22 Outubro 2021, Sexta-feira
- PUB -
Início Regional Setúbal foi o terceiro distrito do País onde mais foi usada a...

Setúbal foi o terceiro distrito do País onde mais foi usada a Linha Covid Lares

Só os distritos de Lisboa e Porto tiveram números superiores aos do distrito sadino, neste primeiro ano de implantação da linha telefónica, revelou o Ministério da Saúde

 

- PUB -

Setúbal foi o terceiro distrito do País a registar maior número de chamadas telefónicas recebidas através da Linha Covid Lares, que foi lançada há um ano a nível nacional como uma das medidas de resposta à pandemia.

Ao fim de 12 meses de implantação, a Linha Covid Lares atendeu quase 3 mil chamadas telefónicas de lares de idosos, revelou o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social,em comunicado hoje divulgado.

“Neste primeiro ano de funcionamento, esta linha, criada para esclarecer dúvidas, prestar informação e sinalizar situações de risco, atendeu mais de 2.920 chamadas de lares de idosos”, pode ler-se na nota à Imprensa.

- PUB -

A maioria das chamadas recebidas teve como objectivo o esclarecimento de dúvidas relacionadas com a pandemia de covid-19, como normas ou procedimentos, ou a solicitação de orientação devido à existência de colaboradores ou utentes com sintomas compatíveis com a doença ou ainda que tivessem estado contacto com alguém infectado.

Na sua maioria, as chamadas foram efectuadas desde os distritos de Lisboa (16%), Porto (9,3%), Setúbal (5,9%) e Braga (5,8%).

O ministério indica ainda que desde Julho, a Linha Covid Lares passou também a acompanhar a implementação da Plataforma SupERa, que permite que os lares possam fazer uma monitorização activa de sintomas associados à covid-19 e também a identificação precoce de outras doenças respiratórias. De acordo com a mesma nota, inscreveram-se na plataforma “mais de 645 lares, com quase 3 mil utentes a serem monitorizados”.

- PUB -

Ao abrigo da Plataforma SupERa, foram já distribuídos 1.672 oxímetros a um total de 1.567 instituições, avança o ministério.

A plataforma orienta os profissionais dos lares na tomada de decisão perante o quadro clínico do utente, que pode ser considerado normal, a necessitar de vigilância ou a necessitar de outros níveis de actuação, nomeadamente contacto com a linha SNS 24.

A Linha Covid Lares resulta de uma parceria entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e o ABC – Algarve Biomedical Center, inserindo-se no programa integrado do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social de apoio aos lares, lembra a tutela.

A Linha Covid Lares está disponível 24 horas por dia através do número 707207070. Lusa

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Embarcação de pesca de Setúbal sofre danos em encontro com orcas

Mestre diz que ataque, de grupo de quatro animais, durou 20 minutos e partiu leme do barco

António Pereira: “Continuo a ver coisas no Vitória que não tenho visto nem na I Liga”

Eliminação da Taça de Portugal com o Vizela não esmoreceu aplausos aos atletas

CDU rompe acordo com PSD e ‘salva’ PS na Assembleia Municipal

Geringonça desfeita. CDU queria sigilo sobre o compromisso até à tomada de posse. João Afonso (PSD) acusa comunistas de faltarem à palavra
- PUB -