29 Junho 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalBarreiroCorporações do Barreiro foram distinguidas por autarquia em cerimónia na zona do...

Corporações do Barreiro foram distinguidas por autarquia em cerimónia na zona do Polis

Data marcada por entrega de medalhas de bons serviços e desfile pelo município

 

- PUB -

A manhã de sábado ficou marcada pelas celebrações, no município barreirense, do Dia Municipal do Bombeiro, num momento solene que incluiu o tradicional hastear de bandeiras nos quartéis dos Bombeiros do Corpo de Salvação Pública e da corporação dos Voluntários do Sul e Sueste, numa iniciativa que contou com a presença do executivo camarário e do presidente desta Câmara, Frederico Rosa.

No decorrer das comemorações, teve lugar na zona do Polis a entrega das medalhas de bons serviços e dedicação aos soldados da paz com 10, 20 e 30 anos de serviço e dos certificados de formação do curso básico para Equipas de Reconhecimento e Avaliação da Situação (ERAS), tendo o autarca sublinhado que “é importante” que este território “seja visto […] como um caminho a seguir, com um rumo, suportado por profissionais de excelência”, destacou.

Na altura, o responsável expressou ainda o seu gosto em regressar a este evento, após os dois últimos anos terem sido marcados pela situação de pandemia.

- PUB -

“Todos conhecem bem o trajecto que reforçou, perante todos, a necessidade no investimento na Protecção Civil, no socorro e nas corporações de bombeiros”, num concelho que possuiu actualmente cinco equipas de intervenção permanente, munidas de 25 elementos profissionais, tendo ainda recordado a assinatura da carta com a primeira corporação para a sua candidatura para a terceira equipa – a sexta no território – e o facto de 2022 ficar marcado, pela primeira vez, por 24 horas de protecção em permanência na zona a Mata da Machada.

Ao coordenador deste serviço, Hugo António, o presidente anunciou o crescimento do número de elementos que estarão apostados nesta tarefa e a utilização de um drone, com visão nocturna e câmara técnica “para prestarmos melhor socorro em ambiente fabril, fogo rural ou urbano, ou nas praias e no rio para podermos, também à noite, prestar um socorro mais rápido e ágil e salvarmos vidas”, informou.

“Queremos investir mais, é importante ter mais bombeiros profissionais, ter mais meios ao dispor da população, mais destacamentos avançados [e de] mais proximidade e menos tempo de espera”, sublinhou Frederico Rosa, que defendeu ainda que a cidade deverá ser vista como “um exemplo [e] um caminho a seguir com um rumo, suportado por profissionais de excelência”, acrescentou.

- PUB -

“Vamos entrar na época dos fogos e não é fácil sair porta fora e enfrentar o perigo”, recordou o edil, que dirigiu uma mensagem de força aos bombeiros.

“Dar sempre o melhor na defesa da vida”

José Figueiredo, comandante dos Voluntários do Corpo de Salvação Pública, reconheceu o mérito de todos os que prestam socorro e aproveitou a realização da cerimónia para dar a conhecer os números de cada operação, tendo informado que os pedidos de socorro têm registado uma tendência de subida, sendo que, em 2021, foram registadas 12.117 intervenções no território.

Garantiu ainda que a corporação está, cada vez mais, focada em trabalhar para dar as condições necessárias para que os seus elementos desempenhem a sua missão em segurança.

“Temos de ser capazes de encontrar uma solução para garantir que um bombeiro, em caso de acidente grave, possa ter a garantia do pagamento dos tratamentos por parte do seguro, sem ter de pagar do seu próprio bolso”, alertou, felicitando o autarca barreirense pelo recebimento do crachá de Ouro dos Bombeiros Portugueses.

Já Acácio Coelho, comandante dos Voluntários do Sul e Sueste, solicitou aos seus bombeiros que reflectissem na afirmação “sozinhos vamos mais rápido, juntos vamos mais longe”, dado que, na sua perspectiva, esta “é a diferença entre bombeiro e corpo de bombeiros”.

O responsável lembrou o esforço realizado pela autarquia no sentido de dotar os corpos activos de novos fardamentos, tendo referido que este investimento “é uma excelente uniformização da farda, pois só assim podemos ser respeitados e considerados como parte integrante do futuro do Barreiro e dos barreirenses”.

Salientou ainda a importância da qualificação do serviço prestado. “Temos de apostar na formação para responder com qualidade e eficiência ao número cada vez maior de solicitações da população e concelhos limítrofes”, realçou, destacando o investimento por parte da Câmara na formação de elementos das ERAS.

Óleos usados Donativo financeiro de quase seis mil euros entregue às duas corporações

A data ficou ainda marcada pela entrega de um donativo, às duas corporações, no valor global de 5.956.05 euros, por parte da empresa OleoTorres, com a qual a edilidade tem estabelecido um protocolo para recolha e tratamento de óleos alimentares usados, tendo no último ano sido recolhidos mais de 39 mil e 700 quilos destes óleos, dos 61 oleões que se encontram distribuídos por todas as freguesias do território.

A verba em causa assume-se como “um contributo para ajudar a melhorar e reforçar os equipamentos, o que contribui para a melhoria das condições existentes”, adianta a autarquia. O momento festivo chegou ao fim com o habitual Desfile Motorizado das Forças, por todo o concelho, que foi aplaudido pela população, num momento de agradecimento aos soldados da paz.

Comentários

- PUB -

Mais populares

“Queremos ser uma das maiores potências desportivas do distrito de Setúbal”

Tiago Fernandes, presidente do Juventude Sarilhense

Avó e mãe de Jéssica cantaram em programa da TVI enquanto menina estava sequestrada

Família materna da vítima marcou presença em caravana de “Uma Canção Para Ti” na véspera da morte da criança

Revolta no velório de Jéssica obriga à presença de bombeiros e polícia

Avó paterna e alguns populares revoltam-se com mãe da criança durante a cerimónia fúnebre
- PUB -