19 Janeiro 2022, Quarta-feira
- PUB -
InícioLocalSetúbalPaula Santos garante que reforço da CDU no Parlamento “é o caminho...

Paula Santos garante que reforço da CDU no Parlamento “é o caminho para o desenvolvimento do Distrito de Setúbal”

Primeiros três lugares da lista da coligação fechados com os deputados à Assembleia da República Bruno Dias e José Luís Ferreira

 

- PUB -

Depois de enunciar como prioridades “a construção do novo aeroporto no Campo de Tiro em Alcochete e da terceira travessia do Tejo rodoferroviária”, naquela que foi a sua primeira declaração política enquanto cabeça-de-lista da CDU por Setúbal nas próximas eleições legislativas, Paula Santos garantiu na passada sexta-feira que “dar mais força [à coligação] é o caminho para o desenvolvimento da Península e do Litoral Alentejano”.

A partir do auditório da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal, no antigo Quartel do Regimento de Infantaria 11, espaço onde decorreu a apresentação da lista de candidatos da CDU às legislativas de 30 de Janeiro próximo, Paula Santos disse que será a coligação quem conseguirá “reforçar direitos, assegurar as funções sociais do Estado e serviços públicos de qualidade e garantir condições de vida para os trabalhadores e as populações”.

“A CDU é a força política que se distingue, pela forma como os seus eleitos assumem o exercício de funções públicas. Partimos para a batalha das eleições com confiança. Confiança no trabalho realizado, nas soluções que propomos, nos activistas e nos candidatos da CDU, conhecedores dos problemas e da realidade do Distrito de Setúbal”, reforçou a actual deputada do PCP, perante perto de uma centena de pessoas.

- PUB -

A fechar os três primeiros lugares da lista dos candidatos comunistas por Setúbal encontram-se Bruno Dias (PCP) e José Luís Ferreira (PEV), ambos deputados na Assembleia da República.

“Em nome da direcção do Partido Ecologista Os Verdes”, começou José Luís Ferreira, na sua intervenção, por explicar que no encontro se deu “início a uma nova fase na caminhada” a percorrer até às legislativas, “de esclarecimento, de alerta e de procurar fazer chegar às pessoas a mensagem e as propostas da CDU”.

Em seguida, afirmou que “os motivos que levaram a eleições antecipadas vão ficando cada vez mais claros”, revelando que o Orçamento do Estado, “tal como foi apresentado, ao mostrar-se incapaz de dar resposta aos problemas do País e dos portugueses, não merecia concordância”.

- PUB -

Não estando “em causa a eleição do primeiro-ministro”, mas “a eleição de 230 deputados à Assembleia da República”, José Luís Ferreira assegura que “os candidatos que a CDU apresenta no Distrito de Setúbal saberão honrar a sua palavra”.

“Continuaremos atentos aos problemas do distrito e aos anseios das populações. Aqui estamos, pela valorização dos recursos naturais e dos ecossistemas, pela segurança do território e pela melhoria das condições de vida das pessoas. Votar CDU é dar força para fortalecer os serviços públicos, proteger os recursos naturais, promover a produção nacional, combater a pobreza e estabilizar o clima”, sublinhou.

Já de acordo com Vivina Nunes, vice-presidente da Associação Intervenção Democrática, que surge na 14.ª posição na lista de candidatos da CDU pelo círculo eleitoral de Setúbal, é tempo de “ir à luta por um bom resultado para a CDU, que quanto mais expressivo, melhor servirá os anseios e interesses legítimos dos trabalhadores e do povo português”.

“A política que Portugal precisa é uma política que rompa com a imposição de enormes restrições e dificuldades à grande maioria dos portugueses. Precisa de uma política de esquerda, que só pode ser assegurada por forças políticas de esquerda”, salientou.

Reforço da CDU é a ‘chave’ para “combater política de direita”

Na referida apresentação esteve igualmente presente Armindo Miranda, membro da comissão política do comité central do PCP, onde começou por afirmar que “o País foi acumulando problemas ao longo dos anos, consequência de décadas de política de direita”.

“A situação só não é mais grave porque a luta dos trabalhadores e a intervenção da CDU, vencendo resistências e obstáculos, forçaram e concretizaram avanços”, reforçou Armindo Miranda, que acredita que “os problemas do País exigem uma outra política”, havendo “meios e recursos para a concretizar”.

“Não o fazer acrescentará dificuldades e agravará a situação. O reforço da CDU é o elemento decisivo para combater a política de direita e abrir caminho a uma política determinada pelos interesses dos trabalhadores, do povo e do País”, disse, a concluir.

Coligação Lista completa de candidatos pelo círculo eleitoral de Setúbal

Com Paula Santos a encabeçar a lista da CDU pelo círculo eleitoral de Setúbal às legislativas que vão realizar-se a 30 de Janeiro próximo, ocupam os dois lugares seguintes Bruno Dias (PCP) e José Luís Ferreira (PEV), ambos deputados na Assembleia da República.

Já na quarta posição da lista surge Natacha Patinha (Alcochete), seguida no quinto posto por João Pedro Figueiredo (Moita). Os dez primeiros lugares fecham com Susana Espada (Grândola) a ocupar o sexto posto, com Ricardo Correia no sétimo, Jorge Gonçalves no oitavo, a actriz Maria João Luís no nono e Ricardo Teixeira no décimo.

Integram igualmente a lista, até à 18.º posição, respectivamente, Tiago Aldeias, Ana Baliza (Montijo), Hélder Guerreiro (Sines), Vivina Nunes (Moita), Sofia Patrício, Pedro Soares, Maria João Costa e Helena Azinheira.

Como candidatos suplentes, por sua vez, estão Albano Mestre (Santiago do Cacém), Margarida Teixeira, Maria Dulce Arrojado, João Caferra e Ana Margarida Morgado.

O mandatário da lista, por sua vez, é Adilo Costa, “eleito autárquico desde as primeiras eleições autárquicas (1976) em Setúbal e em Palmela”.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Vereador diz que cães vadios fogem com crânios na boca e acusa PS de tratar mal os vivos e pior os mortos

João Afonso volta a criticar serviço nos cemitérios. Autarca do PSD denuncia ossadas lavadas em tanques da roupa e colocadas em caixas de fruta a secar. Nuno Canta diz que é fantasia

Rua José de Groot Pombo encerrada até Abril devido a “exigente e profunda” obra

Intervenção dedicada à reabilitação integral da via, incluindo a construção de passeios mais acessíveis   A Rua José de Groot Pombo, em Setúbal, vai permanecer encerrada...

Mais de 70 lotes de terreno no Bairro Grito do Povo alienados a proprietários de habitações

Os lotes vão ser vendidos a moradores e descendentes directos, que pretendam melhorar as condições de habitabilidade
- PUB -