12 Agosto 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaProtecção Civil garante que fogo em Palmela dado como dominado às 09h30

Protecção Civil garante que fogo em Palmela dado como dominado às 09h30

Ontem à noite, o Comando Distrital de Operações de Socorro de Setúbal indicou que este fogo provocou dez feridos e à retirada da população da zona de Aires.

 

- PUB -

O incêndio que deflagrou na quarta-feira em Palmela foi dado como dominado às 09h30 de hoje, disse à Lusa fonte da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC).

De acordo com a página da internet da ANEPC, no combate ao fogo encontravam-se, pelas 10h20, 406 operacionais, apoiados por 126 veículos e um meio aéreo.

Na quarta-feira à noite, o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal indicou que este fogo provocou dez feridos e à retirada da população da zona de Aires.

- PUB -

O alerta para este fogo tinha sido dado às 12h04. O Governo decidiu hoje prolongar de sexta-feira para domingo a situação de contingência em Portugal Continental devido às previsões meteorológicas, com temperaturas que podem ultrapassar os 45.º em algumas partes do País, e ao risco de incêndio.

A situação de contingência corresponde ao segundo nível de resposta previsto na lei da Protecção Civil e é declarada quando, face à ocorrência ou iminência de acidente grave ou catástrofe, é reconhecida a necessidade de adoptar medidas preventivas e ou especiais de reacção não mobilizáveis no âmbito municipal.

Oito distritos de Portugal continental mantêm-se sob aviso vermelho, o mais grave, devido ao tempo quente, com mais de uma centena de concelhos em perigo máximo de incêndio rural, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Comentários

- PUB -

Mais populares

PSP de Setúbal sem meios para se deslocar a atropelamento em frente à esquadra

Acidente na Avenida Luísa Tody fez uma vítima de 88 anos

Hospital da Luz Setúbal confirma nova clínica no centro da cidade

Dr. José Ferreira Santos, director clínico do estabelecimento, confirma pólo adicional para aproximar clientes do centro hospitalar

João Martins: “Deixo uma casa com bom nome e reconhecida”

Criou, desenvolveu e consolidou a Escola Profissional do Montijo (EPM). Ao fim de 29 anos e uns pozinhos, o professor decidiu passar o testemunho
- PUB -