23 Outubro 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Setúbal Câmara de Setúbal embarga vedação do Parque de Merendas da Comenda e...

Câmara de Setúbal embarga vedação do Parque de Merendas da Comenda e diz querer estudar alternativas

Proprietários querem instalar um Centro Interpretativo, mas autarquia pretende manter equipamento de “usufruto público”

 

- PUB -

Depois de tomar conhecimento de que os novos proprietários da Herdade da Quinta da Comenda estão a proceder à vedação do Parque de Merendas, a Câmara Municipal de Setúbal avançou com o embargo da obra.

Em causa está o fecho do local, que foi de uso público durante mais de cinco décadas, para a edificação de um Centro Interpretativo com espólio arqueológico.

- PUB -

Por não estar de acordo, a autarquia, questionada por O SETUBALENSE, disse ontem suspender a acção para “estudar e avaliar outras possibilidades, no sentido de garantir que o parque não é vedado”.

“Tudo farei para que o Parque de Merendas da Comenda se mantenha de integral usufruto público”, garantiu André Martins, eleito presidente da autarquia sadina no passado domingo.

Durante a tarde de ontem, já se encontrava no local “uma retroescavadora” e haviam sido colocados portões nas principais entradas e “demolidos vários dos materiais construídos, nomeadamente dois dos fogareiros”, disse Isabel Maldonado, membro de um grupo informal de cidadãos que defende o Parque Natural da Arrábida (PNA).

- PUB -

Até porque, conforme se encontra descrito em cartaz colocado à entrada do equipamento, os “trabalhos arqueológicos” foram “autorizados pela Direcção-Geral do Património Cultural”.

“Tem parecer favorável para serem feitas instalações, mas agora vedações não está licenciado”, acrescentou Isabel Maldonado. O SETUBALENSE tentou chegar à fala com a Seven Properties, através do envio de um conjunto de questões via e-mail, mas até ao fecho desta edição não obteve resposta.

No espaço de lazer existem vários vestígios da época romana, com principal destaque para restos de estruturas que se associam a um balneário e a oficinas de salga de peixe.

Os materiais existentes no referido parque foram, em 2018, instalados pela edilidade, que procedeu à substituição integral das cadeiras, mesas, fogareiros e bebedouros, assim como colocou troncos verticais a delinear os limites da Ribeira da Ajuda – que se encontra com o Rio Sado na foz da Comenda -, reabilitou as casas-de-banho e construiu um parque infantil.

O Parque das Merendas, inserido nos cerca de seis hectares que compõem a Herdade da Comenda, tem vindo a ser tema de discussão nos últimos anos, com a Câmara Municipal de Setúbal a avançar no passado Verão para um processo de expropriação do terreno, por considerar que as exigências de utilização seriam “impossíveis de cumprir”.

Isto porque os donos do histórico espaço, representados pela sociedade de investimentos imobiliários Seven Properties, apresentaram junto do município um conjunto de exigências, entre as quais a apresentação do Cartão de Cidadão e do registo criminal, para permitirem a entrada da população.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Embarcação de pesca de Setúbal sofre danos em encontro com orcas

Mestre diz que ataque, de grupo de quatro animais, durou 20 minutos e partiu leme do barco

Fica em prisão preventiva por esfaquear rival à porta de bar

Clientes travaram agressor e socorreram vítima

António Pereira: “Continuo a ver coisas no Vitória que não tenho visto nem na I Liga”

Eliminação da Taça de Portugal com o Vizela não esmoreceu aplausos aos atletas
- PUB -