9 Agosto 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioDesportoJIU-JITSU – Campeonato Nacional de Ne Waza

JIU-JITSU – Campeonato Nacional de Ne Waza

Alto do Moinho com vários títulos nacionais

- PUB -

Teve lugar, no pavilhão municipal do Alto do Moinho, o Campeonato Nacional de Ne Waza (jiu-jitsu). No qual a Federação de Jiu-jitsu e Disciplinas Associadas de Portugal, se fez representar pelos seus presidente e vice-presidente, António André Alves e Luís Galache, respetivamente.

Em competição estiveram os escalões de sub-15 (2003-2005), sub-21 (1997-1999), veteranos absolutos (1981 ou antes) e seniores (1982-1996).

O CCRAM (Centro Cultural e Recreativo do Alto do Moinho) distinguiu-se em quase todas as provas onde participou, tendo conquistado os seguintes resultados:

- PUB -

– Três campeões nacionais sub-15: Henrique Fonseca (-50kg), Duarte Silva (-55kg) e Silas Pereira (-60kg));

– Três vice-campeões nacionais sub15: Rodrigo Ricardo (-55kg), Henrique Pereira (-60kg) e André Gonçalves (-66kg);

– Dois terceiros lugares sub-15: Guilherme David (-55kg) e Marco Guilherme (-60kg);

- PUB -

– Uma campeã nacional sub-21: Sara Queimado (-62kg) e – um vice-campeão nacional sub-21: João Pereira (+94kg)).

– Um vice-campeão nacional veterano absoluto: Marcone Ferreira (-62kg)) e dois terceiros lugares: veterano absoluto -85kg, Jorge Sintra, e um sénior masculino, Luís Gil.

De referir que Silas Pereira, Henrique Fonseca e Sara Queimado, já tinham sido sagrados campeões nacionais sub-18, nas respectivas categorias de peso.

AG

Comentários

- PUB -

Mais populares

Histórica estação rodoviária na 5 de Outubro vai dar lugar a supermercado Continente

Edifício está a ser alvo de estudos há cerca de uma semana, com o objectivo de abrir espaço do grupo Sonae

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -