14 Abril 2024, Domingo
- PUB -
InícioDesportoClubes do litoral alentejano suspendem treinos das suas equipas de futebol

Clubes do litoral alentejano suspendem treinos das suas equipas de futebol

Depois de um atleta do Vasco da Gama ter testado positivo, e de um aumento de casos na região, também o U. Santiago e o Estrela de Santo André suspenderam a actividade.

 

- PUB -

Os clubes do litoral alentejano, preocupados com a situação de pandemia que se instalou na região, suspenderam a sua actividade desportiva, onde se inclui evidentemente os treinos das suas equipas de futebol sénior que se preparavam para os respectivos campeonatos.

 

Depois de um caso positivo detectado num atleta do Vasco da Gama de Sines, infectado fora do clube, que levou à suspensão dos treinos no dia 29 de Agosto, o clube informa que “os jogadores que se encontravam de quarentena, depois de terem testado negativo ao covid19, tiveram alta na passada sexta-feira, 11 de Setembro, e retomaram as suas vidas”.

- PUB -

 

A direcção do clube vascaíno continua em constante comunicação com as entidades de saúde locais e continuará empenhada em garantir todas as medidas de higiene e segurança de todos os que frequentam o estádio municipal de Sines mas “os treinos continuam suspensos aguardando-se por uma evolução favorável da situação na zona”.

 

- PUB -

Em Santiago do Cacém, o União também emitiu uma nota informativa em que dá conta que “devido à evolução exponencial dos casos positivos ao Covid19, no concelho de Santiago do Cacém, decidiu de forma consistente, responsável e em solidariedade com a comunidade local na defesa da Saúde Pública, suspender os treinos da equipa sénior, até que a situação pandémica em Santiago do Cacém esteja mais controlada e favorável para o reinício da actividade”.

 

O clube considera que “neste momento delicado e crítico em que vivemos, a defesa e a protecção da Saúde Pública é o nosso campeonato. Saber jogar, fintar e vencer este adversário, Covid19, é o mais importante para terminarmos em 1.º lugar”.

 

Em perfeitamente sintonia com a direcção está também o treinador Vítor Madeira que deixou nas redes sociais o seguinte comentário:

 

“Numa altura em que a cidade de Santiago do Cacém, enfrenta um jogo difícil contra este invisível adversário, a única forma de ajudar é parar e suspender os treinos do escalão sénior. O futebol é a coisa mais importante das menos importantes das nossas vidas. Voltaremos quando for seguro. Vai ficar tudo bem”.

 

Situação idêntica acontece em Santo André onde o Estrela foi aconselhado pelo Delegado de Saúde, a suspender os treinos durante 14 dias. A direcção do clube refere que “semanalmente, em conjunto com esta entidade de saúde, será avaliado o evoluir da situação” e adianta que na próxima sexta-feira, dia 18, será feito um comunicado com mais informações.

 

O clube realça que não podia ficar indiferente a esta dura realidade e que nesse sentido se encontra encerrado temporariamente para reduzir riscos de exposição e contágio.

José Pina
Jornalista
- PUB -

Mais populares

José Mourinho: “Dá-me prazer que as pessoas conheçam as minhas origens”

Técnico sadino em Setúbal para gravar com a Adidas e “mostrar ao mundo” a cidade onde nasceu e cresceu

Sobrevivente de naufrágio chamou por vítimas agarrado a boia

Buscas por desaparecidos em naufrágio em Troia alargadas amanhã

Passeio de barco termina em tragédia com duas mortes confirmadas e dois desaparecidos

Corpos de menino de 13 anos e de um adulto foram resgatados ontem. Dois outros adultos continuam desaparecidos
- PUB -