoso, presidente da AF Setúbal; José Couceiro, vice-presidente da FPF; e padre Pedro Cerantola, sócio do clube há 50 anos, que fez a bênção do espaço.

- PUB -

Momento Protocolar

No momento protocolar, Paulo Silva, presidente da comissão do centenário e da Assembleia Geral, agradeceu aos fundadores do clube e aos dirigentes que o serviram ao longo dos anos porque “todos eles contribuíram para o seu engrandecimento”.

Saudou ainda o sócio n.º 1 “pela sua resiliência” e deixou também um agradecimento à Junta de Freguesa por todo o apoio que tem dado, ultimamente “na edição de um livro, na aquisição do equipamento de som para o centro de treinos e no pagamento de todos os testes [covid] aos atletas da formação”.

Deixou também um agradecimento à Câmara Municipal do Seixal “por ter possibilitado a construção desta magnifica infra-estrutura”, ao arquitecto José Pequeno que “a idealizou” e ao presidente Carlos Henriques que “por tudo o que tem feito merece ser o presidente do centenário”.

Para Francisco Cardoso, presidente da Associação de Futebol de Setúbal, que ofereceu uma placa comemorativa ao clube “o Amora não é só uma referência a nível distrital mas também a nível nacional, em função da sua dimensão e com o projecto do futebol feminino alavancou ainda mais a sua história. É um orgulho para a AF Setúbal ter um clube com esta dimensão”.

Sonhos que se tornam realidade

O presidente da Junta de Freguesia, Manuel Araújo, deixou bem vincado que “o futuro do Amora está bem espelhado no presente, neste equipamento e naquilo que vai ser o futuro Estádio da Medideira que, aliado a outros equipamentos desportivos que já estão no terreno, vai trazer uma nova fase de desenvolvimento à sua volta e em especial à frente ribeirinha que tem um potencial enorme e que começa a despertar o interesse de alguns investidores”.

Joaquim Santos, presidente da Câmara Municipal do Seixal, depois de dar os parabéns ao clube saudou “todos aqueles que contribuíram para este sonho” e salientou que “aqui no nosso município os sonhos tornam-se realidade. Foi feito tudo com muito trabalho e com muita luta, mas também este clube foi fundado num dia de luta. Agora, queremos avançar com o Estádio Municipal da Medideira mas neste momento existem dois obstáculos, o primeiro tem a ver com a propriedade do estádio que ainda é de um privado e não da Câmara Municipal e o com o projecto que ainda não está totalmente concluído. Assim que houver condições iremos avançar com a construção. Por isso, é com os olhos postos no futuro que celebramos os 100 anos do Amora”.

 

Comentários

José Pina
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Pinhalnovense sem jogadores para jogar fez falta de comparência

A 12.ª jornada do Campeonato de Portugal ficou marcada pela falta de comparência do Pinhalnovense no jogo que deveria disputar em casa com o...

Entrada de luxo dos sadinos foi segredo para vencer U. Santarém e subir ao 2.º lugar

Varela (bisou) e Zequinha fizeram os golos desta quinta-feira no Bonfim

MP acusa médico do Centro Hospitalar de Setúbal de homicídio por negligência em caso de morte de bebé num parto

Os factos ocorreram no dia 06 de Fevereiro de 2018, nos serviços de urgência de obstetrícia e estão relacionados com o parto de um feto morto
- PUB -