30 Novembro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioDesportoPresidente quer Vitória “ressarcido de todos os estragos”

Presidente quer Vitória “ressarcido de todos os estragos” [com vídeo]

Paulo Gomes admitiu rescisões no plantel e quer que o Vitória seja “ressarcido” dos prejuízos da descida. Promete mais informações nos próximos dias

 

- PUB -

A lidar com uma situação “que não desejaria ao pior inimigo”, Paulo Gomes dirigiu-se aos vitorianos através de um vídeo publicado nas redes sociais do Vitória, no qual volta a apontar o dedo à Liga e comenta o momento atual e o que está a ser feito para preparar o clube para o futuro imediato.

“Trabalhámos nas soluções possíveis, tendo em conta o momento atual. Passou por rescindir com jogadores cujo valor era muito alto para o Campeonato de Portugal, tentar manter a identidade com alguns jogadores, definir qual o perfil do atleta que representará o Vitória no CNS, terminar na base com o projeto de sub-23 e integrar grande parte dos atletas na equipa principal e criar uma nova equipa na II Distrital, que jogará com atletas sub-23, juniores e alguns jogadores que por cá passaram e têm muito orgulho em voltar”, explicou o presidente dos sadinos.

Recorde-se que o emblema sadino foi despromovido ao Campeonato de Portugal, com a Liga a chumbar a inscrição nos campeonatos profissionais devido a irregularidades financeiras que terão impedido o cumprimento dos requisitos. A decisão tem sido muito contestada por várias personalidades e não escapa a novas críticas de Paulo Gomes, que voltou a reprovar o desfecho “O Vitória garantiu em campo a manutenção na I Liga e a Liga Portugal decidiu inverter o que conquistamos em campo através de três pressupostos que dizem não estar cumpridos. Esta decisão. Fizemos a nossa defesa, dando provas, tendo como justo-impedimento a realização de uma AG devido à covid-19”, afirmou, defendendo que a decisão foi tomada “com erros graves baseados na forma de decidir e alterações formalmente danosas no licenciamento” e voltando a acusar a entidade de não ser imparcial: “Assistimos na comunicação social a notícias sobre dívidas de outros clubes, onde nunca existiu de parte da Liga um esclarecimento. Esta desigualdade feriu a dignidade de um clube como o Vitória.”

- PUB -

Confiante de que a razão está do lado sadino, o presidente reforçou o pedido feito pela autarquia – que, como O SETUBALENSE noticiou, endereçou uma carta a Pedro Proença -, que apelou à intervenção do presidente da Liga junto do TAD. “Fazemos um apelo a que a Liga responda ao TAD em tempo útil, para que a decisão saia antes do dia 18 e seja reposta a verdade e possamos ser ressarcidos de todos os estragos causados no Vitória, que repentinamente ficou sem receitas e viu-se obrigado a perder ativos pelo valor auferido e pela justa-causa das rescisões nos seus contratos”, afirmou Paulo Gomes, que destaca o trabalho feito pela direção nos últimos dias e defende que uma demissão nesta altura seria prejudicial.

“Abandonar o barco seria bem pior. Este facto é demasiado grave para fazermos de conta que nada aconteceu e estamos a criar soluções para que, durante este mês, possam ser apresentadas e que os sócios as possam validar, independentemente de quem poderá estar à frente dos destinos do clube. Neste momento apenas interessa a estabilidade e é para isso que trabalhamos”, afirmou.

O líder do conjunto setubalense esclareceu ainda que “alguma ausência de comunicação deve-se à dificuldade de sabermos quais as decisões finais” e que começarão agora a ser conhecidas “informações regulares” sobre o processo. “Não desejo ao meu maior inimigo a situação que tivemos de enfrentar – uma época em que as despesas ultrapassam os três milhões de euros à receita, uma pandemia que parou movimentos financeiros e, por fim, esta descida de divisão. O plano desta direção ficou ferido na essência e os factos têm de ser debatidos e legitimados, porque o clube é dos sócios”, acrescentou, afirmando que foi criado um endereço de e-mail para receber as questões dos associados, de modo a “esclarecer enigmas e fake news”.

- PUB -

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Jovem morre esfaqueado em cilada durante convívio 

Vitima, na casa dos 20 anos, era estudante e trabalhador na Autoeuropa

Corpo do chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal encontrado na Praia da Torre em Grândola

Identificação do corpo terá sido feita por familiares na morgue, onde será realizada a autópsia, não havendo, até ao momento, indícios de crime 

Acidente na A2 junto a Palmela faz um morto e dois feridos ligeiros

Colisão entre dois veículos ligeiros ocorreu ao quilómetro 24.9 da Autoestrada 2. Vítima mortal tinha 42 anos
- PUB -