18 Maio 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalSantiago do CacémFeira Agropecuária e do Cavalo em Santiago do Cacém vai contar com...

Feira Agropecuária e do Cavalo em Santiago do Cacém vai contar com mais de 200 expositores

Investimento nesta edição do certame ascende a cerca de 260 mil euros. São esperados 40 mil visitantes

 

- PUB -

This slideshow requires JavaScript.

Mais de 200 expositores ligados à agricultura, gastronomia e turismo vão participar na Feira Agropecuária e do Cavalo (Santiagro), que se realiza em Santiago do Cacém, entre 02 e 05 de Junho.

Promovido pela Câmara de Santiago do Cacém, o certame que se realizou em 2021, em formato digital, devido à pandemia de covid-19, regressa este ano ao Parque de Feiras e Exposições de Santiago do Cacém, onde são esperados mais de 40 mil visitantes, num investimento de cerca de 260 mil euros.

Com um programa preenchido tradicionalmente por actividades relacionadas com os sectores agrícola, equestre, pecuária e floresta, o “maior evento” do concelho de Santiago do Cacém aposta também nos produtos locais, na gastronomia, no vinho e no turismo.

- PUB -

“A Santiagro é o maior evento que o concelho recebe e aquele que mais pessoas atrai ao recinto [da feira], que tem tido um crescimento gradual ao longo dos anos, sendo importante em termos de desenvolvimento económico, mas também pela projecção do território e na atracção de turistas”, disse o presidente da Câmara de Santiago do Cacém, Álvaro Beijinha.

De acordo com o autarca, que falava hoje durante uma conferência de Imprensa, que se realizou no Badoca Safari Park, em Santiago do Cacém, o certame conta com “mais de 200 expositores” ligados a vários sectores da economia e com a presença de “mais de 250 animais”.

Para a edição deste ano, o recinto, onde se realiza a feira, foi alvo de “uma requalificação”, com a “pavimentação da zona do terrado” para “melhorar a experiência dos visitantes”, e várias intervenções na “zona do picadeiro”, para garantir “o bem-estar animal”.

- PUB -

O programa dos quatro dias da feira agrícola vai incluir, além do sector expositivo, ‘showcooks’, demonstração da arte da cocaria, colóquios, batismos equestres, provas de vinho e de gin, passeios a cavalo, ordenha de cabras e garraiadas.

“O impacto que a feira tem na economia local é bastante superior ao investimento da câmara municipal e também dos parceiros”, sublinhou o autarca.

O cavalo volta a ser o destaque do certame, tendo em conta “a forte tradição em Santiago do Cacém”, com baptismos equestres, passeios de carroça, passeios a cavalo, gala equestre, gincanas a cavalo e cortejo da Charanga da GNR.

O certame conta também com uma exposição permanente de equídeos, bovinos, ovinos, caprinos e suínos, num total de mais de 250 animais.

A actuação de grupos corais alentejanos, fado e cante alentejano, apresentação da aplicação de informação e sinalização turística inteligente do município de Santiago do Cacém, passeios de ‘tuk-tuk’ motorizado e ‘workshops’ de tosquia de ovelhas são outras das propostas da edição deste ano.

O cartaz musical leva este ano à feira os concertos de SYRO (02 de Junho), Plutónio (03), Bispo (04) e Anjos (05), além das actuações de vários ‘dj’.

Os bilhetes para entrar na feira custam 2 euros por dia ou 6 euros para os quatro dias e os vales de compras no comércio local podem ser trocados por entradas, incluindo os vales dos dois últimos anos em que o certame não se realizou presencialmente.

Álvaro Beijinha refere que estes vales são uma forma de ajudar o comércio local.

A Santiagro conta com o patrocínio da Caixa de Crédito Agrícola Costa Azul, BPI e Delta Cafés e com o apoio de várias entidades, entre as quais a Águas de santo André, Associação de Desenvolvimento do Litoral Alentejano (ADL) e o Intermarché de Santiago do Cacém.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Igor Khashin e Yulia Khashina: “O nosso trabalho de 20 anos foi destruído num dia”

Casal russo que está no centro da polémica com o acolhimento de refugiados ucranianos em Setúbal responde a todas as perguntas

“A Judiciária que investigue, não temos nada a esconder”

Igor Khashin e Yulia Khashina falam pela primeira vez após o inicio da polémica

Matias Damásio a abrir com The Gift pelo meio e Dulce Pontes a fechar as Festas de São Pedro

Calendário das três actuações está definido. Depois de dois anos de interregno, a tradição volta a ser o que era
- PUB -