8 Dezembro 2021, Quarta-feira
- PUB -
InícioDesporto“Os jogadores foram formidáveis porque não entraram no jogo do adversário”

“Os jogadores foram formidáveis porque não entraram no jogo do adversário”

Na próxima eliminatória já entram os clubes da I Liga mas o treinador não se mostra preocupado com isso. “Não tenho preferência jogaremos com quem nos calhar em sorte”.

 

- PUB -

O Desportivo Fabril é uma das equipas da região que obteve o passaporte para a terceira eliminatória da Taça de Portugal, que a partir de agora vai contar já com a participação dos clubes da I Liga.

 

O adversário era difícil mas a equipa comandada por João Miguel Parreira exibiu-se em bom plano e acabou por sair vitoriosa, mercê dos golos marcados por Adjeil Neves e Ivan Reis.

- PUB -

 

A propósito, o SETUBALENSE esteve à conversa com o treinador que é da opinião que foi um jogo muito competitivo. “A equipa do Sernache tem um conjunto de jogadores bastante interessantes e uma equipa muito agressiva (por vezes em demasia). Nós, felizmente conseguimos manter-nos focados emocionalmente, num jogo muito competente e equilibrado da nossa parte. Vitória justa mas bem difícil”.

 

- PUB -

No final do jogo João Miguel Parreira não escondia a sua satisfação pelo empenho e pela atitude que os seus jogadores mostraram.

“Emocionalmente os jogadores foram formidáveis, conseguiram manter a calma perante um adversário que recorria frequentemente a agressões e estratégias para descontrolar os nossos jogadores. Não foi fácil aguentar a pressão mas estivemos à altura e isso deixou-me orgulhoso. Este foi o ponto-chave para conseguirmos a vitória, não entrámos no jogo adversário, mantivemos as emoções controladas e focados no nosso jogo”.

 

Na próxima eliminatória já participam as equipas da I Liga mas o treinador do Desportivo Fabril não se mostra preocupado com isso. “Não tenho preferência. Vamos competir com quem nos sair em sorte”, refere.

 

No próximo domingo está de volta o campeonato com uma deslocação aos Açores para defrontar o Praiense, que não costuma ser pera-doce. Eis a previsão do técnico,  João Miguel Parreira:

 

Nesta série a equipa que facilitar vai ter imensas dificuldades. Vamos ter que entrar confiantes e com vontade de ter bola, focados em apresentar bom futebol e fazer golos. Esta é a nossa filosofia e jamais mudará, independentemente do adversário. Sabemos que o Praiense é uma equipa forte e candidata aos lugares cimeiros mas vamos aos Açores para competir pelo resultado. Estes jogadores não estão contentes com o que estão a fazer, querem mais, muito mais.

 

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
José Pina
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Caso de gripe das aves detectado em Palmela

A DGAV lembrou que não existem evidências de que a gripe aviária seja transmitida para os humanos através do consumo de alimentos, como carne de aves de capoeira ou ovos

Águas de Moura subiu ao segundo lugar da tabela classificativa

Dos três da frente ninguém conseguiu ganhar e quem tirou partido disso foi a equipa orientada por Gonçalo Cruz que é agora vice-líder da competição.
- PUB -