29 Novembro 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalSinesNeoGreen reserva 10,5 hectares da ZILS para criar fábrica de mais de...

NeoGreen reserva 10,5 hectares da ZILS para criar fábrica de mais de mil milhões

Contrato de direito de superfície é rubricado segunda-feira, nas instalações da aicep Global Parques, em Lisboa

O consórcio luso-canadiano NeoGreen Portugal vai assinar na segunda-feira , pelas 16 horas, nas instalações da aicep Global Parques em Lisboa, um contrato de reserva de direito de superfície de 10,5 hectares da Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS), onde prevê investir mais de mil milhões de euros na instalação de uma fábrica de hidrogénio verde.

- PUB -

O investimento – do consórcio formado pela canadiana NeoGreen Hydrogen Corp e pela portuguesa Frequent Summer S.A. – assenta “num projecto de eletrolisador de 500MW+, para produção de hidrogénio verde e combustíveis derivados”, revela a aicep Global Parques, em nota de Imprensa. E vem, de acordo com o secretário de Estado da Internacionalização, Bernardo Ivo Cruz, citado na mesma nota, “corporizar a Estratégia Nacional para o Hidrogénio na constituição de um ‘Sines Hydrogen Valley’, concretizando a aposta do Governo em desenvolver a economia portuguesa com base numa dupla transição energética e digital”.

O governante, que vai presidir à cerimónia de segunda-feira, lembra que “Sines está neste momento a consolidar, instalar ou atrair investimentos em logística, indústria & energia e telecomunicações das mais diversas geografias”. Exemplos? “Espanha, França, Itália, Alemanha, Suíça, Holanda, Dinamarca, Polónia, Suécia, Reino Unido, Irlanda, Tailândia, Singapura, Malásia, China, Austrália, Brasil, EUA”, além de “Portugal e Canadá”.

Investidores entusiasmados

- PUB -

Entusiasmado mostra-se também Chris Corson, presidente executivo da NeoGreen Hydrogen Corp, quer pela “joint venture” com a Frequent Summer quer com o projecto comum. “Ter um projecto no coração da União Europeia, que será um dos principais centros de procura de hidrogénio nos próximos anos, é estratégico para nós como empresa e esperamos construir essa oportunidade ao lado dos nossos parceiros da Frequent Summer”, afirma o responsável, no mesmo documento.

E Rogério Ponte, vogal do Conselho de Administração da Frequent Summer, igualmente citado na nota, destaca a continuação da aposta da empresa portuguesa “na inovação e no futuro de energias renováveis” bem como na “sustentabilidade” que o megaprojecto de H2V garantirá “para a região de Sines e para Portugal”.

Já Filipe Costa, CEO da aicep Global Parques, lembra que “o investimento de mil milhões de euros pela NeoGreen no Complexo Portuário, Logístico e Industrial de Sines insere-se num ‘pipeline’ de projectos que somam cerca de 20 mil milhões de euros de investimento no horizonte de 2030”. E detalha: “2 500 M€ em logística marítima e terreste; 12 500 M€ em projectos industriais descarbonizados e circulares; e 5 000 M€ em telecomunicações, estações de amarração de cabos submarinos e centros de dados.”

- PUB -

A aicep Global Parques gere a ZILS, que se constitui como maior área de localização empresarial do País, com 2 375 hectares de áreas vocacionadas para actividades energéticas, industriais, logísticas e de serviços.

 

 

 

 

 

Comentários

- PUB -

Mais populares

Corpo do chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal encontrado na Praia da Torre em Grândola

Identificação do corpo terá sido feita por familiares na morgue, onde será realizada a autópsia, não havendo, até ao momento, indícios de crime 

Cadáver de homem encontrado esta manhã na praia da Torre em Grândola

Corpo deu à costa no Carvalhal, havendo suspeitas de tratar-se de Manuel Arrábida, chefe dos Bombeiros Sapadores de Setúbal desaparecido há sete dias

Acidente na A2 junto a Palmela faz um morto e dois feridos ligeiros

Colisão entre dois veículos ligeiros ocorreu ao quilómetro 24.9 da Autoestrada 2. Vítima mortal tinha 42 anos
- PUB -