23 Outubro 2021, Sábado
- PUB -
Início Local Barreiro Serviços municipais do Barreiro mudam para Santo André antes do final do...

Serviços municipais do Barreiro mudam para Santo André antes do final do próximo mês

Espaço com oito gabinetes acolhe centro de comando da Protecção Civil

 

- PUB -

As novas instalações operacionais dos serviços do município do Barreiro estão practicamente concluídas, estando actualmente a autarquia barreirense a transferir materiais e equipamentos para a nova casa, situada no antigo LIDL da Quinta das Canas, na freguesia de Santo André.

Rui Braga, vereador responsável pelo pelouro das Obras Municipais, adiantou a O SETUBALENSE que “a inauguração está marcada, ao que tudo indica, para o mês de Agosto”, num “investimento que rondou cerca de 800 mil euros”.

“Já iniciámos o plano de transferência do Nicola para o novo espaço”, anunciou, sublinhando que este será “um passo de gigante para melhorar as condições de trabalho dos trabalhadores da Câmara”.

- PUB -

O processo resultou de “uma vontade política enorme deste executivo em resolver o problema do Nicola, que […] não tinha condições desde há muito tempo”, frisou, recordando que o edifício, após a saída da superfície comercial, ainda “sofreu uma grande intervenção por parte do proprietário, superior a três milhões de euros”.

O equipamento, insonorizado e com uma área de 3 500 metros quadrados, é classificado pelo vereador como “um edifício de primeira água”, que está agora também dotado de “tudo o que a lei determina em segurança contra incêndios”.

“Adaptámos [igualmente] esta área às nossas oficinas de carpintaria, serralharia, trânsito, pintura e estufa de pintura”, em espaços amplos e prontos a acolher os funcionários municipais num total de oito gabinetes, incluindo salas de reuniões destinadas a cargos de chefia intermédias e um armazém oficinal.

- PUB -

As obras iniciadas a 4 de Janeiro, permitirão também que o imóvel possa acolher em breve, num avançado, “o novo centro de comando da Protecção Civil”, que ficará “devidamente apetrechado com uma sala de crise, coisa que agora não há”, destaca.

Por este motivo, Rui Braga considera que a autarquia “vai dar um salto qualitativo muito grande” com a abertura das novas instalações.

No Nicola vai ainda permanecer a gestão de frota, que será mais tarde transferida para as oficinas dos Transportes Colectivos do Barreiro, além de parte do armazém, enquanto as obras relativas a este espaço não estiverem concluídas.

Com esta deslocalização, os trabalhadores “vão passar a ter balneários como deve ser, com chuveiros, uma copa de cozinha e uma sala de descanso”, condições inexistentes até ao momento.

O espaço passa também a ser mais estratégico para o município, não apenas “por permitir uma maior organização interna”, mas por “estarmos num espaço geográfico do Barreiro onde poderemos ter uma intervenção mais rápida no centro da cidade e trabalhar com mais qualidade, no serviço que a Câmara presta aos seus munícipes”, salientou.

[Fancy_Facebook_Comments language="pt_PT"]
- PUB -

Mais populares

Embarcação de pesca de Setúbal sofre danos em encontro com orcas

Mestre diz que ataque, de grupo de quatro animais, durou 20 minutos e partiu leme do barco

Fica em prisão preventiva por esfaquear rival à porta de bar

Clientes travaram agressor e socorreram vítima

António Pereira: “Continuo a ver coisas no Vitória que não tenho visto nem na I Liga”

Eliminação da Taça de Portugal com o Vizela não esmoreceu aplausos aos atletas
- PUB -