20 Maio 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalPalmelaMostra de Vinhos de Fernando Pó regressou com demonstração de grande vitalidade

Mostra de Vinhos de Fernando Pó regressou com demonstração de grande vitalidade

Apesar das condicionantes na preparação do certame, número de visitantes ficou perto do recorde registado em 2019

 

- PUB -

A aldeia vinhateira de Fernando Pó recebeu, no passado fim-de-semana, a sua 25.ª Mostra de Vinhos. Este ano de regresso aos seus moldes tradicionais, depois da pandemia ter condicionado as duas últimas edições.

De sexta-feira a domingo, a mostra registou um total de cerca de 6 mil visitantes – a edição de 2019, pré-pandemia, registou o recorde de 8 500 –, uma afluência, disse a O SETUBALENSE o presidente da comissão organizadora da mostra, Bruno Pedroso, “muito boa tendo em conta as circunstâncias”.

“Sabíamos que seria difícil alcançar o registo de há dois anos, porque tivemos menos tempo para preparar e divulgar o evento, mas também porque tínhamos receio que as pessoas poderiam ainda não estar disponíveis ou estar reticentes pela pandemia. Felizmente, tivemos uma adesão excelente”, revelou.

- PUB -

O balanço final, considera o responsável, “é muito bom”. “Estamos satisfeitos com a forma como decorreu a 25.ª edição da mostra depois de tanto tempo, o que nos deixa excelentes perspectivas para a edição do próximo ano”, salientou.

Os três dias da Mostra de Vinhos de Fernando Pó foram regalados com o Sol a brilhar, o que atraiu mais visitantes a um evento onde o vinho é o centro das atenções. Mas a gastronomia, com a restauração, petiscos e doçaria regional, tem também importante papel para o bem-estar e convívio de todos.

No total a mostra contou com 36 expositores: 10 produtores de vinhos com stand e 26 de agentes de vários sectores, desde artesanato, doçaria, jardinagem ou bijuteria, até aos queijos, azulejos, compotas e mostra de máquinas agrícolas.

- PUB -

Autarcas elogiam certame

Luís Miguel Calha, vice-presidente da Câmara de Palmela, considerou que “a mostra é um evento que enche a todos de orgulho”. “Que prestigia o nosso concelho, a nossa região e projecta no País a superior qualidade dos nossos vinhos e a notoriedade do nosso território”. O autarca lembrou que todos sabem que “o vinho em Fernando Pó, e no concelho, nunca foi apenas um produto agrícola, tem sido sempre um valor cultural que se reveste de uma simbologia singular”.

“A vinha e o vinho estão ligados de forma profunda à história da nossa terra e às nossas tradições, são uma herança patrimonial, um modo de ser e de estar da nossa população. Constituem, sem dúvida, um traço da nossa identidade colectiva”, realçou. Por isso, falar dos vinhos desta região, reforçou, “significa falar no conhecimento, no talento e na criatividade dos produtores, significa falar em inovação, requinte e elevada qualidade, significa falar na internacionalização e conquista de novos mercados”.

A presidente da Junta da União das Freguesias de Poceirão e Marateca, Cecília Sousa, não escondeu satisfação pelo regresso da iniciativa em formato presencial. “Depois de dois anos difíceis, estamos aqui reunidos, felizes. Quero dar os parabéns à organização pela coragem de, tão rapidamente, colocar de pé esta mostra de vinhos”, afirmou a autarca, que elogiou aquilo que considera ser uma das mais-valias do evento. “O seu programa riquíssimo com oportunidades para várias experiências”, concluiu.

Quinta do Monte Alegre vence novo concurso para os brancos

A prova e concurso de vinhos são sempre dos momentos mais aguardados. Nesse sentido 21 produtores de vinho apresentaram-se a escrutínio. Os vinhos brancos foram a grande novidade, sendo que de 20 produtores 17 apresentaram a sua produção de brancos. Nesta categoria, o vencedor acabaria por ser o Quinta do Monte Alegre. No concurso de tintos, o primeiro lugar foi para a Adega do Canivete. Finalmente. no concurso prova cega do público, uma das novidades introduzidas pela organização, o vencedor foi António Sobral.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Piscina na urbanização dos Fidalguinhos está quase a sair do papel

Obra de 3,5 milhões de euros já tem projecto e concurso pode avançar ainda este ano. Futuro equipamento terá capacidade para cerca de 700...

Dez dias de música em vários palcos da cidade de Setúbal com os melhores sons e vozes

O festival arranca com Pedro Abrunhosa, atravessa vários artistas e termina com Cuca Roseta

Jovem sequestrado e violado em casa de banho da estação de comboios de Coina

Rapaz de 16 anos foi abusado por homem de 43. Violador está agora em prisão preventiva
- PUB -