26 Outubro 2021, Terça-feira
- PUB -
Início Política Candidato do PSD/CDS-PP afirma que gestão da CDU não resolve problemas de...

Candidato do PSD/CDS-PP afirma que gestão da CDU não resolve problemas de Santiago do Cacém

Luís Santos defende eficácia nas respostas às exigências da população, e considera que isso tem falhado ao longo de 45 anos

 

- PUB -

O candidato da coligação PSD/CDS-PP à Câmara de Santiago do Cacém, Luís Santos, nas eleições autárquicas de 26 de Setembro, defendeu hoje “uma mudança” e uma “gestão diferente” neste município, liderado pela CDU.

Luís Santos, de 47 anos, empresário ligado ao ramo da logística, é militante do PSD desde 2019 e presidente da comissão política concelhia de Santiago do Cacém.

Em 2017 foi eleito vereador, pela coligação PSD/CDS-PP, na Câmara de Santiago do Cacém, que é liderada desde 2013 pelo comunista Álvaro Beijinha.

- PUB -

Em declarações à agência Lusa, o candidato defendeu que “é necessária uma mudança [e] é preciso uma gestão diferente daquela que existiu e tem existido nos últimos 45 anos, sempre com a mesma força política”.

“Queremos uma gestão diferente da que tem sido feita, que é uma gestão corrente, mas que mesmo assim falha, porque não resolve os problemas das pessoas”, criticou o cabeça de lista, afirmando-se apologista de uma “gestão mais eficaz” que resolva os problemas do “dia-a-dia da vida das pessoas”.

No seu entender, esse trabalho faz-se com “uma estratégia para o futuro” e “um plano definido” para “potenciar aquilo que são as condições” do concelho de Santiago do Cacém e, ao mesmo tempo, “corresponder às expectativas da população”.

- PUB -

“Os problemas do dia-a-dia das pessoas não são resolvidos de forma correcta e célere, como o cuidado com o espaço urbano e a recolha de resíduos. E não adianta dizer que há falta de pessoal ou que as pessoas são pouco civilizadas, temos é de arranjar soluções e resolver o problema”, frisou.

Luís Santos defendeu que são precisas também “medidas objectivas” que permitam “fixar população”, dando como exemplo “terrenos que a câmara possui” e que podem ser disponibilizados.

A captação de investimento é outra das medidas que a coligação PSD/CDS-PP entende ser prioritária, propondo o candidato a “criação de um gabinete dedicado” a essa área, assim como a “melhoria e expansão das zonas industriais”, para “convencer os empresários de que este é o um bom local para investir” dada a proximidade à plataforma industrial e logística de Sines.

No concelho de Santiago do Cacém, além de Luís Santos, candidatam-se Artur Ceia, pelo PS, Bruno Candeias, pelo Bloco de Esquerda, e o actual presidente do município, Álvaro Beijinha, pela CDU.

O executivo municipal é constituído por quatro elementos da CDU, dois do PS e um da coligação PSD/CDS-PP.

HYN / Lusa

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Leonor Amado foi encontrada viva hoje de manhã caída num penhasco em Palmela

A idossa foi socorrida pelos Bombeiros de Palmela, tendo sido levada para os Hospital de S. Bernardo, em Setúbal, de onde teve alta ainda hoje cerca das 20h00

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Última Hora: Vitória aprova venda de 89% da SAD a investidor

Superpolícias da esquadra do Montijo sagram-se campeões europeus de jiu-jitsu

Ouro de José Peres e João Pavia soma a méritos profissionais: um já salvou uma vida humana; o outro efectou detenções fora de serviço
- PUB -