23 Maio 2024, Quinta-feira

- PUB -
Ministra da Agricultura reúne-se amanhã com agricultores na Câmara de Alcochete

Ministra da Agricultura reúne-se amanhã com agricultores na Câmara de Alcochete

Ministra da Agricultura reúne-se amanhã com agricultores na Câmara de Alcochete

Os agricultores querem ter a certeza de que o Governo está preocupado com o futuro do sector e vai tomar medidas que o impulsionem

Amanhã, sexta-feira, às 17h30, o movimento de agricultores que, na passada semana, esteve em protesto nas ruas levando a impedimentos na circulação em zonas como Alcochete, Montijo e acesso à ponte Vasco da Gama, vai reunir com a ministra da Agricultura e Alimentação, Maria do Céu Antunes, e ainda com o presidente da Câmara de Alcochete, Fernando Pinto, no Salão Nobre da Câmara Municipal.

- PUB -

Uma reunião onde vão estar três representantes dos agricultores, e que vem precisamente na sequência do protesto destes profissionais que agitou o País e não escapou a ouvir-se na região de Setúbal.

Daniel Pacífico, elemento deste movimento de agricultores e empresários agrícolas que, por enquanto, existe apenas como Movimento Civil Agricultores de Portugal, prefere não avançar as matérias que vão estar em cima da mesa neste encontro com a governante e o autarca, remetendo para as reivindicações dos agricultores nas ruas.

Lembre-se que o caderno reivindicativo com que os profissionais deste sector produtivo e económico se fizeram ouvir, de norte a sul do País, foi, entre outros motivos, pelo direito a subsídios, preços mais justos do combustível (gasóleo verde agrícola), reajustamento da cadeia de valor com maior valorização da produção primária e rotulagem clara para o consumidor sobre preço pago ao produtor e margens da distribuição, isto a par da valorização de produtos endógenos e de cadeias curtas de abastecimento.

- PUB -

 Agricultores estranham multas

Entretanto, alguns agricultores têm sido multados pela GNR quando circulam com os seus tractores na Estrada Nacional 4, rotunda do Passil. Diz Daniel Pacífico que o motivo das multas não é por os tractores seguirem nesta via, que liga o Montijo a Badajoz (Espanha), porque “sempre o fizeram sem qualquer problema”.

Agora, o que está a acontecer, refere, são multas por motivos relacionados com os próprios tractores agrícolas. “Questões de matrículas ou pneus”, exemplifica. Contudo, não deixa de estranhar que estas acções de fiscalização e multas estejam a acontecer dias depois da marcha de protesto dos agricultores. “Há quase um ano que não víamos a GNR por aqui, agora, três dias depois da nossa marcha, vêm as multas”, comenta.

- PUB -

Para já o que se sabe sobre a resposta do Governo ao protesto dos agricultores, depois de terem reunido com a ministra por vídeo conferência, na passada sexta-feira, foi o anúncio de um pacote de ajuda de mais de 400 milhões de euros destinados a mitigar o impacto provocado pela seca e a reforçar o Plano Estratégico da Política Agrícola Comum. Ficou ainda dito que a maior parte das medidas entra em vigor este mês, com excepção das que estão dependentes da decisão de Bruxelas.

Partilhe esta notícia
- PUB -

Notícias Relacionadas

- PUB -
- PUB -