3 Fevereiro 2023, Sexta-feira
- PUB -
InícioÚltimasPrimeira Zona Livre Tecnológica em Portugal vai ser “a alavanca para a...

Primeira Zona Livre Tecnológica em Portugal vai ser “a alavanca para a mudança” na Marinha

‘Infante D. Henrique’ vai testar sistemas de segurança e defesa em três municípios do Distrito de Setúbal

 

- PUB -

A primeira zona livre tecnológica (ZLT) reconhecida pelo Governo português foi ontem inaugurada em cerimónia presidida por Helena Carreiras, ministra da Defesa Nacional, e João Neves, secretário de Estado da Economia. Numa sessão que decorreu no Centro de Experimentação Operacional da Marinha (CEOM), local a partir do qual esta zona será monitorizada, a Marinha Portuguesa, representada pelo Almirante Gouveia e Melo, e a Agência Nacional de Inovação (ANI) apresentaram a ZLT ‘Infante D. Henrique’, uma zona que vai testar em mar aberto sistemas de segurança e de defesa, bem como outras tecnologias com operação em diferentes ambientes – superfície, subsuperfície e aéreo.

A candidatura da ‘Infante D. Henrique’ foi realizada a 30 de Novembro de 2021, sendo esta elevada a Zona Livre Tecnológica após “um esforço conjunto de diversas entidades e seis meses de muito trabalho colaborativo”, de acordo com as declarações feitas pelo Almirante Gouveia e Melo durante a cerimónia, em Tróia. “Os nossos principais objectivos passam por promover a cooperação tecnológica, realizar campanhas de experimentação e fomentar a inovação e o trabalho colaborativo com outros centros. Esta será uma plataforma para a construção de uma Marinha tecnologicamente avançada que queremos significativa para os portugueses e para os nossos aliados e é, simultaneamente, a alavanca para a mudança, constituindo-se como factor multiplicador do conhecimento, útil para a Academia e para a economia ligada ao mar, rumo a um Portugal Marítimo”, referiu o Almirante Gouveia e Melo.

O Chefe da Armada acrescentou que este projecto contou também com “a colaboração de várias entidades privadas e do ensino superior” e que “já existe uma estratégia para a produção industrial de alguns produtos desenvolvidos e testados em parceria com a Marinha Portuguesa na ZLT”, concluiu. Também Helena Carreiras, ministra da Defesa Nacional, realçou o trabalho de todas as entidades envolvidas nesta iniciativa, que resultou “num esforço do qual todos se devem orgulhar”. “Este evento representa um marco de maior relevância para o país.

- PUB -

A constituição desta ZLT focada no mar, em particular na segurança e defesa, permitirá criar condições excepcionais para a testagem e experimentação de tecnologias, produtos e serviços inovadores para responder aos inúmeros desafios que a marinha, a defesa e o país têm pela frente”, considerou a ministra na cerimónia de inauguração.

A ZLT ‘Infante D. Henrique’ vai ocupar uma área superior a mil milhas quadradas, que vai abranger os concelhos de Sesimbra, Setúbal e Grândola e onde toda a área monitorizada pelo CEOM será sensorizada, com a marinha a garantir que se reúnem as condições ideais para, em segurança, testar e validar novas tecnologias de comunicações, sensores, inteligência artificial e materiais.

O que são zonas livres tecnológicas?

- PUB -

De acordo com a página oficial da Agência Nacional de Inovação, as zonas livres tecnológicas consistem em ambientes físicos, geograficamente localizados, utilizados para a realização de testes e experimentação decorrentes de desenvolvimento de novas tecnologias e soluções, produtos, serviços, processos inovadores de base tecnológica e modelos transversais integrados.

Estas zonas livres tecnológicas são consideradas como contribuinte para o posicionamento do país como líder em investigação e desenvolvimento, para a atracção de investimento estrangeiro, promoção de recursos portugueses, para o incentivo à cooperação e à criação de conhecimento.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Novo 10 de portas fechadas após polémica que envolve dívida de 700 mil euros

Empresário apresentou proposta ‘promissora’, que acabou por deixar proprietário do espaço de mãos a abanar

Autoeuropa anuncia unidade 1 milhão do T-Roc que vai rodar noutro continente

Número redondo foi anunciado pela direcção da fábrica de Palmela. Automóvel já tem destino traçado

O sangue e o oxigénio dos Tribunais

Ninguém duvida que os oficiais de justiça são essenciais para a Administração da Justiça.
- PUB -