21 Janeiro 2022, Sexta-feira
- PUB -
InícioLocalAlmadaParlamento recomenda ao Governo ampliação e requalificação do Hospital Garcia de Orta

Parlamento recomenda ao Governo ampliação e requalificação do Hospital Garcia de Orta

É recomendada a “construção de um novo edifício, dedicado às actividades de ambulatório”

 

- PUB -

O parlamento recomendou hoje ao Governo a ampliação do Hospital Garcia de Orta (HGO), em Almada (Setúbal), com a construção de um novo edifício e requalificação das actuais instalações, que considerou insuficientes.

Numa resolução, aprovada por unanimidade hoje, último dia do plenário parlamentar, é realçado que o HGO, iniciado em 1973, já tinha instalações desadequadas em 1991, quando foi concretizado e entrou em funcionamento.

“Quando o hospital foi inaugurado, este já se encontrava subdimensionado face às necessidades na prestação de cuidados de saúde, com o crescimento populacional nos concelhos da área de influência directa do hospital, a situação foi-se deteriorando”, é salientado no documento, apresentado pelo PCP.

- PUB -

Os deputados sublinharam que os serviços e valências do hospital se desenvolveram, apesar das insuficiências das instalações, o que se reflectiu “nas dificuldades na prestação de cuidados de saúde aos utentes, ocorrendo diversas vezes situações de ruptura dada a elevada afluência aos serviços do hospital e elevados tempos de espera, realidade que se foi agravando ao longo dos anos”.

Nesse sentido, recomendam ao Governo “o desenvolvimento dos procedimentos necessários para a ampliação” do HGO, “nomeadamente através da construção de um novo edifício, dedicado às actividades de ambulatório, tendo em conta a desadequação das suas instalações face à população da sua área de abrangência e ao facto de ser o hospital de referência para a zona Sul do País em diversas especialidades”.

Na resolução aprovada, é proposto que a ampliação decorra de forma faseada: numa primeira fase com a construção de um novo edifício e com a ampliação da área das urgências e, numa segunda fase, de requalificação das actuais instalações “que permita uma reorganização dos serviços e valências”.

- PUB -

Na resolução apontam ainda que a ampliação e a requalificação devem custar 42,4 milhões de euros, valor sem IVA (52,2 milhões de euros com IVA), e aconselham que se recorra ao financiamento de fundos comunitários, “sem prejuízo da alocação de verbas do Orçamento do Estado para este fim”.

Nas contas apresentadas, o novo edifício precisa de um investimento de 18,6 milhões de euros, a que acrescem dois milhões de euros para o piso de estacionamento subterrâneo, de 15,6 milhões de euros para a remodelação e ampliação dos edifícios existentes e de 6,2 milhões de euros para estudos, equipamentos e reforço de instalações técnicas.

“Quanto ao calendário, a perspectiva é que o investimento possa ser concretizado de forma faseada ao longo de 9 anos”, é acrescentado.

O documento aprovado também defende que o Governo deve, “urgentemente, proceder à concretização do Hospital no Seixal” e criar condições para a fixação de trabalhadores da saúde no HGO, considerando a “sua valorização profissional, social e remuneratória, através da dignificação das carreiras, da implementação do regime de dedicação exclusiva e da garantia de condições de trabalho e de modernização de equipamentos”.

RCS

Comentários

- PUB -

Mais populares

Pinhalnovense não tem jogadores para ir a jogo no próximo domingo

No Campeonato de Portugal a situação está muito complicada para os clubes da região porque o Barreirense está numa posição delicada na tabela classificativa...

Pinhalnovense sem jogadores para jogar fez falta de comparência

A 12.ª jornada do Campeonato de Portugal ficou marcada pela falta de comparência do Pinhalnovense no jogo que deveria disputar em casa com o...

Vereador diz que cães vadios fogem com crânios na boca e acusa PS de tratar mal os vivos e pior os mortos

João Afonso volta a criticar serviço nos cemitérios. Autarca do PSD denuncia ossadas lavadas em tanques da roupa e colocadas em caixas de fruta a secar. Nuno Canta diz que é fantasia
- PUB -