28 Janeiro 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioPolíticaCecília Anacoreta Correia lidera lista do CDS-PP pelo Distrito de Setúbal

Cecília Anacoreta Correia lidera lista do CDS-PP pelo Distrito de Setúbal

Paulo Santos, vice-provedor da Misericórdia de Setúbal, é número dois

 

- PUB -

A lista de candidatos a deputado pelo círculo eleitoral do Distrito de Setúbal, pelo CDS-PP, tem como número um a porta-voz do partido, Cecília Anacoreta Correia. O nome foi aprovado pelo Conselho Nacional do CDS-PP, na reunião de quarta-feira à noite, que aprovou as listas de candidatos nas eleições legislativas de 30 de Janeiro com 84% de votos a favor.

De um total de 127 conselheiros, 107 votaram a favor (84%), 16 votaram contra (13%) e quatro abstiveram-se (3%).

Nas últimas eleições legislativas, em 2019, o CDS-PP não elegeu qualquer deputado por Setúbal, mas, historicamente, este é um círculo eleitoral onde o partido tem conseguido mandatos. Em 2015, coligado com o PSD, o partido elegeu Nuno Magalhães e, em 2011, chegou aos dois eleitos (Nuno Magalhães e João Viegas), tendo ficado à frente do BE como quarta força política com mais deputados na região.

- PUB -

Paulo Santos, ex-líder distrital e vice-provedor da Santa Casa da Misericórdia de Setúbal é o número dois da lista centrista pela região que inclui, depois, Rita Serra Lopes, independente, residente em Águas de Moura, filha de Inês Serra Lopes, antiga directora do jornal ‘O Independente’.

Paulo Araújo, director de recursos humanos, do Montijo, é o quarto nome da lista, seguido de José Coutinho, presidente da distrital da Juventude Popular (JP) e secretário-geral adjunto da estrutura nacional da JP.

Líder distrital diz que é aposta forte

- PUB -

O presidente da distrital do CDS-PP diz que o nome de Cecília Anacoreta Correia é uma “grande aposta da Nacional” e corresponde “a algo que já reclamávamos, que a Nacional olhasse para o distrito com outros olhos”.

“O facto de estarmos muito perto da capital faz com que sejamos mais invisíveis. Eu vinha reclamando, desde as autárquicas, que o partido apostasse numa figura nacional para o distrito, que é o quarto maior do País”, refere João Merino.

“Num distrito onde estamos a tentar crescer, eleger um deputado, diz muito da aposta. Temos de apostar em caras diferentes porque se apresentarmos as mesmas não poderemos esperar resultados diferentes”, acrescenta o líder distrital centrista.

João Merino recusa a ideia de que a cabeça-de-lista não tenha ligação ao Distrito de Setúbal. “É professora universitária, com ligações familiares a Setúbal, não é propriamente alguém que não tenha ligação à região”, sustenta, destacando que se trata de “uma mulher muito dinâmica, cheia de energia”.

“Temos uma paridade entre os géneros e muita gente nova e de todos os concelhos do distrito. Acho que o distrito está muito bem representado nas listas.”, conclui João Merino.

Comentários

- PUB -

Mais populares

D. José Ornelas deixa de ser Bispo de Setúbal

O SETUBALENSE sabe que o Prelado vai substituir D. António Marto na Diocese de Leiria-Fátima

Autocarro consumido pelas chamas no centro de Setúbal [corrigida]

Viatura dos TST circulava perto do Comando da PSP. Passageiros e motorista saíram ilesos

Moradores do condomínio da Quinta da Trindade queixam-se de ruído vindo de estaleiro naval

A decapagem do casco de navios está a tirar o sossego a quem reside nas proximidades do estaleiro. Empresa diz que está a mitigar incómodo
- PUB -