1 Agosto 2021, Domingo
- PUB -
Início Últimas Duelo no Bonfim entre Vitória e Amora no arranque da Liga 3

Duelo no Bonfim entre Vitória e Amora no arranque da Liga 3

Primeira jornada da nova competição tem início agendado para 15 de Agosto

Equipas voltam a medir forças cinco meses depois de o terem feito pela última vez.

 

- PUB -

 

O sorteio do calendário da Liga 3, nova competição organizada pela Federação Portuguesa de Futebol, ditou um embate entre o Vitória FC e o Amora FC logo na primeira jornada da Série B (zona Sul), agendada para 15 de Agosto. A partida que terá o Estádio do Bonfim como palco coloca frente a frente os dois primeiros classificados da série H do Campeonato de Portugal da época transacta, que voltam a medir forças cinco meses depois.

Apesar de os sadinos terem terminado na frente da tabela em 2020/21, a luta foi acesa quase até ao final, altura em que na antepenúltima jornada um precioso empate (1-1) em Setúbal segurou o primeiro lugar. Nesse jogo, a 14 de Março, João Sousa inaugurou o marcador para o Amora ainda na primeira parte e Mendy, após o intervalo, repôs a igualdade, que só se manteve até ao final porque o guardião sadino João Valido defendeu um penálti de Matheus Souza, aos 85 minutos.

- PUB -

No final da série H, o Vitória, então treinado por Alexandre Santana, terminou com 50 pontos, mais seis do que o Amora liderado pelo técnico Bruno Dias, de 34 anos. Decisivo para a vantagem verificada tinha sido o triunfo obtido no Estádio da Medideira, por 2-1, a 19 de Dezembro de 2020, dia em que um bis de Bruno Ventura permitiu à equipa regressas a Setúbal com os três pontos na bagagem.

Ao contrário do emblema do concelho do Seixal, que oficializou a continuidade do jovem treinador Bruno Dias, depois de ambas as partes terem chegado a acordo por mais uma temporada, o Vitória apresenta um novo homem ao leme da equipa. António Pereira, de 64 anos, foi escolhido pelos responsáveis setubalenses para tentar colocar o clube na II Liga já na próxima temporada.

A 7 de Julho, dia em que foi oficialmente apresentado no Bonfim, António Pereira prometeu fazer tudo para subir de divisão, missão que antevê difícil devido à forte concorrência. “Conheço as equipas que aqui estão, algumas delas treinei e sei os jogadores que têm e as suas estruturas. Vai ser difícil, mas acredito que vamos ser iguais ou melhores que os adversários”, disse, garantindo “querer, vontade, ambição, determinação e garra”.

- PUB -

O timoneiro dos sadinos pretende incutir no plantel esses ingredientes de forma o potenciar a qualidade dos jogadores, tanto os que permanecem no Bonfim como os que chegaram até ao momento. Para já, são cinco as caras novas oficializadas pelos vitorianos. A mais recente contratação foi o defesa-esquerdo, de 28 anos, Daniel Martins, ex-Torreense, que tem no currículo passagens pelo Belenenses, Penafiel, Sp. Covilhã entre outros.

O lateral junta-se ao extremo André Mesquita, de 23 anos, que chega ao Bonfim por empréstimo do Santa Clara e a Miguel Lourenço, defesa de 29 anos oriundo do Mafra, que fez a sua formação no Vitória, clube em que atuou até 2015/16. Aos mencionados juntaram-se também dois reforços experientes oriundos do Cova da Piedade: o defesa central Bruno Bernardo (35 anos) e o médio ofensivo Robson (33 anos), atletas que foram na época passada treinados por António Pereira nos piedenses.

 

Cova da Piedade e Oriental Dragon estreiam-se em casa

 

No sorteio da Liga 3 realizado anteontem no Auditório 1 da Cidade do Futebol, num evento realizado à porta fechada devido às restrições causadas pela pandemia, o Cova da Piedade e o Oriental Dragon, clubes também filiados na Associação de Futebol de Setúbal que representam a região na Liga 3, ficaram a saber que vão na ronda inaugural defrontar, na condição de conjuntos visitados, o Alverca e U. Santarém, respectivamente.

A primeira jornada da Série B da Liga 3, composta por um total de 12 clubes, fica completa com a realização dos duelos Torreense-U. Leiria, Caldas-Oliveira do Hospital e Real-Sporting B. Os quatro primeiros classificados de cada série apuram-se para a 2.ª Fase – Subida, com os restantes oito clubes a passarem a disputar a 2.ª Fase – Manutenção e Descida. Na série A outras 12 equipas vão discutir a zona Norte em moldes idênticos.

Na 2.ª Fase, a subida é disputada por oito clubes, divididos em duas séries de quatro clubes. As séries respeitam o seguinte emparelhamento: SÉRIE 1 – 1.º e 4.º classificados da Série A e 2.º e 3.º classificados da Série B; SÉRIE 2 – 1.º e 4.º classificados da Série B e 2.º e 3.º classificados da Série A. Os clubes jogam entre si duas vezes e por pontos, uma na qualidade de visitado e outra na qualidade de visitante.

Os primeiros classificados de cada série apuram-se para a 3.ª Fase – Apuramento de Campeão e sobem à II Liga da época seguinte., enquanto os 2.ºs classificados disputam um play-off a duas mãos entre si. O vencedor do play-off irá disputar um outro play-off com o clube classificado em antepenúltimo da II Liga. Os restantes clubes asseguram a manutenção na Liga 3 na época desportiva seguinte.

Ricardo Lopes
Jornalista
- PUB -

Mais populares

Moradores na Quinta da Amizade contestam fogos municipais, mas vereador Carlos Rabaçal promete valorização

Na calha pode estar a construção de 268 fogos. Os residentes temem densidade populacional e perderem conforto   Os moradores na Quinta da Amizade, na freguesia...

“Quero fazer esta época o jogo de despedida para depois assumir o cargo de treinador”

“Não me ofereço aos clubes e não peço favores a ninguém, se tiver que treinar será onde me queiram e onde acreditem em mim”, refere Paulo Catarino

Península de Setúbal com mais 29 mil pessoas e Litoral Alentejano perde pouco em dez anos

Censos de 2021 indicam que Palmela é o concelho da península que registou maior aumento da população residente. Odemira é o que mais cresce...
- PUB -