19 Junho 2024, Quarta-feira

- PUB -
Mulher de 53 anos e dono de pitbull transportados para o hospital após ataque na Moita

Mulher de 53 anos e dono de pitbull transportados para o hospital após ataque na Moita

Mulher de 53 anos e dono de pitbull transportados para o hospital após ataque na Moita

Detentor do cão de raça potencialmente perigosa vai ser contra-ordenação por passear animal sem trela e açaimo

 

Uma mulher de 53 anos ficou ferida ao proteger o seu animal de estimação do ataque de um pitbull, cão de raça potencialmente perigosa, na Moita. O detentor do animal que atacou também ficou ferido ao tentar afastá-lo.

- PUB -

O caso ocorreu ao final da tarde de ontem, às 20 horas, na via pública na Baixa da Banheira e a PSP tomou conhecimento do caso quando os feridos foram assistidos no Hospital do Barreiro. A mulher de 53 anos passeava o seu cão de pequeno porte quando foi surpreendida por um pitbull, que atacou o seu animal. A mulher pegou no seu cão ao colo e acabou por ser mordida nos membros inferiores e superiores.

O detentor do animal de raça potencialmente perigosa, que o passearia sem meios de contenção adequados, nomeadamente trela e açaimo, partiu em socorro da senhora que protegia o próprio animal e também ele acabou também por ficar ferido.

Os feridos foram transportados para o Hospital do Barreiro pelos bombeiros da Moita. Na unidade hospitalar, a PSP tomou conhecimento da situação.

- PUB -

O detentor do animal de raça potencialmente perigosa foi notificado para manter o pitbull em casa, em quarentena, até que o comportamento do animal seja avaliado por um veterinário municipal. O animal pode vir a ser abatido se demonstrar um comportamento agressivo.

O detentor será ainda alvo de contra-ordenação pela falta de uso de meios adequados, ao passear o animal na via pública sem trela e açaimo. Em causa estão coimas que partem dos 750 euros.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -