25 Janeiro 2022, Terça-feira
- PUB -
InícioLocalMontijoEscolas de Montijo e Odemira vão estrear plataforma educativa sobre saúde

Escolas de Montijo e Odemira vão estrear plataforma educativa sobre saúde

Projecto e-Bug PT, liderado pela DGS, foi ontem apresentado na Escola Básica D. Pedro Varela. A partir de 2023 será expandido a todo o País

 

- PUB -

Os agrupamentos de escolas de Montijo e Odemira são dois dos 10 que, a nível nacional, vão integrar a “fase-piloto” do projecto e-Bug Portugal, que visa aumentar a literacia em saúde junto dos alunos dos 5 aos 18 anos.

O projecto foi ontem lançado na Escola Básica D. Pedro Varela, na cidade montijense. Graça Freitas, directora-geral da Saúde, José Vítor Pedroso, director–geral da Educação, e Rui Santos Ivo, presidente do Infarmed, rubricaram o acordo de parceria para a implementação da plataforma educativa (e-Bug PT), desenvolvida pelo Public Health England e gerida num consórcio internacional do qual a Direcção-Geral da Saúde (DGS) é parceiro.

Financiada pelo EEA Grants, a iniciativa liderada pela DGS – em conjunto com a Direcção-Geral da Educação, o Infarmed e The Antibiotic Centre for Primary Care da Universidade de Oslo, Noruega – tem como objectivo “aumentar a literacia em saúde nos temas da prevenção da infecção e da boa utilização dos antibióticos na comunidade”, através desta ferramenta digital. Só a partir de 2023 é que o projecto será alargado a todas as escolas do território nacional.

- PUB -

“O que pretendemos é reforçar a educação e a consciencialização de crianças e adolescentes na higiene, prevenção de infecções e sua transmissão, o uso prudente de antibióticos, através da plataforma educativa operada por professores e educadores para toda a comunidade educativa”, disse Graça Freitas, durante a apresentação do projecto.

Escola como elemento central

- PUB -

Este é mais um passo numa estratégia que tem vindo a ser seguida nos últimos tempos, conforme adiantou José Vítor Pedroso. “A Direcção-Geral da Educação e a Direção-Geral da Saúde têm desenvolvido nos últimos anos um conjunto alargado de projectos com a satisfação de que chegam à escola, aos professores e, sobretudo, aos alunos. Esta plataforma permite cruzar objectivos do projecto com o currículo nacional que os professores trabalham nas várias áreas disciplinares e é esse cruzamento, entre a ciência e o currículo, que irá produzir os efeitos que pretendemos”, reforçou o director–geral da Educação.

Já Rui Santos Ivo, presidente do Infarmed, realçou o papel “essencial” da acção, ao permitir capacitar o cidadão para “a boa utilização dos antibióticos”. Nuno Canta, presidente da Câmara Municipal do Montijo, interveio no encerramento da iniciativa para destacar a importância da escola pública. “É aqui que acções tão importantes como esta devem ter lugar, porque a escola é um elemento dinamizador, formador e onde as acções públicas devem ser desenvolvidas”, concluiu o autarca.

Comentários

- PUB -

Mais populares

Duas das crianças feridas em acidente rodoviário em Palmela em estado grave

O sinistro envolveu três veículos ligeiros e obrigou ao corte de trânsito na EN 5 por mais de três horas

Morreu uma das crianças feridas em colisão automóvel no concelho de Palmela 

Menino tinha cinco anos e havia sido transportado no helicóptero do INEM para o Hospital de Santa Maria. Ontem acabou por não resistir aos ferimentos

MP acusa médico do Centro Hospitalar de Setúbal de homicídio por negligência em caso de morte de bebé num parto

Os factos ocorreram no dia 06 de Fevereiro de 2018, nos serviços de urgência de obstetrícia e estão relacionados com o parto de um feto morto
- PUB -