21 Maio 2022, Sábado
- PUB -
InícioDesporto“Foram cinco semanas de grande incerteza e muita tensão”

“Foram cinco semanas de grande incerteza e muita tensão”

Se já tinham a ideia de mudar os quadros competitivos esta era a janela de oportunidade ideal

 

- PUB -

O Oriental Dragon pode finalmente respirar de alívio porque está consumada a subida ao Campeonato de Portugal inteiramente merecida pela excelente prova realizada na 1.ª Divisão da AF Setúbal, competição que liderava com 11 pontos de vantagem sobre o segundo classificado.

 

Desde que o campeonato foi interrompido devido à pandemia do Covid-19 a ansiedade instalou-se no grupo que fazia parte do plantel e porque as notícias por vezes não eram as melhores, houve mesmo quem chegasse a temer o pior.

- PUB -

 

Os clubes uniram-se a nível nacional e como a união tem muita força acabaram por conseguir aquilo que era óbvio mas que demorou demasiado tempo a ser reconhecido.

 

- PUB -

Neste momento de grande satisfação para todos aqueles que fazem parte da estrutura do clube, o nosso jornal ouviu o director desportivo, Carlos André.

 

Qual a sensação que tiveram ao receber a notícia?

Foi uma sensação fantástica que veio terminar com um acumular de nervos e grande ansiedade que todos nós sentíamos no grupo, há várias semanas. Sentir que o nosso trabalho foi recompensado pelo mérito desportivo deixou-nos a todos em êxtase.

 

Como foram vividos os momentos de incerteza?

Estas cinco semanas foram de incerteza e de muita tensão porque assistíamos a avanços e recuos, não era uma decisão fácil de ser tomada. Muitas vezes sentimos que era impossível e noutras sentíamos que ia ser possível. Ter muitas vezes que explicar aos jogadores e treinadores o que se estava a passar não era fácil porque não queria mexer com os sentimentos deles, dando esperança num dia e tirando no outro.

 

E a partir de agora como vai ser. Preparar já a próxima temporada?

Quanto ao planeamento da época é algo em que já venho a trabalhar há algum tempo tendo em conta os dois cenários que poderiam acontecer. Temos que começar a recuperar o tempo perdido porque estamos em desvantagem em relação às outras equipas, que já sabiam onde iam participar.

 

Acha que esta foi a melhor solução encontrada?

Penso que a decisão tomada pela FPF para os campeonatos distritais foi a mais correta, porque seguiu as directrizes da UEFA que recomendava os critérios de mérito desportivo, usando como referência a classificação que se verificava à data da suspensão dos campeonatos. Na minha opinião acho que se já tinham a ideia de mudar os quadros competitivos, estava aqui a janela de oportunidade ideal para o fazerem, e foi isso que aconteceu.

 

Comentários

José Pina
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva

Cidade perde rede de agentes com chegada da Transportes Metropolitanos de Lisboa

Rede com mais de uma dezena de estabelecimentos, construída pelos TST, desfeita com chegada de nova transportadora, prejudicando utilizadores mais velhos
- PUB -