8 Dezembro 2021, Quarta-feira
- PUB -
InícioDesportoATLETISMO: Juízes Samuel Lopes e Rui Loução certificados mundialmente

ATLETISMO: Juízes Samuel Lopes e Rui Loução certificados mundialmente

Foi no passado fim-de-semana de 21 e 22 de Outubro em Londres que os juízes Samuel Lopes e Rui Loução, da Associação de Atletismo de Setúbal, obtiveram aprovação na certificação de ITOs Nível III da IAAF – certificação máxima a nível mundial no ajuizamento de atletismo. Após os excelentes resultados, Samuel Lopes e Rui Loução foram então convidados a integrar o Painel de ITOs da IAAF.

- PUB -

No caso de Samuel Lopes, esta é já a quinta certificação nível III, tendo já participado em honrosas competições como os Jogos Olímpicos de Londres em 2012 e do Rio de Janeiro em 2016.

Entretanto, a Associação Internacional das Federações de Atletismo (IAAF) anunciou a composição do painel de Oficiais Técnicos Internacionais para o quadriénio 2018-2021. A novidade para o novo quadriénio é a redução do painel de 48 para 37 elementos, o que permitirá um maior número de atuações dos oficiais que irão desempenhar funções de Árbitro e Júri de Apelo em Campeonatos do Mundo e Jogos Olímpicos.

Dos resultados dos exames realizados em Londres, no passado mês de Outubro, e como aconteceu nos últimos dois painéis, Portugal mantém quatro juízes na categoria mais elevada a nível Mundial, havendo apenas uma alteração. Fazem assim parte do painel:
– Jorge Salcedo, juiz de Atletismo do Conselho de Arbitragem de Lisboa, no painel da IAAF desde 1984

- PUB -

– Samuel Lopes, juiz de Atletismo do Conselho de Arbitragem de Setúbal, no painel da IAAF desde 2002 e no da EAA desde 1999

– António Costa, juiz de Atletismo do Conselho de Arbitragem de Portalegre, no painel da IAAF desde 2010 e no EAA desde 2006

– Rui Loução, juiz de Atletismo do Conselho de Arbitragem de Setúbal, que entra pela primeira vez no painel da IAAF e que está no painel da EAA desde 2014.
No painel onde cada país só pode ter três representantes, Portugal e Espanha conquistam quatro lugares cada, fator justificado pela IAAF com a qualidade dos resultados obtidos pelos Oficiais Ibéricos, não só nos exames a que foram sujeitos, mas também na avaliação do seu desempenho em competições onde atuaram.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Tribunal reconhece direito de retenção de casas a famílias de Azeitão após falência de cooperativa

Decisão reconhece que famílias têm os seus créditos "garantidos" e "reconhecidos" pelos montantes que já pagaram, e que, como “consumidores” e por "tradição", têm...

Caso de gripe das aves detectado em Palmela

A DGAV lembrou que não existem evidências de que a gripe aviária seja transmitida para os humanos através do consumo de alimentos, como carne de aves de capoeira ou ovos

Águas de Moura subiu ao segundo lugar da tabela classificativa

Dos três da frente ninguém conseguiu ganhar e quem tirou partido disso foi a equipa orientada por Gonçalo Cruz que é agora vice-líder da competição.
- PUB -